História Te amo!- Oneshot Jimin - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Exibições 121
Palavras 976
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem do primeiro one shot ❤️

Capítulo 1 - Capítulo Único


Jimin me chamou para sair... mais uma daquelas suas surpresas... mesmo sempre no final sendo algo nada de mais eu me divirto...

Fui me arrumar, entrei no banheiro e tomei um banho rápido, sem lavar o cabelo. Terminei o banho e coloquei uma calça jeans azul, um tênis preto all star cano médio é uma blusa meio transparente azul marinho. Passei uma maquiagem leve: só um batom e rímel. Peguei meu celular, minha carteira e sai de casa.

Olhei no relógio e já eram 18:50. Tenho 10 minutos pra chegar no café. Jimin odeia que eu me atrase. Fazer o que? Isso se chama vaidade com uma gota de perfeccionismo misturado com preguiça.  

Cheguei no café e vi Jimin sentado numa mesa me esperando com um sorriso no rosto. Aquele sorriso que faz alguém derreter só de olhar.

Na verdade, sempre gostei do Jimin mais do que só meu melhor amigo... mas sempre soube disfarçar muito bem. Tanto, que acabei deixando isso de lado. Então hoje nós somos amigos, apenas. 

Me aproximo dele...

-Oi!- digo me sentando na cadeira a sua frente-Por que me chamou aqui?- perguntei curiosa.

-Oi!- diz ele ainda sorrindo- Como eu disse, é surpresa... vai ter que esperar para ver!

-Você sabe muito bem que eu odeio surpresas!- disse e ele riu- Para de rir! Não tem graça!- digo começando a rir junto com ele.

-Com licença senhores...- diz a garçonete- Vocês já decidiram o que vão comer ou vão esperar mais alguém?- pergunta.

-Eu vou querer... um frappuccino de chocolate e um croissant de frango- Diz Jimin que olha no menu e logo em seguida olha a garçonete que anota seu pedido.

-E você,senhorita, o que vai querer?-pergunta ela, agora olhando para mim.

- Hum... Vou querer o mesmo mas eu quero o croissant de carne- digo e ela anota o meu pedido.

-Ok... Já está saindo- diz ela que vai em direção ao balcão.

[.....]

Ficamos conversando, comemos e estávamos pagando a conta até que Jimin fala...

-Depois daqui quer ir lá no meu apartamento comigo? Lá que está a surpresa!- diz sorrindo mas deu para perceber que ele estava um pouco nervoso.

-Claro! Estou curiosa! 

Pagamos a conta e fomos pro apartamento do Jimin.

Chagando lá, nós entramos e Jimin trancou a porta, o mesmo vem pra perto jimin ( entenderão? Ji= de e min=... tá parei) ele segura minhas mãos entrelaçando nossos dedos e fala

-Eu sei que você gosta de mim mais que só como um amigo ___- diz ele e eu fico sem reação-e pra falar a verdade, eu sempre gostei de você da mesma forma...___ eu te amo! E desde que nos conhecemos gosto de você... sim, desde que nós éramos crianças eu gostava de você... e nunca tive coragem para falar na sua cara... Talvez eu esteja errado em falar que eu sei que você gosta de mim, porque talvez você nem goste mas... mas eu te amo e...- ele ia continuar mas eu o interrompi com um beijo.

Um beijo calmo e doce. Ele pede passagem com a língua e eu cedo, sua língua explorava cada canto da minha boca e eu fazia o mesmo com a dele. Continuamos assim até nos separarmos pela maldita falta de ar.

-___ eu te amo!- diz ofegante com a testa encostada na minha.

-Eu também Jimin...também te amo!

Jimin me beija novamente, só que com mais intensidade e desejo, ele pede passagem com a língua e eu cedo, o mesmo  coloca suas mãos na minha cintura e eu rodeio seu pescoço com meus braços.

Jimin vai nos empurrando sem parar o beijo até que sinto minhas costas batendo fraco contra a parede, ele da um impulso em minhas coxas para que eu rodeasse sua cintura com minhas pernas, fiz. 

Quando percebi que ele ia tirar minha blusa...

-J-Jimin eu ainda sou... Virgem- falo num sussurro.

-Vou ser cuidadoso pequena...- diz ele voltando a me beijar.

Jimin tira minha blusa e começa a fazer trilhas de beijos em meu pescoço. Ele tira meu sutiã e abocanha meu seio direito enquanto massageava o esquerdo.

-Awn...J-Jimin- gemi.

-Isso pequena... geme meu nome!  

Eu pego na barra da camisa de Jimin e ele me ajuda a tirá-la. Fomos caminhando em passos cegos até seu quarto.

Chegando lá ele me deita na cama e tira a sua e a minha calça. 

O mesmo me beija de novo enquanto tira sua box e  eu minha calcinha. Ele leva sua boca em direção a minha intimidade.

-O que vai... awn... f-fazer...- gemi quando Jimin abocanhou minha intimidade.

Sua língua, ora brincava com meu clítoris ora me penetrava, até que cheguei em meu ápice derramando meu líquido em sua boca e o mesmo engole tudo. 

Ele vem em minha direção e me beija, fazendo com que eu sentisse meu próprio gosto. Jimin pega o preservativo e se posiciona em minha intimidade.

-Posso?- pergunta tímido.

-P-pode... mas vai com calma, por favor.- disse.

-Eu vou com calma, não se preocupe pequena...- diz ele e me beija.

Jimin vai entrando de vagar... tava doendo muito e pelas minhas caretas ele percebeu...

-Quer que eu pare? - pergunta doce.

-N-não... c-continua...- disse.

Jimin continua até entrar por inteiro.O mesmo fica parado para que eu me acostumasse até que eu  movo minha cintura em sinal de que ele podia começar. E assim começaram as estocadas, começo lentas, mas depois rápidas e fortes. Até que chegamos ao nosso ápice juntos.

Ele se deitou ao meu lado, ofegante,e me pôs em seu peito.

-Eu te amo pequena... por isso quero que você seja minha namorada, aceita?- perguntou me olhando.

-Claro Jimin! É tudo o que eu mais quero desde que nos conhecemos!- digo me acomodando em seu peito- Eu te amo Jimin! E sempre vou amar!

-Eu também te amo pequena... e sempre vou amar!- falou.

E assim dormimos abraçados...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...