História Tão grosso quanto sangue - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~seriana

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Inuyasha
Tags Inuyasha, Rin, Sesshoumaru
Exibições 38
Palavras 972
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Harem, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá galerinha demorei mais estou voltando a escrever. Espero que gostem e comentem. Boa leitura.

Capítulo 2 - Capitulo 2


 Não sempre o que parecem Quando Inutaisho chegou lady Rin já estava envolvido em uma batalha com vários atacantes demônios e proteger duas crianças pequenas atrás dela aconchegando seus corpos sangrentos juntos. O sangue não era tudo deles, apenas uma pequena quantidade era. Antes que ele ajudou Rin ele pegou os filhos para cima e pulou sobre uma cabana ardente de onde um grupo de seres humanos foram agora reunidas por seus guardas os atacantes corpos demônio todo entre os cadáveres dos seres humanos. Ele colocou as crianças para baixo e tirou Tetsiaga.

Rin saltou para trás com os braços estendidos de cada lado dela como ela evitou um golpe no estômago. Ela era descuidada e recebeu uma espada em seu ombro direito de outro atacante fazendo-a gritar. A espada foi retirada e ela virou-se tirar a cabeça de seu agressor em uma varredura limpa de sua espada. Emitindo um grunhido de advertência alto ela se virou para os outros sua espada enorme pulsante. Sua espada tinha mudado de uma katana para uma grande espada curva. Olhos de Rin tinha sangrado vermelho carmesim agora como ela estava roncando baixo quase rosnando como ela mostrou as presas a eles e ficou na posição. Inutaisho aterrou perfeitamente ao seu lado sua espada e pulsando com poder como Rin do.

Medo abafou todas as outras emoções nos olhos do Raider como eles olhavam para os dois demônios cão, um a Senhor do Oeste e outra uma senhora e filha do Senhor da Guerra Hikori. Quando os invasores começaram a fugir Rin pulou clara sobre eles e levou a mão direita para trás segurando seus dois dedos para cima dos outros para a palma da mão e convocou seu demônio azul chicote. Ela rachou em três cabeças fazendo-os explodir e seus corpos virar pó. Ela, então, embainhou a espada e deu um passo em direção ao resto. Indo na ponta dos pés, ela começou a girar lentamente a mão sobre a cabeça dela deixou a seu lado. Enquanto se movia mais rápido ela se mudou o chicote para fora mais ripar os demônios em pedaços. Ela estava indo tão rápido que seu corpo parecia um pilar em um brilho azul. Quando ela parou o vento aumentou assustadoramente tirar a poeira demônio em seus córregos e no nada. "Eu prefiro que chegar ao Palácio noite Senhor Inutaisho em vez de fazendo acampamento esta noite. E viajar em um ritmo tão lento é irritante mim. Perdoe-me se pareço rude. “Ela informou-o de colocar a mão em seu ferimento em seguida, chamou-o afastado para examinar a quantidade de sangue”. Ele já estava se curando. “Se lhe convier Lady Rin vai montar rapidamente de volta para o Palácio noite então”. Não há necessidade de fazer acampamento. Eu apenas sugeri-lo, porque você é uma dama. "O Senhor disse-lhe ocidental olhando o perfil dela. "Eu sou mais do que uma senhora, Milord." Ela disse um pouco irritada. "Eu não sou uma grande puta que tenta agradar a todos os homens que ela entra em contato com. Eu sou minha própria pessoa. Você vai em breve chegar a veja como eu sou diferente da maioria das altas mulheres nascidas.” "Você é muito interessante para um Rin feminino." Ele disse antes de correr fora com seu cavalo. Rin seguiu rapidamente a aproximar-se com ele de modo que ela estava ao seu lado. "Você não sabe da missa a metade ainda Milord." Ela disse alto o suficiente para ele ouvir sobre os cascos de vento e cavalos em seus ouvidos.

Amanhecer estava se aproximando e assim foi o Palácio. Foi em vista o nascer do sol atrás deles enquanto cavalgavam em direção ao Palácio, às montanhas ao longe. O vento era forte esta manhã, mas não é difícil. O vento levantou o cabelo de Rin enquanto cavalgava ao lado de Inutaisho com mechas de seu cabelo branco prateado chicoteando no vento também. Suas roupas foram sopradas contra seus corpos um pouco como eles cruzaram o limiar passado os portões. Quando chegaram a uma parada, servos tomaram as chuvas e Inutaisho estava lá para ajudar Rin desmontar. Como ela desmontou Rin tomou sua mão delicadamente e pulou. Suas coisas foram retiradas do cavalo e correu para o palácio e seu cavalo para o estábulo com os outros. De portas abertas do Palácio uma mulher veio com uma pequena criança de cabelos brancos no corredor vermelho na frente dela. A mulher tinha cabelos pretos lisos longos que parecia tocar o chão e olhos castanhos com pele morena, enquanto ela usava um top azul com vermelho kimono fundo e um roupão rosa sobre isso.

Rin notou que ela era humana. A Dama do Ocidente era humana. Olhando mais de perto para a criança que ela notou que era um menino e as pequenas orelhas brancas fazia parecer tudo o que mais inocente. Seus olhos dourados estavam seus pais e seu cabelo. Sua pele mais escura eram suas mães. A criança Hanyou era tímido e adorável. Ele abraçou a perna de seu pai, quando ele espiou por trás que para a mulher estranha. “Inuyasha, esta é Lady Rin”. Ela não vai te machucar, ela é um amigo. “Inutaisho informou que a criança colocando a mão sobre a sua cabeça enquanto assistia a ele”. A mulher humana veio para ficar ao lado do Senhor demônio seus olhos ficar em Rin. A mulher era incrivelmente bonita e Rin podia sentir que ela tinha um bom coração e alma. Olhando para Inuyasha Rin agachou lentamente e estendeu a mão para ele, lentamente, para não assustá-lo e sorriu. "Olá, pequeno Senhor Inuyasha." Inuyasha olhou para seus pais, em seguida, avançou timidamente e pegou a mão dela lentamente dando-lhe uma sacudida rápida antes correr para sua mãe e se escondendo em sua túnica ligeiramente. Isso fez com que todos os três dessem risada levemente. 


Notas Finais


Espero que gostem!!!! bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...