História Teach Me (AU! Larry Stylinson) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Harry Styles, Larry, Larry Stylinson, Louis Tomlinson
Exibições 200
Palavras 3.611
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - 1st class.


Styles.

É claro que Louis ia dizer não. Harry não esperava que ele aceitasse tão fácil assim, e nem queria, na verdade. Seria bem melhor que Louis viesse até ele depois e pedisse por isso, o que ia acontecer logo devido as atitudes daquele amigo imbecil que Zayn tanto gostou.

Harry sorriu de lado, suas suspeitas sendo confirmadas quando um Louis completamente vermelho e irritado batia a porta de seu carro, pisando forte até a portaria do seu prédio, sumindo dali em seguida. Ele riu baixinho, negando com a cabeça e acenando um tchau para o porteiro enquanto ligava o carro e saia dali.

Demorou um pouco para chegar em casa, não se importando muito, aquela festa estava uma merda e ele nem queria faze-la tão cedo, Zayn que quis. E no final das contas, a única coisa que Harry tinha achado de interessante naquele local tinha acabado de ir embora. O carro foi trancado acionar o alarme, e Harry entrou em casa, guardando a chave no bolso da jaqueta.

- Bro! – A voz de Zayn soou enquanto ele aparecia, dessa vez sozinho, sem Liam ou Niall. – Onde você estava?! – Ele perguntou, cheirando a álcool e quase não se mantendo em pé.

- Fui levar Louis em casa. – Harry respondeu simples, pegando o baseado da mão dele, e dando uma tragada, devolvendo em seguida. – Onde está Liam e Niall? – Zayn demorou um pouco para responder, visivelmente bêbado.

- Eles foram embora, Niall se sentiu um pouco mal depois do Louis ter saído daquele jeito. – Zayn respondeu dando de ombros e Harry arqueou a sobrancelha, a expressão se tornando levemente irritada.

- Vocês estavam vendo Louis tentando sair de perto daquele homem e nem foram ajudar?! – Ele perguntou irritado e Zayn suspirou, assentindo e voltando a tragar, soltando a fumaça na cara de Harry, que revirou os olhos.

- Não fomos ajudar porque Liam não deixou. – Harry bufou alto e Zayn riu baixinho. – Bro, a situação não é assim que nem você pensa, Liam também ‘tá pensando no lado do Louis. O cara só beijou uma pessoa até agora! E pelo que Liam me disse, foi na primeira série ou algo do tipo. – Zayn disse, negando com a cabeça e Harry sorriu de lado, não evitando pensar que Louis era até mais inocente do que ele imaginava, o fazendo querer mais ainda ser o primeiro a romper tudo aquilo.

- Esconde essa covinha ai, cara! – Zayn disse, enfiando um dedo na covinha de Harry fazendo-o rir baixo, revirando os olhos.

- Vem Z, você já tá bêbado demais pro meu gosto. – Harry disse, ajudando Zayn a subir a escada e retirando seu Jeans, sapatos e camiseta para que ele se aconchegasse melhor na cama. Tirou o baseado de sua mão fazendo Zayn resmungar, mesmo quase dormindo, e ele riu, negando com a cabeça. Cobriu ele com o edredom, ligando o ar condicionado para deixar o quarto mais fresco e saindo dali em seguida, fechando a porta.

 

 

***

 

 

Poucas horas depois pelas seis horas da manhã as últimas pessoas deixavam a casa, Harry suspirou aliviado, desligando o enorme aparelho de som e se jogando no sofá que estava imundo. Esfregou a mão no rosto, decidindo cochilar por ali mesmo, ele e Zayn haviam contratado uma equipe de limpeza para as oito horas da manhã e se ele se aconchegasse na cama provavelmente não iria descer para atendê-los.

Pareceu que cinco minutos se passaram até que a campainha da casa soasse, acordando Harry de seu cochilo de duas horas. Ele suspirou se levantando e indo em direção a porta para atender a equipe de limpeza. Umas seis pessoas estavam lá, vestidas de preto com roupas comuns e alguns aparelhos, juntamente com uma minivan lá.

Harry explicou o que deveriam limpar e que lá em cima não deveriam mexer pois ninguém subiu. Ele terminou de acertar o pagamento com um dos caras responsáveis pelo resto e disse que deveriam sair assim que terminassem, subindo a escada e retirando sua roupa quase toda, se deitando junto a Zayn que dormia tranquilo. Não demorou muito para que ele entrasse em um estado quase dormindo, não evitando que seus pensamentos fossem a uma cena de Louis dançando adoravelmente na festa, e assim ele pegou no sono de vez.

 

 

***

 

 

Quando Harry acordou já eram por volta de umas cinco horas da tarde. Zayn não estava mais ao seu lado e ele sabia que provavelmente o garoto estava assaltando a geladeira no andar de baixo ou fumando algum cigarro ou baseado enquanto assistia alguma coisa na televisão. Harry colocou uma calça de moletom, descendo as escadas ainda meio sonolento, entrando na cozinha e sorrindo ao ver que havia quase acertado na primeira opção. Zayn estava ainda de boxer, sentado no balcão olhando alguma coisa na pequena televisão da cozinha enquanto comia algum salgadinho que provavelmente tinha achado no armário.

- Boa tarde belo adormecido. – Zayn disse, olhando com um sorriso de lado para Harry enquanto esticava o pacote de batatas chips para o amigo que aceitou de bom grado, se encostando no balcão onde Zayn havia sentado.

- Você dorme mais do que a população de Londres inteira, cala essa boca Zayn. – Harry disse e Zayn riu, dando de ombros e voltando a olhar o filme que passava na televisão.

Um pouco mais tarde os dois subiram para o quarto, Zayn entrando no computador alegando que preferia arrumar seu twitter por ali do que pelo celular e fazendo com que Harry revirasse os olhos, bufando com a atitude comum do amigo. Zayn sempre estava focado em suas redes sociais, ao contrário de Harry, que entrava pouco e quando tweetava, por exemplo, ninguém entendia nada.

- Porque você não usa seu computador, cara? – Harry perguntou e Zayn bufou, mostrando o dedo do meio pro amigo. – É sério, você dormiu aqui noite passada e talvez retrasada também, volta para o seu quarto demônio! – Harry brincou e Zayn riu, revirando os olhos. – Qualquer dia desses vou entrar aqui e ver você transando com alguém na minha cama. – Zayn gargalhou concordando com a cabeça e Harry revirou os olhos rindo também.

- E ai, o que deu com o Tomlinson ontem? – Zayn perguntou do nada e Harry estreitou os olhos para olhá-lo.

- Nada, deixei o garoto em casa e nada mais. – Harry disse e Zayn soltou um sorriso malicioso.

- Sei, já até prevejo quem vai tirar a inocência toda daquela bunda gigantesca. – Zayn disse e Harry gargalhou, fazendo o amigo rir junto. – Qual é cara, já viu o tamanho daquilo? – Zayn perguntou, não deixando que Harry respondesse e continuando. – Esquece... Claro que você já reparou. – Ele disse dando de ombros e fazendo Harry rir, negando com a cabeça e voltando a assistir um programa de perguntas e respostas que passava na televisão.

 

 

***

 

 

O resto do sábado e domingo de Harry e Zayn foi completamente chato, os dois fizeram alguns trabalhos da faculdade, porque sim, apesar de terem toda essa aparência e toda essa aura os dois levavam a faculdade a sério assim como tinham levado a escola e tudo mais, deviam isso a seus pais e até a si mesmos.

A segunda finalmente chegou e Harry já se encontrava gritando por Zayn antes que o mesmo se atrasasse por dormir demais, como sempre. Eles comeram alguma coisa que tinha no armário como café da manhã, bebendo leite puro e deixando os copos na pia enquanto saiam indo em direção ao carro, o caminho foi rápido, fazendo com que eles chegassem com algum tempo de sobra.

Zayn sorriu olhando para baixo ao sair do carro e Harry pode jurar que o viu corando, ele olhou pra trás para onde Liam encarava-os de dentro da faculdade, mordendo o lábio inferior e desviando seu olhar rapidamente assim que pegou o olhar de Harry sobre ele. Harry riu, negando com a cabeça e empurrou Zayn de leve, fazendo com que o mestiço sorrisse, dando de ombros. Era até fofa a situação desses dois, até que Zayn estragasse tudo, como sempre fazia, ele simplesmente não conseguia fazer as coisas certas num relacionamento, ele não se dava a chance de ser ele mesmo, estragando as coisas propositalmente, sem ter ação para concerta-las depois, esse era Zayn.

Eles se aproximaram do grupo e Harry ouviu Louis bufando, ele sorriu desviando os olhos do garoto apenas para cumprimentar Niall e Liam com um leve toque de mão, puxando de leve a pequena coroa de flores de Louis em seguida, fazendo o garoto resmungar e afastar a mão de Harry dali o mais bruto que sua personalidade permitia.

Eles conversaram um pouco, digo, Niall, Liam e Zayn enquanto Harry participava algumas vezes da conversa e Louis evitava soltar qualquer tipo de comentário ou até mesmo olhar para Harry ao seu lado, e então, aconteceu. Zayn chamou os garotos pra sair e ir em alguma boate no próximo fim de semana e Liam e Niall aceitaram, Zayn olhou para Harry, sorrindo de lado e Harry riu baixinho já sabendo o que o garoto tramava.

Harry havia contado da proposta que tinha feito a Louis e tinha contado que era só necessário algum surto de Liam para que Louis aceitasse tudo aquilo. Como o bom amigo que era, Zayn estava disposto a ajudar.

- E você, Louis? – Zayn perguntou, só Harry notando o pouco de sarcasmo na sua voz, e ele se virou para olhar para Louis ao seu lado.

- Oh... e-eu acho que é melhor – Louis começou, corando, e Zayn o interrompeu.

- Qual é, nós não vamos te forçar a beber. – Zayn disse, e Louis mordeu os lábios. – O que? Você não gosta de baladas? – Ele perguntou e Louis negou com a cabeça, levemente tímido.

- O que? Porque?! – Zayn perguntou falsamente indignado.

- Crianças não vão em baladas, não é Tommo? – Liam perguntou, sarcástico, se levantando em seguida quando o sinal bateu. Bingo. Louis abaixou a cabeça, deixando Harry com dó, e Zayn deu de ombros piscando pra o amigo e levantando para sair junto com Niall e Liam.

Harry esperou um pouco, Louis ainda encarava o chão, ele pegou sua mochila, colocando uma alça no ombro direito e se levantando para ir em direção ao prédio. Antes que ele desse o primeiro passo no entanto, Louis o chamou baixinho, fazendo com que Harry olhasse para ele em seguida, enquanto o mesmo levantava.

- Oi? – Harry perguntou, e Louis parou na sua frente, o olhando por alguns segundos e desviando o olhar em seguida.

- Eu.. – Louis pigarreou, gaguejando alguma coisa baixinho em seguida antes de voltar a falar. – E-Eu aceito. – Harry sorriu de lado, já sabendo que aquilo ia acontecer mas decidindo brincar com Louis um pouco.

- Aceita o que, Lou? – Ele perguntou se fazendo de inocente e o garoto mais baixo corou violentamente, olhando pra baixo e começando a gaguejar enquanto Harry ria baixinho. – Fica calmo, eu já sei. – Ele disse e Louis acenou freneticamente, olhando para ele em seguida. – Pode ser hoje? – Harry perguntou simples e Louis arregalou os olhos.

- H-Hoje? ... mas é que eu... eu – Louis começou, visivelmente nervoso e Harry suspirou, o interrompendo.

- Você não vai enrolar isso Louis. – Harry disse, olhando o garoto que corou novamente. – Hoje, na sua casa, eu vou até lá, principalmente porque moro com Zayn e você vai se sentir ainda mais sem confiança. Me espere. – Harry se virou, indo em direção ao seu prédio e Louis ficou por lá respirando fundo enquanto tentava em vão acalmar as batidas nervosas que seu coração estava dando.

 

 

***

 

 

Tommo.

Louis já havia chegado em casa tinha muito tempo, ele já tinha colocado na cabeça que tudo aquilo que Harry tinha falado era uma brincadeira de mal gosto que ele havia caído e que o garoto não ia simplesmente aparecer ali para fazer o que quer que fosse com ele. Já estava perto das quatro e meia da tarde quando a campainha do apartamento soou, fazendo Louis se assustar e terminar de trocar sua roupa mais rapidamente. Ele havia acabado de sair do banho.

Ele abriu a porta estranhando o fato de que o porteiro não ligou, e portanto achando que provavelmente era algum vizinho pedindo algo. Louis se surpreendeu no entanto quando viu Harry parado na porta com uma mochila diferente da mochila da faculdade nas mãos. Ele sorriu quando viu Louis, pedindo licença e entrando no apartamento, deixando sua mochila no sofá.

Louis engoliu em seco, fechando a porta e se virando em direção a sala, observando Harry encostado no sofá, olhando para o apartamento, de costas para Louis. Sua mão começou a soar mais do que o normal e os dentes de Louis automaticamente começaram a destruir seu lábio inferior, demonstrando que ele de fato estava nervoso. Ele pigarreou chamando a atenção de Harry, que se virou, sorrindo em seguida ao ver um Louis nervoso parado um pouco afastado de si.

- Legal seu apartamento – Harry disse simples, ainda sorrindo, e Louis assentiu, molhando os lábios secos antes de responder, quase sem voz.

- Sua casa é incrível também. – Ele disse baixinho e Harry assentiu, sorrindo.

- Obrigado, Zayn escolheu qual deveríamos comprar, acho que ele fez uma boa escolha. – Harry disse e Louis assentiu novamente, voltando a atacar seus lábios. – Não fique tão nervoso. – Harry disse simpaticamente e Louis o encarou, engolindo em seco.

- E-Eu só... eu nunca...- Louis se atrapalhou, olhando para o chão e enrubescendo antes de tomar coragem e olhar para Harry novamente. – Nós não vamos, fazer... aquilo... não é? – Ele perguntou e Harry sorriu com o “aquilo”, negando com a cabeça.

- Não hoje. – Ele disse, sugestivo, sorrindo de lado e rindo um pouco quando Louis engoliu em seco novamente. – Nós vamos começar devagar Louis, eu vou com calma, ok? – Ele disse, se aproximando e Louis assentiu, olhando para ele.

Louis estava encostado na parede, e Harry não tardou a se aproximar, chegando bem perto e deixando Louis entre ele e a parede atrás de si. Louis mordia os lábios e Harry umedeceu os seus antes de se aproximar do ouvido do menor, soltando a respiração ali.

- Você já beijou alguém, Louis? – Harry perguntou, mesmo já sabendo a resposta e Louis assentiu levemente. Harry se afastou um pouco, ficando de frente com Louis, seus narizes quase se tocando.

- Faz muito tempo... – Louis começou, nervoso. – Muito tempo mesmo eu só... eu não... – Harry riu baixinho, e Louis se calou, abrindo a boca um pouco para respirar por ali. Harry acariciou o nariz de Louis com o seu e encostou levemente seus lábios, ainda mantendo o olho aberto. Ele pode ver a respiração de Louis ficando mais pesada e o mesmo fechando seus olhos lentamente enquanto deixava com que Harry se aproximasse. E ele fez.

Harry encostou seus lábios nos de Louis, primeiramente apenas roçando-os levemente, fazendo com que Louis entreabrisse ainda mais seus lábios e então ele aprofundou o pequeno beijo, levando suas mãos até a cintura do menor e o puxando para que todo o seu corpo estivesse colado com o dele. Louis beijava bem, seus lábios macios faziam com que Harry não quisesse parar de beija-lo. As línguas se encontraram e Harry quase sorriu com o pequeno estremecer de Louis.

O beijo durou mais um tempo e quando se afastaram a respiração de ambos estava ofegante e os lábios vermelhos. Louis segurava suas mãos uma na outra com força, provavelmente com vergonha de não saber o que fazer com elas e Harry sorriu.

- Você pode pôr no meu cabelo, ou nuca, Lou. – Harry disse e Louis assentiu meio nervoso, Harry sorriu novamente, voltando a colar seus lábios nos de Louis, o beijando dessa vez mais desejoso e apertando com um pouco de força a cintura do menor. Louis dessa vez levou as mãos até a nuca de Harry, acariciando um pouco ali.

Harry desgrudou seus lábios dos de Louis, passando uma língua entre eles e descendo até o pescoço de Louis em seguida, ele começou a deixar beijos leves ali, sugando em seguida apenas para deixar algumas pequenas marcas e em seguida mordendo e lambendo a pele sugada. Louis estremecia cada vez mais e Harry podia sentir sua pele arrepiada, ele soltava alguns sons pela garganta, gemidos baixos que já mexiam com a sanidade do cacheado.

Harry sugou em um ponto perto da clavícula e do ombro de Louis fazendo com que ele soltasse um gemido mais alto, ele sorriu, deixando um beijo ali antes de voltar a atacar os lábios do menor. Harry posicionou seu joelho levemente entre as pernas de Louis, percebendo que o mesmo já se encontrava duro, ele sorriu novamente, separando o beijo.

- Obviamente você nunca se tocou, não é? – Harry perguntou e sorriu de lado quando Louis negou tímido com a cabeça. – Tudo bem, eu vou fazer isso por você hoje, e bom, você vai fazer por mim também. – Harry disse simples e Louis corou furiosamente, gaguejando um pouco ao tentar falar.

- E-Eu não sei, eu n-nunca... –Louis tentou, respirando fundo em seguida e encarando a imensidão dos olhos verdes a sua frente. Ele suspirou. – Tudo bem, desde que você me ensine. – Ele disse baixinho e Harry assentiu, sorrindo satisfeito com a resposta.

- Vem cá. – Harry disse, puxando Louis com calma até o sofá e se sentando ali, ajudando o menor a se sentar em seu colo, passando uma perna de cada lado. Louis corou um pouco com a posição, fazendo Harry rir baixo. O menor era adorável, no final das contas.

Eles se beijaram um pouco, Louis dessa vez puxando levemente os cachos de Harry e gemendo baixo quando o mesmo levou as mãos até sua bunda, apertando ali. Harry retirou as mãos dali, levando até a parte da frente e interrompendo o beijo para retirar a blusa de Louis, observando a cintura fina do mesmo e sorrindo de leve, passando suas mãos por ali. Ele desceu a mão até o cós da calça de Louis, abrindo e enfiando sua mão ali, apertando o membro de Louis por cima da boxer. Louis soltou um gemido mais alto e necessitado que fez com que todos os pelos do corpo de Styles se arrepiassem.

Ele pediu para que Louis se levantasse e o ajudou a tirar as calças levantando, levantando em seguida e fazendo o mesmo, deixando ambos só de boxer. Eles voltaram a posição anterior e Harry apertou novamente o membro de Louis, começando a acaricia-lo por cima do pano, levando Louis a gemer alto e fino, apertando suas mãos no ombro do maior.

Styles finalmente retirou o membro de Louis pra fora da boxer, acariciando ali sem tecido nenhum impedindo, fazendo com que a voz de Louis falhasse em meio a um gemido, e Harry estremeceu. Ele estava maravilhado com os sons que saiam da boca do menor e então se afastou um pouquinho para ver as expressões que o mesmo fazia. Harry retirou a mão da cintura de Louis acariciando e puxando de leve suas bolas enquanto com a outra mão passava o dedo tranquilamente pela glande do mesmo, pressionando ali as vezes. Louis jogou sua cabeça para trás, apertando os ombros de Harry com força e fechando os olhos.

- O-Oh Deus! – Ele gemeu e Harry o masturbou com mais força e rapidez. – Harry... Harry! O-Oh! – Louis disse, visivelmente desesperado e revirando os olhos, seu abdômen se contraindo enquanto jatos de gozo acertavam o peito de ambos. Harry sorriu, continuando a masturbar devagar após Louis ter gozado e o mesmo choramingou e estremeceu, visivelmente sensível, Harry se aproximou e mordeu o lábio do menor, largando seu membro.

- Gostou? – Ele perguntou, deixando beijos leves no lábio de Louis e o mesmo assentiu timidamente. – Pronto para fazer em mim? – Louis o encarando, engolindo em seco mas assentindo em seguida, mordendo os lábios. Harry sorriu calma, tirando seu membro duro para fora e segurando a mão de Louis, a levando até lá. – Não precisa ter vergonha, é só fazer o que eu fiz agora pouco, ok? – Harry disse, e Louis começou a movimentar sua mão pra cima e para baixo no membro de Styles, fazendo com que um gemido baixinho e rouco rasgasse a garganta do mesmo, encorajando Louis.

Ele começou devagar, sem muita confiança mas logo seguida deixando a timidez de lado ao começar a ouvir os gemidos de satisfação, que deixava beijos por todo seu pescoço. Louis teve que masturbar Harry por mais tempo, pois ele não seria tão sensível quando Louis, afinal não era seu primeiro orgasmo.

- U-Uh Louis, assim! Eu vou- Eu vou vir... – Harry disse, gemendo rouco e começando a gozar na mão de Louis e em seus abdomens. Eles ficaram abraçados um pouquinho, controlando a respiração e então Louis saiu do colo de Harry, parecendo voltar a realidade. Styles sorriu, pegando a blusa de Louis para limpar ambos e se levantando começando a se vestir. Louis fez o mesmo, ficando sem blusa no entanto.

- Uh, você vai... – Louis começou, colocando a mão nos bolsos sem saber muito bem o que fazer.

- Sim eu vou embora, nos vemos amanhã na uni? – Harry perguntou e Louis assentiu. Louis levou ele até a porta e o mesmo se virou antes de sair, atacando os lábios do menor e o beijando novamente até as respirações voltarem a se alterar. – Você foi ótimo hoje. Muito bom. – Ele disse e Louis corou, mordendo o lábio inferior. – Vamos marcar a próxima vez, ok? – Harry disse e Louis assentiu enquanto retribuía os pequenos selinhos dados por Harry. O mesmo saiu do apartamento, entrando no elevador e Louis fechou a porta, fechando os olhos e encostando a cabeça ali. Ele tinha mesmo feito isso?

 

 

 

 

 


Notas Finais


Não se esqueçam de favoritar e comentar o que acharam♥

(Todos os créditos reservados a @larrystuffs - wattpad)!
Até a próxima :)x


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...