História Tea Morning - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias SHINee
Personagens KiBum "Key" Kim
Tags Fanficcute, Fluffy, Key, Kimkibum, Shinee, Shoujo
Exibições 5
Palavras 775
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Fluffy, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu voltei!!! Hoje eu realmente dei tudo de mim pra trazer a parte 2 do primeiro capitulo. Tomara que vocês tenham gostado. Amanhã provavelmente tem mais, e é oficialmente o segundo capitulo. Se abaixem que vai ter muito tiro e emoção! Vamos a historia, então ^^

Capítulo 2 - Força! parte 2


Fanfic / Fanfiction Tea Morning - Capítulo 2 - Força! parte 2

Coloquei meu avental, meu bloco de notas e caneta e fui atender aos pedidos. Fiquei até tarde no trabalho e não pude ir à aula de canto, isso era o que eu mais amava fazer. Comecei a trabalhar só pra pagar as minhas aulas, amo de paixão isso e com certeza vou realizar meu sonho um dia de ser cantora, com muito esforço, mas vou! Fighting s/n!

Thompson foi embora mais cedo e pediu para que eu organizasse tudo e fechasse o local. Fiz como ele pediu, e por volta de 10 horas da noite, tranquei o local e segui o caminho até o ponto de ônibus.

Estava um pouco escuro e sombrio, o bairro tinha boatos de muitos assaltos e mortes. E então com as pernas tremulas sentindo um pouco de medo, e olhando ao meu redor toda vez que ouvia um ruído.

Quando eu finalmente cheguei perto do meu quintal, ouvi alguns gritos e coisas quebrando. Entrei de fininho e o barulho abafado estava ficando cada vez mais alto em direção a cozinha. Espiei pela fresta da porta e pude ver Yuri e minha mãe discutindo.

Yuri – Você vem comigo ou não?

Mãe – Você é maluco? Não vou deixar meus filhos só porque você é fugitivo da policia!

S/n -!!!!  Boquiaberto, arregalei meus olhos e quase caí no chão.

Yuri – Você é minha refém, esqueceu? Esses seus filhos estão atrapalhando meus planos e você vem comigo por bem ou por mal!

Com a mão na boca, fui de fininho até meu quarto não acreditando no que eu acabará de ouvir. Com muito esforço tentei dormir e no dia seguinte, sonolenta. Levantei-me da cama, e pensei em ligar para a minha prima riquinha que morava no Japão. Não falava com ela á muito tempo e precisava desabafar.

Pov ligação On

Giovana – Alô?

S/n – Oi prima, está ocupada? Preciso conversar com você...

Giovana – S/N!! Quanto tempo querida! Claro que podemos. Pode contar comigo!

S/n – Hahaha, te amo sabia? Mas, agora é sério. Tão acontecendo algumas coisas bizarras aqui em casa, e to pensando seriamente em fazer alguma coisa em relação a minha vida nesse momento.

Giovana – Tipo o que? Já sei! Porque você não vem morar comigo? Seria incrível!

S/n – O que? Como eu poderia? Ir ao Japão assim do nada? Bom, sem bem que o que está acontecendo aqui em casa é bem sério.. Mas, se por acaso eu mudar de idéia, eu te conto, ok?

Giovana – Ok! S/n, eu preciso ir agora. Mais tarde nós conversamos, fique bem e boa sorte!

S/n – Tchau, prima! Foi bom falar com você. ~ Suspirei preocupada.           Pov ligação Off.

Passei o dia inteiro pensando na proposta da minha prima, e finalmente tomei uma decisão. Iria para o Japão. Mas, não sei se ficaria lá a minha vida toda. Fui conversar com a minha mãe que estava na sala. Suspirei parando na escada. Logo depois desci e sentei-me no sofá.

Mãe- Filha! Feliz aniversário! Porque ficou o dia inteiro no seu quarto? Poderíamos ter aproveitado o dia muito mais, sabia?

S/n- Eu estava refletindo sobre a minha vida neste momento, e logo depois liguei para minha  prima, e ela me propôs uma coisa, que quero te contar..

Mãe- Vê lá o que você vai me falar hein? Pode me contar filha, O que foi?

S/n- Então...mãe....É que, ela me propôs que eu morasse no Japão com ela por um tempo. Agora que eu vou fazer 18 anos, e que tenho meu próprio emprego, penso que sou independente o suficiente para fazer escolhas na minha vida. Espero que você compreenda.

Mãe- Mas... Assim do nada? Nem um cafezinho antes? Brincadeiras a parte, como você vai se sustentar? Arrumar um lugar pra morar? Já pensou quanto é os impostos lá no Japão?

S/n- Calma, mãe. Eu vou conversar com a Giovana e falar se ela pode me ajudar por um tempo até eu arrumar um emprego. Eu mesma tenho um dinheiro guardado e posso pagar minha passagem mãe!

Mãe- Ok, ok, você pode ir. Sinto que você é responsável o suficiente para fazer escolhas agora. Vou sentir muito sua falta filha!

S/n- Mãe...Obrigada, de verdade. ~ falei emocionada. E abraçando-a.

Mãe- De nada, filha! Só ligue pra sua prima e organize tudo direitinho! Assim, ficarei menos preocupada, ok?

S/n- Ok, mãe. Acho que devo viajar em breve.

Subi para o meu quarto me sentindo culpada, porque deixaria minha mãe nas mãos desse monstro. Mas, em breve voltaria para salva-lá e levar ela comigo para o Japão. Me preparei para dormir colocando um pijama molinho e deixando meus óculos na bancada. Finalmente deitada. Mas com a cabeça totalmente cheia de preocupações.   

 


Notas Finais


É isso! Amanhã tem mais hein! Beijos akndjkng <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...