História Te suporto ou amo? - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Marco Pigossi, Paolla Oliveira
Personagens Marco Pigossi, Paolla Oliveira
Tags Pagossi
Visualizações 133
Palavras 506
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 34 - 2 segundos


Fanfic / Fanfiction Te suporto ou amo? - Capítulo 34 - 2 segundos

Paolla

Depois de alguns minutos em um silêncio constrangedor surgiu coragem em mim, retirei as mãos que cobriam meu rosto e olhei para ele.

-Marco, desculpa! Eu nem devia estar aqui, você fez demais por mim!

Falei realmente agradecida.

-Está tudo bem!

Ele sorriu e meu coração derreteu.

-Acho melhor eu me trocar e ir!

-Sim, mas se eu fosse você tomava um banho.

Ele afirmou.

Realmente estava fedendo vômito e álcool.

Fiquei mais envergonhada, abaixei a cabeça sem saber onde me enfiar.

-Hey, tudo bem, você é humana! Ou você acha que nunca bebi demais?

Eu apenas ri baixo.

-Faz o seguinte toma banho, eu pego o seu vestido você se troca e toma café comigo! Feito?

Sorriu convincente tentando me adular.

Respirei fundo, fechei os olhos e fiz sim com a cabeça.

-Bom, tem toalha naquele armário!

Apontou.

-Tá.

-Melhor eu te dar o vestido antes né? Pra eu não...ah você sabe! Espera aí já volto!

Falou sem graça indo buscar o vestido.

Fui no armário que ele disse peguei uma toalha e sentei na cama esperando que voltasse.

Marco rápido chegou e eu fui correndo para o banheiro, na frente do espelho percebi o desastre que estava, maquiagem borrada do tipo que chegava a parecer um panda, tirei meu colar e brincos e coloquei na pia.

Meu odor estava insuportável e meu hálito podre.

Foi um alívio sentir a água escorrendo no corpo, os pensamentos se debatiam debaixo do chuveiro.

"Devo ter dado muito trabalho ao Marco, ele é um homem e tanto pois nenhum ajudaria a ex namorada, a qual abriu mão tão facilmente da relação".

Bufei triste e voltei a me banhar normalmente.

Esfreguei bem o rosto para que toda maquiagem saísse e ensaboei todo o corpo para ter certeza que o mal cheiro iria embora.

Terminei de me secar, vesti o mesmo conjunto de peças íntimas que usava antes e coloquei o vestido.

Passei os dedos entre os cabelos molhados e saí do banheiro dando de cara com o Marco que segurava uma escova de cabelo e de dentes.

-Bom, achei que fosse precisar e pedi pra dona Maria me arrumar!

Coçou a cabeça.

-Dona Maria?

Perguntei.

-A zeladora do prédio! Vi ela no corredor e como tem uma farmácia aqui em baixo ela comprou pra mim!

Afirmou me entregando.

-Obrigada, não precisava!

-Não foi nada!

Deu as costas indo para onde eu deduzi que fosse a cozinha.

Voltei ao banheiro escovei os dentes e arrumei o cabelo e depois fui atrás da minha bolsa, devia ter um blush e um batom dentro dela. Fui ao quarto procurar e acabei pegando o Marco sem camisa.

-Desculpa!

Ele olhou e falou que não foi nada.

-Se você estiver procurando sua bolsa ela está lá na sala!

-Obrigado.

Saí rápida e vermelha sem precisar de blush algum.

Marco

-Vem tomar café Pah!

Falei me retraindo pois a força de hábito era maior. Ela sorriu e venho junto a mim, sentou à mesa atrás do balcão.

O silêncio era o dono e a timidez da Paolla era uma novidade.

Nossas mãos se esbarraram quando iriamos pegar um pouco da manteiga, engoli em seco quando os nossos olhares também se encontraram. 

Foram exatamente dois segundos para eu dar a volta até o lado que estava agachar e tomar seus lábios.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...