História Tão Jovens - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Marceline, Personagens Originais, Princesa Jujuba
Tags Bubbline, Drama, Hora De Aventura, Yuri
Exibições 111
Palavras 1.694
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey Ghost! o/
Eu provavelmente não irei postar nesse final de semana, pois vou visitar um amigo, então se cuide.^^

Capítulo 12 - "Diário"


Fanfic / Fanfiction Tão Jovens - Capítulo 12 - "Diário"

Eu acordei mais cedo que ela, como em todas as vezes em que dormia aqui. Marceline em seu sono pesado não sentiria a falta de Hambo em sua mochila, ele estava deplorável, talvez eu pudesse melhorá-lo costurando algumas partes que...

Mexendo na mochila dela encontrei aquele outro objeto, também estimado, o seu diário. Ai, deve ter algo realmente de errado comigo ao querer invadir a privacidade dela...

Peguei seu diário e fui ler no seu quintal, Ainda eram 6:30 da manhã, estava bem frio e ainda havia neblina no ar. O quintal da casa dela não tem muita coisa, é uma área pequena, toda a sua casa tinha um cercado de madeira, e naquela área a madeira já estava bem gasta. Marceline e Ash não tem muitos vizinhos, eram apenas do lado direito e esquerdo da casa, nos fundos mais parecia uma floresta. 

Nunca expus que o bairro da Marceline tinha me assustado a primeira vista porque era meio deserto de casas, mesmo assim era uma boa localização já que a dez quarteirões ficava a escola.

Fico sentada em um banco que tinha ao lado da porta dos fundos e tomo impulso para ler um pouco sobre a Marceline.

 

 

'16 de Março de 2011.'

- Nossa, a letra dela era muito bonita.

"Hoje é sexta-feira, aquela menina tava me olhando de novo. Será que eu devo falar com ela? Tipo... Ela é toda dark e maneira, eu queria conhecer ela direito. Ela anda com uns caras esquisitos e um mais peculiar ainda, de cabelos tão negros quanto os meus e de vez em quando ele usa lentes vermelhas pra parecer um vampiro. Eles pegavam muito no meu pé no início, mas depois pararam de repente. Ela toca guitarra, e participa do clube de música, quem sabe eu entro nesse clube. Me sentindo... Peculiar."

 

'01 de Abril de 2011'

"Parece mentira, mas vou te contar uma verdade, aquela garota me beijou depois de me chamar pra sair, nós fomos pro cemitério e nos divertimos muito com os amigos dela. Depois nós duas fomos a casa dela pra segunda parte da festa, ela era incrível. Me ensinou tantas coisas, e consequentemente me apaixonava cada dia mais pelos mesmos gostos que ela. Eu citava desde Hamlet* até A tempestade**, ela pouco se importava, mas eu a amo do jeito louco que ela é.

 

'14 de Maio de 2011'

"Eu acabei me envolvendo mais do que deveria, eu esperava tudo dela, tudo... Mas aí quando ela me pediu pra fazer aquilo eu não neguei porque já estava no mesmo barco."

- Aqui ela já tá meio instável, foi nesse dia que ela experimentou.

 

'29 de Agosto de 2011'

"Tô caindo pra caramba, minhas notas tão péssimas, toda hora é mais uma droga de tédio a mais pra suportar! Eu não consigo ficar sem ela, eu não consigo ficar sem minha dose diária... Eu não sei mais me controlar..."

 

'10 de Setembro de 2011'

"Tudo aquilo passou... Ash me ajudou a superar. Ela sempre me dá motivo pra terminar, ela me chatageia emocionalmente e eu fico perdida em relação ao que fazer. Eu realmente me apaixonei pelas coisas que ela faz, conheci pessoas bacanas e aprendi até a tocar violão. A musicalidade, minha personalidade... Cresceram. Eu estou começando a encontrar quem eu sou de verdade, mas, não sei dizer por fim se ainda gosto dela."

 

'22 de Setembro de 2011'

"Minha mãe... Eu nunca pensei que iria me arrepender de não ter dado atenção a uma pessoa que me ama e quer o meu bem, eu a ignorava, mas ela estava sempre ali."

- Marceline...

 

"28 de Setembro de 2011"

"Meu pai não é inocente, ele estava ligado aqueles bandidos, com as investigações terminadas, não dava para negar os fatos. Assim que ele foi julgado culpado, logo foi setenciado."

 

'30 de Outubro de 2011'

"Não durou nem um mês e aquele cara saiu da prisão. Que tipo de justiça é essa?!"

 

'7 de Novembro de 2011'

"Ele saiu de casa e já foi tarde. Minha mãe ainda precisa de cuidados, com toda aquela gravidade de problemas, não dava para deixá-la aos cuidados dos enfermeiros, Ash pediu pra levarmos ela e todos os equipamentos porque a cuidaríamos em casa."

 

'20 de Novembro de 2011'

"Ela voltou a me importunar, não me ofereceu nada dessa vez, mas eu... Tive uma recaída dela mesma em minha vida, eu tava toda preocupada com o que tinha acontecido com a minha mãe, e então... Então nós voltamos. A galera começou a se afastar dela sem me dizer o porquê."

 

'21 de Dezembro de 2011'

"Rubens veio me dizer algo sobre ela, eu não acredito, mas preciso tirar a limpo essa história."

 

'22 de Dezembro de 2011'

"Várias mentiras foi desmitificadas, vários pratos caíram no chão, na parede e em todo lugar em que pegasse. Eu não tava nem aí se era a louça dela, mas a minha raiva não podia ser contida. alguns dos estilhaços cortaram superficialmente meu dedo. Em pouco tempo eu me vi deitada de novo ao lado dela, porque eu sou como uma cachorra amarrada ao seu dono, ela ainda tem poder sobre mim."

 

'28  de Dezembro de 2011'

"Ela fica com uma diferente todo dia, eu não faço nada, mas eu me embriago e aos poucos também vou ao cigarro, não é uma coisa que faço todo dia, mas é algo que me alivia o estresse quando ela não tá por perto pra me dar atenção. Eu deixo ela sugar até a última gota de sangue se ela quiser, mas eu não quero que ela vá embora."

 

'31 de Dezembro de 2011'

"Não tem mais jeito eu vou repetir de ano."

 

"2 de Janeiro de 2012"

"Finn não fala mais comigo depois de tudo que eu passei com ela. Ele sabe do que tá rolando, mas ele não interfere... Por quê? As vezes eu só quero alguém pra conversar, mas todos parecem tão distantes... Virou um vício fazer bonequinhos de pano, eu tenho até mesmo de pessoas que não gosto, mas tem um tipo de relação comigo e estão ali por estar, não que tenha algum motivo especial."

 

'15 de janeiro de 2012'

"Meu olhar se mantem distante dela, eu não consigo sentir nem mais desejo em tê-la, cada dia mais é só repulsa, sua agressividade já me irritava, eu não consigo mais entendê-la e muito menos ela a mim. Não sei porque a gente ainda tá junto, mas, devido as circuntâncias, a gente tá. Ela pode fazer o que quiser, mas eu vou ficar na minha."

 

'01 de Fevereiro de 2012'

"Chegou uma garota novata. Ela me lembra do início, de quando eu achava que conhecia a pessoa que tá comigo. Ela parece muito avoada, mesmo assim não acho que há mal algum nela."

 

E ela terminou de escrever aqui... Foi tenso terminar desse jeito, ela nunca mais escreveu nada desde que me conheceu. Eu reviro todas as páginas e no final da última página era só um rabisco escrito "eu não aguento mais essa solidão".

- Ju.

Levei um susto quando ela passou suas mãos por cima de meus ombros e colocou meu cabelo nas costas, para depois dar um beijo em meu pescoço.

- Desculpa Marcy eu... Eu...

- Tudo bem.

Realmente estava bem eu mexer no diário dela e não ter nenhuma consequência?! 

- Agora você sabe da história completa.

- Marcy... - Fechei o diário e o deixei ao meu lado no banco. - Por que você não joga fora isso? Ou queima... Sei lá.

- Você também tá nele.

- Sim, mas... Você só escreveu só uma vez sobre mim.

Ela se calou refletindo maneiras de falar o que queria pra não dar alguma impressão errada.

- Eu não quero esquecer de quem eu era antes de te conhecer, isso serve pra me lembrar, e eu ainda quero escrever sobre você mas... - Ela se sentou ao meu lado e colocou o diário em seu colo.

- Mas?

- Mas eu não quero que se torne uma história ruim como foi as outras. Todas vez que eu começo a criar expectativas positivas eu fracasso.

- Se fosse assim, você não teria me pedido em namoro.

- É verdade. Ju, eu não vou escrever mais nada. Nem vou jogar fora isso, mas se quiser... Faça isso por mim.

- Você deixa?

- Sim, claro.

- Beleza... Vai ser agora! - Eu ri muito.

- Péra, agora?!

- Nada de voltar atrás na sua palavra. 

- É tem razão... - Ela se rende. - Mas só depois do café, porque né...

- Sim, eu não vou deixar você se esquecer.

 

 

"Se eu precisasse eu me colocaria ao seu lado

Então deixe-me perguntar
Você gostaria disso?

E eu não ligo se você diz que esse amor está nas últimas
Então agora eu vou perguntar
Você gosta disso?"

 

Ela trouxe os fósforos, além de estar com uma xícara de café na outra mão e eu já tinha o diário em mãos prontinho pra hora da queimada e uma garrafinha de alcool pra dar combustível.

 

"Então me diga como deveria ser, tento descobrir o que te motiva

Enquanto me deito ferida e enfadada

Existe uma linha tênue entre o amor e o ódio
E eu não me importo
Deixe-me apenas dizer que eu gosto disso
Eu gosto disso

Desesperada, eu irei rastejar
Esperando por tanto tempo
Sem amor, não há amor
Morrer por qualquer uma
O que eu me tornei?"

- Últimas palavras Marceline?

- Eu sei lá... - Ela bebeu um gole de café. - Não sou eu que vou ser queimada. 

- Eei... Ótimo slogan... "Não sou eu que vou ser queimada".

Como eu queria tacar fogo até o último pedacinho eu joguei o alcool em cima.

 

"Algo está entrando no caminho
Alguma coisa está prestes a partir-se
Vou tentar achar o meu lugar no diário
Enquanto eu queimo outra página
Enquanto eu olho para o outro lado
Ainda tento achar meu lugar
No diário."

 

Eu queria olhar até o último segundo, mas ela apenas bebia o café enquanto olhava pra mim.

- O próximo vai ser o Hambo. - Digo pra parecer cruel.

- O quê?!


Notas Finais


Hamlet* e A tempestade**: São duas obras de Shakespeare, um tem um final bom e o outro ruim.

Alguém aí faz aniversário nesses dias citados no diário?

Escute: Breaking Benjamin - The diary of Jane

https://m.youtube.com/watch?v=DWaB4PXCwFU


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...