História Teach Me (AU! Larry Stylinson) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction, Zayn Malik
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Harry Styles, Larry, Larry Stylinson, Louis Tomlinson
Exibições 189
Palavras 2.704
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - 3rd class.


- Louis isso é sério, eu exijo saber onde você estava ontem e principalmente com quem. – Niall disse pela milésima vez, levando Louis a revirar os olhos novamente, encarando Harry que sorria de lado. – Lou, eu te liguei umas mil vezes e você simplesmente não atendeu nenhuma!

- Eu não vi, já disse, eu estava no meu apartamento. – Louis disse, suspirando em seguida quando Harry mordeu discretamente o lábio inferior. – E-Eu estava ocupado... assistindo um filme. – Louis disse e Zayn riu baixinho.

- Ah Niall, não se preocupe, Harry faz isso comigo direto sabe, ele também sumiu ontem eu não conseguia encontrar. – Zayn disse e Louis ficou tão vermelho quanto um tomate, encarando o mestiço com olhos que imploravam pra que por favor ele não falasse nada, e Zayn sorriu, tranquilizando Louis discretamente.

Eles estavam em uma hambúrgueria, o que Louis admirou levando em conta que imaginava os quatro garotos indo para uma balada no feriado, e não ali. Liam estava extremamente feliz, algo tinha dado certo em seu encontro no parque com o Zayn e ninguém conseguia tirar o ar de tranquilidade e felicidade do moreno. Os dois estavam sentados lado a lado e Louis podia jurar que suas mãos estavam entrelaçadas por debaixo da mesa, fazendo com que ele sorrisse

Era feriado e por isso eles decidiram sair, deixando que, bom... Louis escolhesse o lugar, o que foi de fato surpreendentemente bom para o menor. Ninguém reclamou da escolha, o que chocou Louis mas o deixou muito feliz. E agora eles estavam lá, era até legal o local e Louis já havia dito a Liam que queria ir ali. Tinha bastante gente, uma música de fundo e, quase que clichê, funcionárias atendendo os clientes com patins. Eles já haviam feito seus pedidos e estavam esperando chegar enquanto conversavam.

- Eu vou ao banheiro. – Louis disse e os meninos murmuraram algo em acordo ou só assentiram. Ele se levantou indo em direção ao banheiro e trombando com alguém no caminho, pedindo por favor, enquanto se recompunha, pra que não tivesse atrapalhado nenhuma pobre garçonete. Foi bem sucedido no entanto, Louis reconheceu o par de olhos que o encaravam, sorrindo para seu colega de turma, Stan.

- Oi Louis! Que bom te ver aqui! – O mesmo falou, animadamente abraçando rapidamente o menor que riu baixinho, tímido. – Está com...? – Ele perguntou e Louis apontou para a mesa indicando os amigos, todos olhando para a cena, deixando Louis um pouco corado. Harry mantinha uma das sobrancelhas arqueadas, encarando Stan com uma expressão diferente.

- Meus amigos. – Louis respondeu assim que Stan virou, sorrindo. Era difícil pra Louis continuar uma conversa no entanto, o mais baixo, que mesmo sendo bobo já tinha notado um interesse do seu colega de turma por ele, tinha vergonha de continuar a conversa ou fazer algum tipo de pergunta, ele não...gostava de Stan... daquela forma.

- Uh certo, não sabia que gostava de sair assim para esses lugares... Podíamos combinar de vir um dia juntos, certo? Seus amigos com os meus, enfim, seria legal. – Stan disse e Louis mordeu o lábio inferior, concordando.

- Sim, é... seria legal. – Louis disse, repetindo o que o outro havia falado e se preparando para dar tchau. – É...

- Escreve seu número aqui então, - Stan disse, entregando seu celular para Louis que assentiu engolindo em seco, ele digitou timidamente o número, entregando o celular de volta para o garoto e olhando para a mesa rapidamente onde Niall e Harry ainda o encaravam, Liam e Zayn perdidos na própria bolha e agora Louis conseguia ver Zayn acariciando sua mão por baixo da mesa. Ele sorriu, dando um tchau breve para Stan e indo em direção ao banheiro em seguida. Louis usou o banheiro, lavando as mãos em seguida e voltando rapidamente para a mesa, se sentando ao lado de Harry novamente, que parecia mudo demais.

- É ele? – Niall perguntou, e Harry se virou para Louis encarando, Zayn resolveu tirar a atenção de Liam do assunto, descomplicando para Louis, ao dar um beijo na bochecha do outro, fazendo com que ele sorrisse, se virando para o mestiço.

- Não Niall, não seja bobo. – Louis disse, pigarreando desconfortavelmente em seguida, agradecendo mentalmente pela garçonete ter aparecido antes que Niall pudesse fazer outra de suas perguntas.

Ela serviu todos os garotos, desejando um bom apetite e então todos começaram a comer, conversando sobre outros assuntos e rindo e Harry voltou ao normal, levemente menos animado, mais ainda sim participando do assunto. Louis encostou seu ombro com o do cacheado, fazendo com que ele o olhasse enquanto os outros meninos riam de alguma coisa e Louis o encarou claramente perguntando com o olhar o que havia de errado, Harry pareceu pensar um pouco, logo sorrindo de leve em seguida, e negando com a cabeça e deixando um beijo na testa de Louis discretamente e o mais novo corou, sorrindo.

Eles voltaram a conversar e então Louis reparou o olhar de Liam para ele, deixando bem claro que ele havia visto o pequeno beijo, e que provavelmente ele teria que explicar para ele o porquê de toda essa intimidade entre os dois. Louis suspirou, dando de ombros e voltando a comer seu lanche.

 

 

***

 

 

Seria mentira se Louis dissesse que ficou surpreso quando recebeu uma mensagem de Stan logo quando saiu do local, Harry olhou para o celular do mesmo, provavelmente lendo a mensagem contida ali, mas disfarçando e fingindo que não havia visto nada. Louis não conseguiria ignorar, ele era bom demais pra isso.

E então eles mantiveram uma conversa, era domingo e eles ainda não tinham parado de se falar e, bom, Stan era bem legal. Liam e Zayn passaram o resto do feriado prolongado e o sábado inteiro fazendo coisas juntos, Niall passou em festas e com outros amigos, que seriam muitos, já que o Loiro é bem sociável, e bom, Harry havia sumido. Louis não queria mandar uma mensagem pro cacheado, e ele estava se contendo para não fazer isso.

Ocupado?” O celular de Louis vibrou anunciando uma mensagem e o coração do menor deu uma falhada ao ver o nome de Harry ali.

Não, estou aqui no apartamento como sempre :-) TÉDIO” Louis respondeu simpático e a mensagem não demorou muito para ser respondida.

Abre aqui pra mim, Lou.” Harry respondeu e Louis arqueou as sobrancelhas, olhando para a porta do apartamento e mordendo o lábio inferior em dúvida. Ele resolveu então ir até lá, se ajeitando rapidamente e abrindo a porta com cuidado, vendo Harry parado ali o olhando intensamente.

- Estava em dúvida se realmente você estava ai. – Louis disse, rindo baixinho e Harry sorriu de leve. O menor o deixou entrar, e ambos foram até a sala, sentando no sofá. – O que foi? – Louis perguntou e Harry negou com a cabeça, dando de ombros.

 - Estava passando por aqui, eu resolvi vim ver você. – Ele disse, simples e Louis sorriu assentindo. Eles se encararam por um tempo e então antes que percebessem já estavam inclinados para um beijo. Louis sentiu como se precisasse disso, como se nesses dias algo estivesse faltando e era isso, ele suspirou contente após Harry desgrudar os lábios dos seus, ambos sorrindo calmos e Louis corando como sempre. – Como... uh... Você, está falando com o cara da sua sala? – Harry perguntou e Louis assentiu, sem entender o porquê da pergunta. – Eu... – Harry suspirou e Louis arqueou a sobrancelha o incentivando a falar. – Você sabe que ele vai te chamar pra sair não sabe?

- Uh... sim, uma hora talvez mas até agora o Sta... – Louis foi Interrompido.

- Eu acho que você deveria aceitar. – Harry afirmou, sem encarar Louis nos olhos. O tom de voz exalando frieza.

- O-Oque? – Louis perguntou, confuso, o coração já começando a dar uns pequenos saltos enquanto o mais alto parecia indiferente.

- Você sabe, eu estou te ensinando coisas para que você... Saia com outras pessoas e não seja tão inocente Louis, em momento algum eu disse que era mais que isso. – Harry disse, grosso e Louis entreabriu os lábios, um pouco magoado.

- Em momento algum eu pensei que era mais que isso, Styles. – O garoto disse, se afastando um pouco de Harry.

- Olha Louis não se magoe... – Harry foi interrompido.

- Não estou. – Louis disse, o tom de voz firme que Harry provavelmente nunca tinha ouvido vindo do menor antes. – Você está me ensinando coisas que eu deveria saber, as quais você tem seus anos de experiência. – Louis disse, com sua mania de falar tudo extremamente certo quando tentava soar rude. – E não é nada mais que isso. Então, nós poderíamos simplesmente evitar essa conversa ridícula, porque se você está aqui então claramente só veio me dar alguma aula, não foi? – Harry arqueou a sobrancelhas, surpreso, um tempo depois recompondo sua expressão e assentindo.

Louis não disse mais nada, apenas se inclinando para colar seus lábios com o do cacheado em um beijo um tanto esfomeado que fez com que Harry se lançasse em cima do mesmo, deitando sobre ele no sofá. Eles continuaram se beijando nessa posição até que Harry investiu seu quadril com o de Louis fazendo o menor separar os lábios para soltar um gemido baixo. Harry sugou o pescoço de Louis, que o afastou antes que aquilo pudesse se tornar uma marca, fazendo o cacheado ficar confuso.

Louis deu um selinho em Harry novamente, se desvencilhando e empurrando Harry até que o mesmo estivesse sentado novamente. Ele ajoelhou ao chão e Harry passou a língua pelos lábios, mordendo-os com força ao perceber o que Louis iria fazer. Ele arrancou a camiseta, abrindo o botão da calça e Louis o ajudou a abaixar até a canela, fazendo o mesmo com a boxer e deixando a ereção livre.

- Você, uh. – Louis começou a falar, a voz soando já sem qualquer confiança novamente e Harry sorriu de leve olhando para o menor. Louis respirou fundo, olhando pra cima e encontrando os olhos do cacheado, voltando a falar. – É só colocar na boca? – Ele perguntou e Harry se concentrou em não gemer com a pergunta.

- Vá com calma no início, se acostume primeiro. Lembra de como fiz com você? – Ele perguntou e Louis assentiu, corando um pouco. – Faça aquilo então.

O menor assentiu, passando a língua pelos lábios e segurando o membro de Harry nas pequenas mãos, começando a masturbá-lo levemente. Ele se aproximou, encostando os lábios na ponta de membro de Styles que soltou um suspiro, Louis lambeu ali, se acostumando com a ideia antes de descer um pouco a boca, colocando a glande inteira entre os lábios, dando uma sugada e ouvindo um gemido de Harry.

Harry levou as mãos até seu cabelo e Louis deixou que ele o empurrasse um pouco, colocando mais do membro na boca, ele chegou até a metade, logo em seguida subindo novamente tirando o mesmo da boca. Louis voltou a fazer isso, lembrando de como Harry tinha usado sua língua pra acariciá-lo e fez o mesmo, fazendo Harry gemer um pouco mais alto.

Em um certo ponto Harry forçou a cabeça do menor um pouco demais, levando-o a engasgar e retirar o membro da boca. O cacheado soltou um resmungo no entanto que foi o suficiente para irritar Louis novamente que voltou a abocanhar o membro inteiro, levando a glande do mais velho até a sua garganta e fazendo com que Harry arregalasse de leve os olhos.

Ele continuou fazendo isso, indo e subindo e deixando que Harry o guiasse do jeito que bem entendesse, surpreendendo o cacheado por ser tão bom no que fazia, logo em uma primeira vez. Harry inclinou a cabeça de Louis fazendo com que ele olhasse para cima, encarando o maior. Ele tinha os olhos azuis lacrimejando e Harry simplesmente não conteve o gemido alto que rasgou sua garganta ao ver Louis com a boca cheia com seu membro.

- Louis! Ah! – Harry arqueou um pouco as costas, apertando de leve o cabelo de Louis e fechando os olhos com força. Ele sugou Harry por mais um tempo e logo ele chegou ao seu limite, gozando na boca do mais novo que engoliu tudo um pouco surpreso. - Me desculpe eu tentei avisar.

- Tudo bem. – Louis disse, surpreso com o quanto sua voz estava rouca e Harry sorriu de lado, rindo sacana

- Vem cá. – Harry disse e Louis se levantou, sentando nas coxas do cacheado que não perdeu tempo arrancar a camiseta do mais novo e colocá-lo deitado no sofá novamente, assustando-o com o movimento rápido. Harry sugou de leve o pescoço do menor, variando entre beijos e mordidas fracas e chegando até o mamilo direito, colocando sua boca ali, sugando e mordiscando enquanto Louis arqueava as costas, choramingando baixinho fazendo com que Harry se arrepiasse. Ele passou os lábios para o outro mamilo, acariciando o outro, que já estava dolorido, com os dedos, fazendo Louis soltar um gemido manhoso, tentando escapar das suas mãos.

 Harry voltou a beijar o mais novo, ainda acariciando os dois mamilos fazendo com que Louis gemesse e estremecesse durante o beijo. Ele desceu suas mãos, retirando a calça do menor e ficando entre elas, comemorando mentalmente pelo sofá de Louis ser tão grande. Ele deu umas leves sugadas e distribuiu beijos na barriga do menor, deixando um chupão no osso de seu quadril, fazendo com que Louis suspirasse. Louis arregalou os olhos no entanto quando ao invés de chupar seu membro, Harry desceu a boca em uma área um pouco mais baixa.

Louis não controlou o gemido alto quando a língua de Harry tocou sua entrada, acariciando ali com a mesma. Harry dobrou as pernas de Louis, o deixando mais exposto e o puxou mais para baixo deixando-o mais perto. Ele lambeu suavemente ali, contente com os gemidos que saiam do garoto sem que ele conseguisse controlar.

Harry penetrou a língua em Louis, levando o mais novo a se remexer ali, soltando um gemido agudo e extremamente alto enquanto se arqueava. Ele começou a investir a língua na entrada sensível de Louis sentindo o menor se contorcer e se arrepiar em suas mãos.

- Harry! Harry! Eu.... – Louis praticamente berrou, parecendo alucinado com a sensação e arqueando as costas, levando suas mãos até os cachos de Harry, segurando com força ali. Harry diminuiu a velocidade com que estocava a língua, fazendo com que Louis gemesse manhoso, choramingando. – Harry... – sua voz fraca soou, arrepiando o cacheado. – Por favor... Por favor, só... Oh! – Louis arqueou ainda mais as costas quando Harry aumentou a velocidade novamente, e então o menor gozou com um gemido alto e aliviado, espalhando-se por todo o abdômen, sua entrada se apertando tanto que Harry retirou sua língua dali, voltando a dar beijos por todo o rosto de Louis enquanto ele aproveitava seu orgasmo.

Harry se arrumou logo em seguida, observando a visão de Louis ainda tentando controlar sua respiração e deitado no sofá, passando a mão pelo rosto. Ele se levantou atraindo a atenção de Louis que se recompôs, levantando rapidamente e limpando seu abdômen com a camiseta, colocando a boxer e a calça de moletom novamente, indo em direção a porta.

Ele abriu e Harry passou olhando para baixo, saindo do apartamento e indo em direção ao elevador sem dizer nada para o menor que respirou fundo, fechando a porta. Louis fungou baixinho, algumas lágrimas escapando pelo canto dos seus olhos, as quais ele secou rapidamente, indo em direção ao banheiro e retirando suas roupas para tomar um banho.

 

 

***

 

 

Louis saiu do banho alguns minutos mais tarde, pegando o celular e se jogando na cama, se enfiando em meio aos edredons fofinhos e macios. Ele suspirou, desbloqueando ali e respondendo a Niall e Liam que eles poderiam sim passar para pega-lo amanhã de manhã.

Ele ficou olhando alguns blogs de fotógrafos, admirando as fotografias de paisagem e tudo aquilo quando seu celular notificou uma mensagem.

 “Ei Lou, eu sei que ainda nem é segunda... enfim. O que acha de sairmos nós dois no sábado?” Louis leu a mensagem de Stan, suspirando em seguida e se deitando de barriga pra cima olhando para o teto. Ele ficou alguns minutos assim, pensando em várias coisas antes de pegar o celular e responder.

"Eu adoraria"

 

 

 

 

 


Notas Finais


Espero que gostem.
Favoritem a fanfic e comentem o que acharam desse capítulo♥


Todos os direitos reservados a @larrystuffs (wattpad).
Até a próxima! :)x


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...