História Talvez não tão amigos assim - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan, Bts, Coréia, Couple, Jikook, Jimin, Jungkook, Romance, Shipp, Yaoi
Visualizações 21
Palavras 1.097
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiee amores. Tudo bem com vocês?

Bem, essa é minha segunda fanfic, então estou bem animada e nervosa ao postá-la.
Ela é uma side-story (descobri esse nome hoje enquanto lia uma fic de chanbaek kkkk) de outra fanfic minha, a Just Hold Me Tight. É praticamente uma continuação, mas focada em Jikook.

Para entenderem, recomento lerem Just Hold Me Tight, pelo menos o primeiro capitulo, antes de ler essa fic. Mas se vocês conseguirem entender sem ler a outra fic, tudo bem. (link nas notas finais)

Desde já, agradeço a pessoa maravilhosa que betou (e está betando) essa fic, a Bea aka ~IronDestiny. Obrigada frô ❤

Então vamos lá. Boa leitura!

Capítulo 1 - Sentimentos.


Fanfic / Fanfiction Talvez não tão amigos assim - Capítulo 1 - Sentimentos.

Taehyung e Hoseok estavam bem estranhos um com o outro ultimamente. Todos sabiam que ambos eram muito próximos, quase nunca se separavam, e Hope ter se afastado um pouco de Tae causou no mais novo inúmeras atitudes infantis para chamar a atenção do mais velho, até mesmo antes do surto no camarim. Isso era normal, afinal Tae adorava chamar atenção, mas ninguém esperava o garoto ter um ataque repentino de ciúmes após ver o melhor amigo brincando com Suga. Todos se entreolharam naquele momento e decidimos deixar passar.

Após chegar em casa, Tae ligou o vídeo game e acabou dormindo com ele ligado. Aproveitei a situação pra chamar os outros meninos e discutir sobre o que anda acontecendo com V. Todos, exceto Suga e Hobi, que foram direto para o estúdio.

Nos reunimos no meu quarto, já que era maior, e comecei a conversa. Enquanto conversávamos, chegamos à conclusão de que Tae realmente estava com ciúmes de Hobi e que se eles não fossem tão amigos, diríamos que esse ciúme é pelo mais novo realmente gostar de Hope.

- Apenas deixe isso se desenrolar. Eles são grandes o suficiente pra resolverem seus problemas sozinhos - disse Namjoon sério.

- Sim! Vamos observar se é isso mesmo que está acontecendo primeiro e tentar perceber o que Hoseok acha disso antes de tentar resolver algo - Jin disse de uma forma calma, do jeito que sempre faz quando conversa sobre algo mais sério.

Eu e JungKook só concordamos com a cabeça e os dois saíram do quarto.

Chamei Kookie na sala para acordar Taehyung e quando cheguei lá, ele decidiu ir dormir. Desliguei o vídeo game e a TV. Tae acabou acordando ao ouvir a televisão desligando.

- Dormiu jogando, Tae? - disse dando risada da cara dele, mais ainda da cara que ele faz ao acordar, fazendo bico. - Tinha que ser lerdo mesmo.

- Que horas são? – perguntou.

- 0h30. Você dormiu com a TV ligada por uma hora e meia.

- Onde está Hobi-hyung? Ele disse que ia jogar comigo - Tae disse se levantando rápido e sentando no sofá.

- Hobi está no estúdio com Yoongi. Estão lá desde que chegamos - disse pensativo.

Ele levantou rápido e foi para o estúdio batendo os pés de raiva. Já até imagino o drama que ele vai fazer e o quanto ele vai gritar.

Deitei no sofá e fiquei mexendo no celular por um bom tempo, até ver Taehyung passando rápido e indo pro quarto. Esperei um pouco até sua raiva passar e fui tentar falar com ele. Ao entrar, me deparo com ele deitado na cama de Hoseok, dormindo. Tae já disse a todos que o cheiro da cama do mais velho o acalma e pelo jeito isso é real. Peguei meu travesseiro e cobertor e fui dormir na sala. Com certeza Hope vai chegar e ir direto para o quarto falar com o mais novo. Não sou louco de ficar lá, vai que eles brigam mais ainda? E eles vão precisar de espaço pra se acertar direito, então é melhor ficar longe do quarto.

Mexi mais um pouco no celular e logo dormi. Acordei alguns minutos depois com o barulho de Hope chegando e indo direto pro nosso quarto, como previsto. Não aguentei o sono e dormi sem esperar pra ver no que aquilo iria dar.

Após algum tempo, fui acordado por mãos me balançando com a intenção de me acordar, enquanto chamava meu nome. Abri os olhos e vi JungKook, ajoelhado no chão na beira do sofá, me olhando com os olhos um pouco lacrimejados.

- Jimin? Jimin acorda.

- Oi? O que aconteceu, Kookie? - disse com a voz ainda sonolenta.

- Tive um pesadelo e acho que não conseguirei dormir. Posso dormir com você? - ele disse com uma expressão triste. Provavelmente o sonho foi ruim.

Fazia muito tempo que JungKook não pedia pra dormir comigo após um pesadelo. Ele sempre dormia comigo quando queria, apenas por brincadeira ou por gostar de me incomodar à noite. Mal sabe ele que sempre gostei desses incômodos. Adorava sentir as costas do mais novo encostando em mim quando eu o abraçava por trás do jeito que sempre fazia pra ele se sentir seguro após os pesadelos. Sentir o cheiro do seu cabelo, cheirar com cuidado seu pescoço e perceber a fragrância dos cremes femininos que ele passava. Ou quando ele virava de frente pra mim e eu sentia sua respiração tranquila enquanto dormia um sono profundo.

Enquanto olhava pra ele ali, na beira do sofá pedindo pra dormir comigo, voltei no tempo e apenas pensei que, pra ele pedir pra dormir comigo após de ter um pesadelo, depois de tanto tempo, este deve ter sido realmente assustador. Esses sonhos sempre se resumiam em acidentes ou algo ruim acontecendo com a família de Kook. Todas no começo da formação do grupo, devido à insegurança de viver sem a família por perto.

Me levantei um pouco e dei espaço pra ele deitar. Bati no espaço a minha frente, o chamando pra deitar ali.

- Desculpe não ser a cama. Não quero atrapalhar os dois lá no quarto.

- Está tudo bem, hyung - ele disse baixinho enquanto se deitava e puxava um pedaço do meu cobertor pra ele. E, diferente das outras vezes, ele deitou-se virado de frente para mim.

Travei um tanto assustado com a proximidade do mais novo, enquanto o observava já com os olhos fechados, respirando profundamente. Passei a mão em seu cabelo, acariciando o local, enquanto admirava os detalhes suaves do seu rosto e imaginava o quão frágil ele parece nesses momentos, ao passo que no dia a dia ele tenta parecer forte e maduro.

Na medida em que mexia no seu cabelo, ele abriu as pálpebras, olhou pra mim e sorriu. Um sorriso lindo e singelo.

- Obrigado, hyung. Por estar por perto sempre que preciso - Jeon disse e logo fechou os olhos novamente.

Sorri de volta e o puxei pra mais perto, encostando sua cabeça em meu peito, torcendo para que Kook não percebesse meu coração batendo acelerado por estar assim com ele.

- Sempre vou estar aqui pra você, Kookie. Sempre estarei ao seu lado - disse e ele sorriu um pouco.

Esperei ele adormecer e falei para mim mesmo:

- Sempre estarei com você. Porque te amo, JungKookie, faz muito tempo. E espero que você não perceba isso para que eu possa te olhar assim sempre que puder, sem me preocupar com o que você pensaria de mim.

Dormi com um sorriso nos lábios, enquanto o abraçava forte.


Notas Finais


Oie! Espero que tenham gostado!
Eu já tinha postado esse capitulo antes em Just Hold Me Tight como um cap especial, mas preferi excluir de lá e fazer uma fic separada.
Já vou adiantando que essa fanfic irá ser curta, okay?

Link da outra fic: https://spiritfanfics.com/historia/just-hold-me-tight-7182379

Deem view em Star do Boyfriend! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...