História Tarôlando - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruto, Romance, Sasusaku
Visualizações 252
Palavras 1.590
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ecchi, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Arcano IV - O imperador Tribal


Fanfic / Fanfiction Tarôlando - Capítulo 4 - Arcano IV - O imperador Tribal

Significado: Chefe de todas as batalhas e que leva às vitórias terrenas e espirituais. Racionalidade; força masculina; poder.

Interpretação: Vitória por insistência; objetivos que serão atingidos; demonstração de força diante dos problemas e capacidade de superação até a vitória; proteção contra inimigos ocultos através de muita resistência; capacidade de enfrentar tudo e todos com sucesso; poder de persuasão;

“Eu me aproximo para emanar as energias de poder e de controle necessário para alcançar seus objetivos”.

 

Eu nunca mais iria sair do quarto. Tinha medo de cruzar com Sakura e ela me enfeitiçar novamente. Eu fui burro em ter baixado a guarda. Não deveria ter bebido tanto! Isso me fez ficar suscetível! E se não tiver mais volta? E se o feitiço for pra sempre? Merda!

Enterro-me embaixo do cobertor e pretendo ficar ali até o final do dia. Contudo percebo que alguém bate na minha porta.

— Sasuke, você está bem? — ouço a voz de Sakura.

— Estou ótimo — respondo.

— Você quer café?

— Não, eu não quero — falo. Mas era tarde demais, ela já havia aberto a porta.

— É sério que você vai ficar no quarto o dia todo? — ela questiona. Coloca a xicara na escrivaninha e se senta na minha cama.

— Aonde você coou esse café? — questiona. Havia ouvido histórias estranhas de simpatias de mulheres coando o café na calcinha para prender um homem.

Sakura cai na gargalhada.

— Ai meu Deus! Para de ser tão paranoico. Se não quiser tomar, jogue fora. — ela disse e aproximou sua mão até chegar a minha testa.

— O que você está fazendo? — questiono.

— Estou vendo se você não está com febre. Você está muito vermelho.

— Eu estou bem.

— Ei, Sasuke. Você está sexy hoje — ela elogia. — Este seu cabelo bagunçado te dá um ar de safado. Gostei.

Ela estava me paquerando explicitamente!

— Só me deixa em paz.  — Engulo em seco.

— Você é quem manda. Já que vai ficar no quarto o dia todo, a sala vai ficar vaga só pra mim. — ela se levantou sorrindo.

— O que pretende fazer?

— Tenho algumas consultas hoje. — ela diz e se aproxima novamente de mim. Sinto minhas mãos suarem.  Sakura chega seus lábios bem pertos do meu e de repente me dá um beijo na boca. Era mais um selinho, mas isso não era esperado.  

Fala sério. Ela me deu um beijo! Será que isso fazia parte da amarração?

— Mas que merda você está fazendo? — questiono quando ela se afasta. Sinto meu rosto queimar.

— Te dei um beijinho pra você melhorar. Até mais — ela diz e sai do quarto.

Rapidamente eu pego o meu computador e faço uma pesquisa:

“Como se livrar de uma amarração amorosa”.

Eu precisava de uma resposta urgente, ou eu não me aguentaria e agarraria essa mulher. Se eu fizesse isso seria game over pra mim.

Entro em um site e vejo algumas explicações;

Sintomas de amarração amorosa:

1.Obsessão amorosa;

2.Incapacidade de abandonar o parceiro, ou abandono repentino do parceiro;

3.Dores fortes sem explicação médica;

Ok, eu não estou obcecado por ela, mas gosto quando ela está presente.  Eu não consigo abandona-la, porque ela está morando em meu apartamento. E bem, sobre o item 3, estou com dores terríveis  na cabeça. Isso é realmente um sintoma.

Continuo lendo o site.

É possível desfazer uma amarração?

Sim é possível, por muito forte que seja, é sempre possível desfazer, recomendo que procurem ajuda profissional caso descubram que foram vitimas ou que alguém foi vitima de uma amarração.

Ajuda profissional? Mas que merda! Esses filhos da puta só querem arrancar dinheiro! Decido ignorar tudo isso e ajo por conta própria. Primeiramente me levanto da cama, vou para o meu banheiro e tomo um bom banho.  Logo após, pego uma roupa limpa, me troco e decido não tomar o café que Sakura preparou. Pego a xicara e levo até a pia da cozinha, jogo fora e faço um novo café.

Vejo que a casa está cheirando incenso novamente, e isso me deixa puto da vida. Encontro Sakura na sala fazendo alguma coisa bizarra. Ela estava sentada na posição “buda”. Havia um pote de frente pra ela com alguns cristais. Ela estava com os olhos fechados murmurando algum mantra.

— Que maluquice você tá aprontando? — Questiono. Ela sai do transe abrindo os olhos.

— Estou fazendo uma oração para atrair coisas boas.

— Vá fazer isso no seu quarto. E por favor, não quero saber de incenso dentro do apartamento. Essa merda fica impregnando em tudo. — Reclamo.

Sakura dá um sorriso. Tento permanecer sério perante a isso, mas ela era tão fofa.

— Ah Sasuke, me deixa ficar aqui — ela pede.

Tenho que permanecer firme. Irredutível eu não aceito.

— Eu não vou ceder. Arrume já essa sala. Tudo que for relacionado a essas bruxarias devem ser feitas no seu quarto — dou o ultimato.

Sakura me encara séria.

— Você não vai querer me ver irritada Sasuke — diz. Percebo o tom de ameaça, mas eu era um homem! Tinha que me impor, e não me esgueirar como um rato na minha própria casa!

— Vou pagar pra ver — respondo.  Sakura continua me encarando, e eu a encaro de volta. Eu não vou perder essa batalha!

— Ok, você venceu, por enquanto — ela fala. Porra, se eu soubesse que era tão fácil assim, teria me imposto antes!

Sakura se levanta e pega suas coisas. Ela não deixa de me encarar nem por um segundo até sair da sala. É claro que ela queria me amedrontar, mas eu não iria cair nessa tão fácil. Sinto-me aliviado por ter conseguido manda-la para o quarto, mas estranhava o fato dela não ter comentado sobre o beijo.

Volto para a cozinha e me sirvo uma boa xicara de café, volto para a sala e deito no meu sofá e ligo a TV no canal de Sports.

Sasuke Uchiha venceu Sakura Haruno!

|... |

À noite Sakura sai do quarto. É claro que o motivo foi o cheiro do jantar. Eu havia preparado Sukiyaki (ensopado com carne em fatias finas, legumes e udon). Como eu estava alegre por ter vencido, preparei uma quantidade suficiente para que ela também comesse.

Coloco duas tigelas na mesa e Sakura se senta para comer.

— Preparou o jantar pra mim também? — ela questiona.

— Eu errei na quantidade, preparei muita comida, e como não quero jogar fora, você pode comer.

— Ok, obrigada pela comida — ela diz e começa a comer. Estava muito quente, mas mesmo assim ela comeu rapidamente.

— Não coma como um porco — resmungo.

— Está gostoso — ela diz. Pego o Nikuman (O Nikuman é uma espécie de pão japonês cozido no vapor e com recheio de carne de porco) que eu havia preparado mais cedo e coloco na mesa.

— Você cozinha tão bem! — ela elogia. — Podia cozinhar pra nós todo dia.

— Não seja folgada, além do fato de quem você não vai ficar aqui por muito tempo.

— É o que vamos ver — ela revida.

Quando terminamos de comer, Sakura lava a louça, Vou para o meu quarto e ela vai para o dela. Pego o meu notebook e começo a trabalhar em um projeto. Eu estava desenvolvendo um aplicativo em paralelo com o meu trabalho.

Contudo, não consigo fazer muita coisa, sinto um mal estar. Eu estava suando e me sentia muito quente.

De repente começo a ouvir uma música estranha, era com um zumbido. Decido sair do meu quarto para averiguar, mas algo pior acontece, a luz do meu quarto de apaga! Assustado, saio do quarto e percebo que todas as luzes da casa haviam se apagado também.

Com medo, chamo por Sakura.

— Sakura! O que você está fazendo? — questiono. Porém ela não me escuta. Com a luz do meu celular vou até o quarto dela. Sinto um cheiro terrível de incenso ao abrir a porta e de repente sinto algo passando pelos meus pés.

Puta que pariu!

Que porra é essa?

Assusto-me, era algo preto.  É um demônio?

— Ônix, volte aqui — Sakura diz. Aproximo o celular da criatura que está aos meus pés e percebo que é um gato.

Meu coração tá acelerado.

Sakura aparece na porta segurando uma vela.

— De onde surgiu esse gato? Que porra é essa Sakura? — Questiono irritado demais por ter me assustado.

— É o meu gato. Eu o peguei hoje à tarde, estava na casa dos meus pais.

— Antes de tudo, porque você apagou todas as luzes? — O gato começa a se esgueirar em minhas pernas, e isso me causa calafrio.

— Eu não apaguei, deve ter faltado energia no prédio. — Sakura diz e se abaixa para pegar o gato.

— Eu odeio gatos — falo.

— Problema é seu. — Sakura de repente fecha a porta do quarto na minha cara.

Bato na porta.

— Sakura, você pode me ajudar?  Estou me sentindo mal — digo. Pouco depois ela abre a porta.  

— Entra.

Entro no quarto que está mais claro perante a vela acesa. Sakura coloca a mão na minha testa e depois pega na minha mão.

— Acho que você está com febre. Eu tenho remédio aqui — diz e abre a gaveta da sua escrivaninha. — Pode confiar, não está enfeitiçado. — Ela percebe minha hesitação em aceitar.

— Senta ai, vou pegar um copo d’agua pra você — fala e sai do quarto. Sento na cama, e o gato resolve se sentar ao meu lado.

Quando Sakura volta ela me entrega o copo de agua. Eu estava tão mal que não hesitei em aceitar. Tomo a agua junto com o comprimido e deito na cama.

— Agora você é meu Sasuke — ela diz e deposita um beijo em minha testa. Não consigo retrucar, estava me sentindo muito mal. Foi a última coisa que me lembro antes de apagar.

Fui pego pela bruxa.

 


Notas Finais


Hey pessoal! Eu voltei! hehehe é claro que eu to com vergonha pela minha demora, mas eu não podia abandonar a Tarôlando. Espero que gostem do capitulo.
Um beijo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...