História Te encontrei - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camp Rock, Cinderela, Rebelde
Tags Amizades, Colegial, Drama, Romance
Exibições 21
Palavras 865
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura gente. .....

Capítulo 16 - Capítulo 16


    Chegando em casa ainda pensando naquele papo louco de mais cedo, será mesmo que Guilherme Toledo está gostando de mim?. Não.
    _ Você ainda é de menor dona Alynna . _ fala Pietra sentada no sofá.
   _ Não me lembre por favor. _ falo virando os olhos. _ Preciso de um banho . _ falo subindo para o meu quarto.
     Entro no quarto pego o meu violão dentro do guarda roupa e sento na cama ainda  pensando no que o Guilherme disse mais cedo, depois penso  no beijo na grama e sem querer sai um sorriso de lado....
    _ Aí garoto sai da minha cabeça _ falo comigo mesma.......

         P.O.V do Guilherme.
.......... Chego em casa surpreso com o beijo que ela me deu..
    _ Que beijo é esse garota ?! _ falo baixinho comigo mesmo sem perceber que meu coroa entra na cozinha.
   _ Quem é a trouxa dessa vez garoto?_ fala o coroa pegando água na geladeira.
   _ Ah... Lembra da Alynna, filha da Pietra ? _ pergunto contando para o meu velho.
   _Lembro ne difícil esquecer _ fala colocando o copo em cima da mesa .
   _ Então...... Peguei ela hoje. _ falo e ele me olha assustado.
   _ Mas ela não tem cara de trouxa, ou ela é?._ pergunta sentando na mesa.
  _ Eu acho que não _ respondo._ Eu acho que tô querendo namorar ela sei lá ficar com ela de novo não sei.. . _ falo com a cabeça baixa .
   _ Já tava na hora né , ficava com várias garotas bonitas mas eu via que você não estava apaixonado, vê se não estraga tudo viu ! _ fala saindo da cozinha.
     _ Eu acho que já estraguei _falo comigo mesmo enquanto o coroa sai da cozinha.....
            *No outro dia *
Acordo atrasado, desço correndo nak vejo ninguém a Pócha o Vitor e a vitória já deve ter ido pra aula olhei no relógio da cozinha era 7:18 , já perdir o primeiro horário , saio correndo sem comer msm.......
      Chego na escola todos je estão em suas salas sento no pátio central para esperar acabar o horário , vejo a Lya descendo.
   _ HM! Que delícia _ falo chegando atrás dela .
   _ Aa oi _ fala virando o olho . _ O que é bom ? A água? _ fala pegando um copo .
    _ Não , a vista . _falo  mordendo os labios e olhando para ela de baixo para cima.
   _ RA! Muito original . _ fala virando os olhos .
     Eu ainda parado na frente dela dela fico pálido e minha face muda e começo a sentir uma dor insuportável na barriga até que eu caio no chão e só lembro de uma vozes gritando em cima de mim .
     _ Garoto para de brincar , isso é sério acorda ei _ ouso a voz da Lya bem longe . _ GENTEEE ME AJUDA EI..... _ouso ela gritando be longe ate eu não ouvir mais nada.
    Acordo no hospital com o Vitor do meu lado me olhando e eu cheio de aparelho eu não conseguia só mecher os olhos e a boca, a minha respiração doía e meu coração estava batendo muito forte e meu peito estava doendo .
   _ Até que fim a florzinha acordou e antes que pergunte onde está a Lya ela está lá fora . _ fala apontando para a porta.
    _ como eu vim parar aqui ? _ falo bem sonolento e devagar .
   _ Não sei direito você passou mal no corredor conversando com a Lya e depois eu te trouxe e seu pai já está a caminho e eu não sei o que você tem direito . _ fala muito rápido e sentando na poltrona .
     _ Cadê a Lya chama ela por favor? _ falo sonolento e bem devagar .
     Vitor foi chamar a Lya enquanto eu lutava com os meus olhos quase fechando.
    _ Oi , antes que me pergunte eu não sei o que voce tem . _ chega Lya dentro do quarto já falando .
   _ Cala a boca e não fala nada antes de eu terminar . _ falo sonolento.
  _ Você acha que é meu pai garoto? _ pergunta colocando a mão na sintura .
   _ Já falei pra calar a boca. _ falo devagar . _ Sei que não é a melhor hora pra falar isso mas eu já disse Que não paro de pensar em você e no  nosso beijo e sei que você também pensa em mim porque se não pensasse não visualizava as minhas fotos do Snapchat duas vezes ou não ficava vermelha falo algo bonitinho . Quero algo a mais com você, quero que eu seje seu e que você seja minha , só minha , quero te abraçar e quero te beijar quando eu quiser sem te pedir permissão.... agora é com você _ falo devagar e sonolento  e ela me olha estranho .
    _ primeiro ou você tá zoando com a minha cara ou você tá muito ruim . _ fala se sentando.
    _ Ta, não precisa me responder agora só fica aqui comigo um pouco.. por favor?_ falo pegando no sono.

                       ........
    
  
 

 


Notas Finais


Gente eeeee que fofo MDS até a próxima desculpe se tiver algum erro bjs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...