História Talvez, submissa? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Sadomasoquismo
Visualizações 23
Palavras 411
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


oiii, boa leitura!

Capítulo 2 - Por que comigo?


Fanfic / Fanfiction Talvez, submissa? - Capítulo 2 - Por que comigo?

- Espero que gostem de minhas aulas! – Falou animado – E, por favor, não me vejam apenas como um professor, mas também como um amigo – Finalizou sua fala.

Ele abre o diário dos professores, analisando o conteúdo.

- Vejo que acabaram de ler Moby Dick! – Fechou o caderno – Quero que façam um resumo do livro e me entreguem ainda hoje, no fim da aula, e na aula de amanha iniciaremos um livro decente – Solta uma risada nasal e se senta em sua cadeira enquanto folheava algum livro que tirou de sua bolsa.

Não sei o que ele tinha contra Moby Dick, é um livro legal.

Saiu dos meus pensamentos e Volto a me concentrar em meu resumo.

Após uns 20 minutos finalizo o trabalho e pego o livro, vulgo o Lolita, em minha mochila e volto a ler do inicio.

após uns cinco minutos sinto uma respiração em meu pescoço e olho para o lado tendo a visão de meu mais novo professor de literatura me encarando com um semblante serio

- O que deseja Professor? – Perguntei receosa e levemente corada

- Vejo que temos gostos parecidos para livros. Mas não é isso que vem ao caso. – Suspirou – Você é Yoshida, certo? – Me encara brevemente

- Sim, sou.

- Seus pais são Jay Yoshida e Mari Yoshida? São grandes empresários! – Confirmo a cabeça positivamente - Que bom! Por favor, avise eles que já cheguei na cidade e irei para o jantar de hoje a noite – Saiu. Fora para sua mesa calmamente com um sorriso de canto um tanto estranho.

Por que comigo?

.

.

.

Eu já estava em casa, me arrumando para esse jantar, que por sinal nem havia sido avisada. Só soube por causada daquela delicia de homem.

Meu Deus o que eu estava pensando?

Não me vesti de forma extravagante, apenas uma calça jeans resgadas em alguns lugares da cor preta, uma blusa branca mais colada com uma camiseta xadrez vermelha de mangas longas para tampar meus braços, que haviam marcas das lâminas, com os quatro primeiros botões abertos, meu converse hing vermelho com o cano alto e meu gorro.

Não passei maquiagem, pois não achei necessário. Não estava com olheiras ou com o rosto marcado, e meus cílios já eram volumosos. Eu estava pronta.

Brinquei com o meu bichinho no tapete do meu quarto, enquanto esperava. Ouvi o som da campainha, mordi o lábio inferior, em puro nervosismo.

Se ele comentasse sobre o livro? Meus pais me matariam!


Notas Finais


quero um coautor! alguém?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...