História Tão profundo... - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Exibições 88
Palavras 997
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 25 - Preparando o Adeus


Aquele almoço fora um dos melhores que já tive. Conversamos muito sobre tudo, contamos histórias e falamos sobre o que gostamos. E Allana ficava o tempo todo reparando em Shawn, o que não era de se espantar já que ele atraía atenção por onde passava. 

Acabei de comer e já levantei lembrando do que tinha de ser feito naquele dia; o plano de velório do meu irmão e do meu quase filho. Quase não. Era meu filho. Fui até meu quarto para trocar de roupa e quando peguei o sobretudo que usei enquanto estava no hospital, dois papéis caem do bolso e lembro de que Ana os havia me dado para que lesse em casa. Não estava com pressa então decidi parar pra ler. Comecei com o que era dirigido à mim, ele dizia:

'Eu não sei como expressar tudo o que você fez por mim senhorita Mendes, mas quero te dizer obrigada. Enquanto eu estava no hospital me recuperando, sempre estava só já que minha mãe trabalhava. Quando você chegou junto à Henry e ficou lá conversando comigo, me animou tanto que vou receber alta do hospital. Quero te agradecer por todas as risadas, as brincadeiras, tudo. Lembrarei de você para o resto da minha vida. Beijos Emily.'

Lágrimas de felicidade escorreram do meu rosto, enquanto lia a carta que Emily escrevera. Pena que não consegui me despedir dela.

Havia outro envelope que era destinado à Henry quando ele completasse 15 anos. Eu não me sentia à vontade para abri-lo mas ele se foi... Emily deveria saber disso mas agora não é o momento. Desembrulhei a carta e comecei a ler:

' Henry, tanto você quanto sua 'mãe' me ajudaram a me recuperar da paralisia. Enquanto nossas mães estavam dormindo, você acordava para brincar e sempre estava tão animado. Passado um tempo eu comecei a me sentir diferente, não sabia exatamente o que era, mas nunca havia sentido isso antes. Isso ainda está aqui, dentro de mim, pulsando como meu coração e crescendo junto comigo; E acho que nunca vou saber bem o que eu senti, mas queria dizer que você sempre foi e sempre será o meu melhor amigo.       Emily <3

Tomei um tempo para me acalmar e parar de chorar. Respirei fundo, e senti que precisava falar com ela, abraçá-la. Eu vou encontrá-la e já sei por onde começar. 

Saí na frente e rumei ao hospital onde Henry havia ficado junto com Emily atrás do telefone de Kim. Foi meio difícil conseguí-lo, mas conversei com a secretária e ela me cedeu o número. Liguei e ela atendeu:

- Alô? 

- Alô, Kim? 

- Ela mesma. Quem é? 

- Sou eu, Kathe. A mãe de Henry. 

- Aah sim, olá Kathe. Tudo bem? 

- Já estive melhor e você? 

- Estou bem. 

- Olha Kim, teria como a gente se encontrar amanhã? Preciso falar com você.

- Podemos. É uma emergência? 

- De certa forma sim. É algo de seu interesse e principalmente do de Emily. 

- Okay então, onde nos encontramos? 

- No café Stars às 14hrs. Pode ser? 

- Claro. Estarei lá.

- Até logo então.

- Até. 

 Desliguei o telefone e fui rumo ao centro encontrar minha família e Shawn na funerária. Acertamos os detalhes é só nos restava escolher o dia da cerimônia, a cor das flores e a mensagem das faixas. Eu pensei que vovó iria tomar essa decisão mas ela estava tão pra baixo que eu e meus irmãos decidiríamos as flores. 

Escolhi rosas vermelhas e brancas para a coroa de Henry. Allana e Cameron escolheram tulipas azuis e amarelas por serem as cores preferidas de William, nosso falecido irmão. A data foi marcada para o final de semana para que desse tempo de os médicos liberarem os corpos e os preparativos estarem prontos para a cerimônia. Os planos eram caros e Shawn se ofereceu para pagar os dois, porém eu intervi: 

- Shawn não faça isso. Você não tem que pagar tudo sozinho.

Ele ia protestar mas estava muito triste pra isso, eu falei pra ele pagar apenas o de Henry já que ele fazia questão, eu e meu avô pagaríamos o de William. 

Saímos tarde de lá e eu sugeri que parássemos para comer, mas vovó disse que eles precisavam retornar para casa, mas que agradeciam o convite. Nos despedimos e eu e Shawn fomos rumo ao restaurante. 

Enquanto comíamos eu falei das cartas que Emily escreveu, e disse que encontraria Kim para conversar e convida-lá para os velórios no domingo. Shawn se espantou:

- Você vai contar à Emily do que aconteceu? 

- Não, não é a hora de ela saber disso. Por isso vou falar apenas com a Kim. Quero que ela compareça à cerimônia, já que esteve ao meu lado enquanto estava com Henry naquela situação. 

- Sim.- seu tom é esquisito.

- Está tudo bem Shawn? 

- Está. Por que? 

- Não minta amor, eu te conheço. Sei que tem algo errado. 

- Okay, você me pegou. Olha... eu to extremamente mal com a morte do Henry. Ele era praticamente nosso filho. Criamos, cuidamos, demos amor e carinho, tudo, e eu estou sentindo que a culpa foi minha por ele ter acabado desse jeito.- ele se encosta no banco.

- Shawn, não pense assim. Nós cuidamos bem dele, a culpa não foi sua. 

- Quem pediu que você o deixasse com Ana pra descansar um pouco e sair daquele hospital? Fui eu. 

- Você não confia na Ana? 

- Confio, mas ela falou que deixou Henry com outra enfermeira enquanto ela trocava alguns curativos. E eu não confio nessa outra enfermeira. 

- Hmm. Não posso negar que isso faz sentido. Já que Henry foi medicado em excesso. 

- Vou investigar isso. Perguntarei tudo sobre aquele dia à Ana. Quero saber quem foi a pessoa que ficou com Henry. 

- Me informe o que descobrir, quero saber de tudo. 

- Com certeza.

Terminamos de comer e voltamos pra casa. Amanhã será um dia cheio. 

 

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse novo capítulo.


Bjs Padmé <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...