História Te Dejo en Libertad - Capítulo 71


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Feia Mais Bela
Personagens Fernando Mendiola, Letícia "Lety" Padilha Solís, Personagens Originais
Tags Adeus, Amor, Eu Te Amo, Família, Lfbm, Paixão, Reconciliação, Romance, Te Dejo En Liberdad
Exibições 169
Palavras 501
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 71 - Nove Meses e Três Semanas part. III


Fanfic / Fanfiction Te Dejo en Libertad - Capítulo 71 - Nove Meses e Três Semanas part. III

(Lety)


Onze horas, Carlos junto a Shirley me levaram para o aeroporto, Shirley chorava, mais prometeu que iria nos visitar... Depois de fazer o chek-in, eu fiquei com Shirley e Carlos, a Fê dormia na cadeirinha ao lado de Shirley, me sentei do outro lado da cadeirinha


(L)Você irá nos visitar não é, Shirley?


Ela me olhou sorrindo


(Sh)Assim que der menina, mais é para vir me visitar também


(L)Pode deixar


Respirei fundo e olhei para Fê


(Sh)O que houve?


(L)Estou com medo da reação do Fernando ao descobrir da Fê, a dona Teresinha amou a notícia, porém não é a mesma coisa


(Sh)Eu sei, mais vai dá tudo certo


(L)Espero que sim


(**)Senhores passageiros com destino ao México, por favor, embarcar no portão dois


Me levantei pegando as duas bolsas


(L)Esta na hora, assim que eu chegar, eu ligo


(Sh)Esta bem, se cuida e cuida da Fê


(L)Pode deixar...(sorri)


Shirley me abraçou e beijou a cabeça da Fê, logo eu peguei a cadeirinha e fui para o portão de embarque, assim que entrei, me arrumei na poltrona e arrumei a cadeirinha da Fê... Não demorou para que o avião decolasse... O avião, levantou voo e eu me perdi em pensamentos, o que Fernando me disse quando eu viajei, voltou a minha mente


"(F)Por favor, desisti dessa viagem"


"(F)Lety, eu preciso de você, não me deixa assim"


"(F)Você não pode saber o que acontecerá comigo, você não sabe como eu irei me senti"


"(F)Lety...(sussurrou)"


"(F)Posso te dar um último beijo?"


Todas as falas dele vieram em minha mente, era inevitável


"(F)Eu amor você e vou te esperar o tempo, que for preciso"


"(F)Eu vou te esperar, nem que seja por mil anos, mais eu vou te esperar"


"(L)Fernando..."


"(L)Eu amo você"


"(F)Eu também, mais que a minha própria vida"


                                                                                                          *****


(Fernando)


Já era quase uma da manhã e eu não conseguia dormir, fiquei pensando em Letícia, todas as noites era isso, mais eu conseguia dormir, dessa vez não, eu estou literalmente morando com os meus pais novamente, parei de ficar na minha casa para não pensar nela, vou lá vezes ou outra, apenas quando precisa, mais não fico mais de que alguns minutos


"(F)Eu vou te esperar, nem que seja por mil anos, mais eu vou te esperar"


Essa frase vinha em todo momento na minha mente, me sentei na cama e passei as mãos no rosto


(F)Ai Lety... Porque mesmo com todo esse tempo, eu não consigo te esquecer? Você é a parte mais importante de mim, eu preciso tanto de você... Minha Lety...(sussurrei)


"(L)Fernando..."


"(L)Eu amo você"


"(F)Eu também, mais que a minha própria vida"


Me lembrar dessas palavras me davam paz, mais ao mesmo momento me dói-a mais, pois eu não ouviria mais tais palavras


(F)Se você soubesse o quanto ainda te amo, Lety, te amo como um louco, a cada momento te amo mais, nunca pensei que isso fosse possível, mais te amo


Voltei a me deitei e fiquei pensando nela, algumas lágrimas caíram, até adormecer novamente



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...