História Te quero, só você não vê isso - Ponny - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Anahí
Personagens Anahí
Tags Alfonso, Anahi, Camila, Christian, Christopher, Dulce, Maite, Rodrigo, Romance
Exibições 33
Palavras 957
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 39 - Quer terminar?


Anahí decidiu conversar com Poncho mais não seria ali e nem agora.

Anahí: Vamos amor, espero que não tenha extrapolado meu limite de dez minutos!

Alfonso: Nossa que demora Any! Achei que teria que ir atrás de você!

Nesse momento Alfonso puxou Any pelo braço, abriu a porta do carro pra ela e foi pra direção, não via a hora de chegar em casa, quando estava indo ate sua casa viu que Any estava sentada ao seu lado mais em vez de um sorriso ela estava com um bico na boca, se deu conta da forma que tinha a tratado a menos de 2 minutos. Decidiu quebrar o silencio, tinha que fazer aquilo.

Alfonso: Any amor! – Ela olhou para o rosto dele mais desviou o rosto logo em seguida sabendo o que viria – desculpa princesa!

Anahí: Você esta todo grosso comigo e acha que apenas um “DESCULPA PRINCESA”pode mudar tudo?

Alfonso: Foi mal mais é que meu dia não esta saindo como eu havia planejado!

Anahí: E eu tenho culpa? – deixou algumas lagrimas escaparem tinha prometido a si mesma que não ia chorar mais era impossível – Diz... Eu tenho culpa de alguma coisa? Não é os meus pais que são contra o nosso namoro, do jeito que você esta me tratando qualquer um que veria de fora diria que os eu tenho algum tipo de culpa!

Alfonso não podia deixar Any falar daquela forma, cada palavra que ela dizia esta destruindo ele, parou o carro rapidamente na beira de um meio fio e puxou Any para seus braços, como podia ser verdade ele estava machucando a mulher que ele tanto amava, Any chorou nos braços do namorado, ficaram ali abraçados por um bom tempo. Quando Alfonso percebeu que já era o suficiente ele empurrou o corpo da namorada e colocou as mãos em seu rosto, Any colocou suas mãos sobre as mãos dele.

Alfonso: Desculpe-me! Isso é um pedido do fundo do meu coração eu juro! Eu prometo não vou te tratar dessa forma nunca mais, eu estou com muitos problemas, mais eu quero que você saiba que eu te amo mais que nada nesse mundo, eu não vou pensar nos meus problemas na sua frente, eu tenho que me afastar disso tudo.

Anahí: Eu sinto muito em dizer isso mais a única forma de acabar com esses problemas é apenas uma... – Alfonso ficou parado olhando para o rosto da namorada que derramava mais e mais lagrimas enquanto falava, pensou consigo mesmo que não podia ser o que ele estava pensando - A única forma é a gente terminando! – Ela abaixou a cabeça e começou a soluçar de tanto que chorava.

Alfonso puxou Any novamente contra seu peito, é ela tinha falado o que ele estava imaginando que ela ia dizer, seus pensamentos voaram longe e se lembrou de uma cena que tinha vivido a uns anos atrás quando estava com seu grupo de amigos em frente a escola.

FLASHBACK ON:

Estavam todos sentados embaixo de uma arvore conversando trivialidades quando Christopher perguntou o que eles não perdoariam em uma pessoa? Ele se lembrou que Maite não perdoaria uma mentira, Dulce disse que não perdoaria uma traição, Christian disse que não perdoaria uma pessoa querer ser o que não ia ser nunca ou seja fingir ser o que não era, Any disse que não perdoaria que o grande amor da vida dela fosse fraco, ele se lembrou que todos riram do que ela havia falado mas ela se explicou dizendo que não perdoaria se o amor da vida dela não lutasse com ela por um objetivo, ela deu um exemplo de ela querendo algo muito e ele não estar disposto a lutar com ela por aquilo.

FLASHBACK OFF

Alfonso decidiu que aquilo não ia acabar ali naquela hora e se Deus quisesse nunca ia acabar, ele estava mais do que disposto a lutar junto com Any por uma coisa maior que eles, que era o amor que um sentia pelo outro, pegou o rosto de sua amada entre as mãos novamente e olhou no fundo dos seus olhos.

Alfonso: Mais e você quer terminar comigo?

Anahí: Não vejo outra saída pra isso!

Alfonso: Eu acabei de me lembrar aqui de uma vez que estávamos em frente ao colégio e você disse que jamais perdoaria um homem fraco, não quero ser esse homem fraco se você esta disposta a seguir comigo ate o fim... – Ele limpou uma lagrima que cai de seus olhos também- Eu estou disposto a enfrentar o maior dos dragões se você estiver comigo!

Anahí: Eu quero você... Só você não preciso de mais ninguém pra ser feliz... – ela começou a sorrir – quero dizer na verdade preciso sim!

Alfonso: Não entendi de que ou de quem você precisa alem de mim?

Anahí: Eu preciso do meu filho e sei que ele precisa de mim!

Alfonso: É você tem razão as vezes eu ate me esqueço que tem um serzinho que vive aqui dentro – ele disse isso acariciando a barriga de Any – então vamos esquecer isso eu te prometo que vou te tratar muito bem daqui pra frente não se fala mais no nome da minha mãe, quero ver a cara dela quando ver o seu filho sei que ela vai morrer de amores por ele, ela não resiste a uma criança.

Any apenas riu sabia que a mãe de Alfonso gostava de criança, ele ligou o carro e foram em direção a casa que seria de ambos em breve, isso era o que ele imaginava já que Luisa não estava disposta a perde-lo para Any, ela ia fazer o possível e o impossível pra separá-los e isso já não era surpresa pra ninguém, ela era a pior garota que poderia ter se aproximado de Alfonso.


Notas Finais


Só tenho uma coisa pra dizer... Isso vai dar merda... certeza que vai!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...