História Te quero, só você não vê isso - Ponny - Capítulo 59


Escrita por: ~

Postado
Categorias Anahí
Personagens Anahí
Tags Alfonso, Anahi, Camila, Christian, Christopher, Dulce, Maite, Rodrigo, Romance
Exibições 16
Palavras 727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


olá e desculpa desde já!!!

Capítulo 59 - Não vai dar certo!


Any teve os braços amarrados e a boca tapada com uma fita adesiva, ela não sabia onde estava e nem como tinham descoberto onde ela estava, foi jogada em um canto daquela casa que ela achava ser muito grande pois tudo que faziam dava eco pela casa toda, de repente escutou passos pela casa e duas pessoas conversando, eram dois homens que ela julgava ser o rapaz que a levou ate a casa e Rodrigo, quando estava tentando escutar o que era dito sentiu seu corpo sendo puxado para cima.

Rodrigo: Vamos Any eles já devem estar chegando!

Any começou a tentar falar sabia que se retirassem a fita da sua boca uma vez seria mais fácil pra retirar de novo, então começou a se debater pra tentar falar.

Rodrigo: O que você quer? Quer que eu tire isso?

Any balançou a cabeça positivamente e Rodrigo retirou a fita de sua boca dizendo que não era pra ela gritar se não ele colocaria a fita novamente.

Anahí: Pra onde a gente vai?

Rodrigo: Não se preocupe amor a gente vai pra bem longe, eu pedi ao meu amigo que conseguisse uma identidade falsa pra você, quando seu namoradinho chegar aqui a gente já vai estar longe. – Ele ia colocar a fita na boca de Any mais ela foi mais rápida e começou a falar.

Anahí: Como você sabe que eles estão vindo pra cá?

Rodrigo: Eu tenho um amigo policial e ele acabou de me avisar!

Anahí: Aha então é por isso que você sabe de tudo né! Já que sabe de tudo me diga por favor como a Camila esta?

Rodrigo: Disso eu não sei e nem quero saber, mais como eu gosto de você eu vou descobrir pra você quando a gente chegar ao lugar onde vamos.

Any não pode falar mais nada pois a fita foi colocada em sua boca novamente, eles estavam saindo pelo portão lateral pra não chamar a atenção de ninguém quando de repente o carro da policia parou em frente a porta principal.

Alfonso: Any você esta ai? Eu vim atrás de você princesa!

Na hora que Any escutou a voz de Alfonso ela rapidamente colocou a língua pra fora da boca fazendo com que a fita se soltasse da sua boca.

Anahí: Meu amor eu to aqui!

Nessa hora todos viram Rodrigo puxando Any ate um carro que estava perto do portão da enorme casa, a voz de Any tinha chamado a atenção de todos que estavam ali ate de algumas pessoas que estavam na praia, então antes que pudessem fazer algo Rodrigo entrou no carro e saiu cantando pneu. A policia entrou no carro e começou a seguir o carro deles, a cada quilometro que ele andava mais perigoso ia ficando a perseguição.

Anahí: Eu sempre soube que você era cabeça dura, não esta vendo que isso não vai dar em nada?

Rodrigo: O que você quer que eu faça que pare o carro agora?

Anahí: Seria uma excelente idéia, porque não se entrega em?

Rodrigo: Porque eu quero ficar com você e com meu filho!

Anahí: Eu acho que no fundo mais bem lá no fundo eu sempre soube que eu não te amava, e agora você sabe que eu não pertenço mais a você decidiu dar um de “pai da criança”!

Rodrigo: A gente vai ficar junto minha princesa!

Anahí: Pare de me chamar de princesa porque a princesa aqui agora pertence a um príncipe de verdade não a você o burro da historia.

Rodrigo: Eu não sou burro!

Anahí: A não é? – ele balançou a cabeça negativamente – Então porque esta correndo tanto desse jeito porque se você fosse inteligente saberia que pode acabar batendo esse carro e matando todos, principalmente a mim a ao seu filho já que estou sem o cinto de segurança.

Rodrigo: Como descobriu o que ia fazer? É isso mesmo Any se eu não vou ficar com você ele também não vai, estou indo para as pedras no penhasco que tem a uns 5 quilômetros daqui e é lá que vamos ficar juntos para o resto da vida!

Any olhou para a cara de Rodrigo como que dizendo que ele estava ficando louco com tudo que estava acontecendo, não houve tempo pra mais nada, Any só sentiu seu corpo sendo lançado para a frente em um impacto violento contra o vidro.


Notas Finais


eu estou com bloqueio... Não sei o q escrever!!!
Então mais uma vez vou dizer vamos com calma!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...