História Teach Me || Sterek - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Brett Talbot, Cora Hale, Decaulion, Derek Hale, Hayden Romero, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Jennifer Blake, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Melissa McCall, Peter Hale, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stiles Stilinski, Theo Raeken
Tags Sterek, Steter
Exibições 641
Palavras 1.275
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - •°• My Students •°•


Fanfic / Fanfiction Teach Me || Sterek - Capítulo 5 - •°• My Students •°•

— Não seja convencido. — Stiles riu enquanto checava as mensagens em seu celular.

— Até amanhã, professor Stilinski. — ele viu um sorriso de lado extra sexy nos lábios do garoto antes de o mesmo sair e revirou os olhos em êxtase.

— Ai, Scott, em que você foi me meter?!

Sem pensar em outra coisa, ele arrumou suas coisas e saiu da sala, tinha que dar aula só em algumas horas, então não tinha problema nenhum em sair um pouco daquela enorme sala. Deixando as suas coisas — exceto o celular — ele saiu da sala e trancou a porta, andando pelos grandes corredores com o chão bege porcelanado. Estava com calor, se esquecera de quanto era calor naquele lugar, e além do blusão, estava vestindo uma blusa de manga por baixo, e fez questão de se livrar das roupas do torso quentes. Enquanto andava, era possível ouvir as vozes vindas do campo, era sua turma recheada de garotos incrivelmente lindos que ele não lembrava o nome agora. E quando desceu as escadas para fora da Universidade, viu os alunos jogando lacrosse. Todos estavam vestindo ou suas bermudas ou calças de moletom, sem nada na parte de cima, aquilo fez Stiles se abanar com a blusa que estava em suas mãos. Ele olhou para um baixinho de cabelos cor de mel e olhos azuis que tinha uma expressão debochada enquanto olhava para outro garoto, e fitou as arquibancadas, vendo o dono dos olhos verdes ajeitando-se na calça de moletom cinza e tirando a camisa.

Puta que pariu, sai daqui, Stiles...

Ele começou a andar em direção ao jipe mais rápido, mas algo o impediu.

Olhar não faz mal, não é? Não, não e NÃO. Vai garoto.

Ele conseguiu vencer sua mente e começou a andar em direção ao carro, mas não reparara, que o olhos verdes também o encaravam famintos. E enquanto Derek descia as arquibancadas, olhava cada traço do corpo de Stiles atentamente, analisando cada parte do mesmo, ele era tão bonito de costas quanto de frente.

— Ele é bonito, não é? — ele ouviu a voz de Brett e o encarou emburrado. — Você não é o único que o achou uma graça, caramba!

— Ele é só um professorzinho... — disse, passando as mãos pelos cabelos.

— Que encarou você por três minutos sem parar. — tirou sarro — Olha, eu sei bem onde isso vai dar.

— Está bem, e quem chamou você aqui? — o ser desagradável voltou. — Vamos jogar.

— Outra turma veio jogar conosco, isso nos deixa com os jogadores certos. — Brett jogou o crosse para Derek, que agarrou o bastão e o encarou.

— Ótimo.

O jogo começou, e as conversas altas e "vaias" era audíveis de onde Stiles estava. Os alunos que beiravam seu vinte e cinco, vinte e seis anos, não estavam usando nenhuma proteção, era literalmente "corpo a corpo", e quando o professor Stilinski olhou para a cena — que era a visão do paraíso — sentiu um frio na barriga engraçado. E ao invés de entrar no carro, ele apoiou as mãos no mesmo o os observou em silêncio, talvez eles não o vissem se ficasse bem quieto. Tinha pessoas ali que ele não conhecia, mas que eram bem apresentáveis. Por um momento ele se sentiu mal por não ter apostado em seu corpo, mas talvez não ficasse bonito com um corpo daqueles, até gostava um pouco de seu corpo mediano. Era o suficiente.

Depois de alguns minutos, ele viu o time em que Derek jogava começar marcar pontos, e ria toda vez que mesmo comemorava com uma careta, fazendo de tudo para não sorrir. Mas infelizmente, a sua hora de dar aula estava chegando, então ele abriu a porta do carro e jogou o blusão no banco, mas não resistiu a uma última olhada. E na hora em que fitou o campo, viu as esmeraldas lhe encarando. Ruborizou. E não conseguiu sequer disfarçar. Abaixou a cabeça na hora e nem reparou que o garoto quase soltara um sorriso para ele, pois já estava na direção na entrada do edifício. E no caminho, escutou mais uma comemoração do time, e sem querer olhou, dando de cara com um aluno de pele clara, olhos claros como os de Derek e cabelos encaracolados cor de mel. Ele o encarou e sorriu com uma piscadela, colocando o crosse em seus ombros.

— Stiles, você aguenta, são só garotos... Lindos... Mas continuam sendo garotos, você resiste.

Então controlando seu olhar, ele andou até a sala.

°°°

10:00 PM

Stiles ainda estava na Universidade, não havia mais nenhum professor naquele lugar, isso se ainda havia alguém. Ele conseguira simpatizar com aquele silêncio entre e depois das aulas em seu primeiro dia, Stiles era pessoa fácil de ser conquistada, claro que havia as exceções de rivalidade a primeira vista, mas nunca isso afetou  seu jeitinho único de ser. Ele se levantou e andou até a janela, tendo total visão da Beacon Hills School. Suspirou lembrando de certas coisas.

Flashback on

O dia estava chuvoso, mas Stiles aguentava ficar de baixo daquela chuva por Peter. Por mais que negasse, estava realmente apaixonado por ele, e algo lhe dizia que ele era a pessoa certa. E naquelas trovoadas e rajadas de vento, viu o corpo definido e musculoso de Peter, ele vestia uma blusa branca que agora estava totalmente transparente, e uma calça preta. Seu topete estava bagunçado e sua barba crescida, ele sorriu de longe, e Stiles estremeceu.

— Você está atrasado! — ele riu e correu até a homem, que o abraçou aos risos.

— Não foi intencional! — Peter o beijou. — Bem, meu carro quebrou, você não se importaria de andar um pouco nesse dia ensolarado, não é?

— Nossa, sinto muito — fez careta — Claro que não.

— Então vamos.

Peter agarrou sua cintura e os dois começaram a andar para longe da escola, enquanto conversavam sobre seu namoro, ou seja lá o que aquilo fosse. Stiles beirava seus dezenove e Peter seus vinte e seis, mas eles não ligavam para a diferença, por mais que não fosse isso o que incomodava tanto os parentes e amigos de Stiles.

Flashback off

O menino desviou o olhar para a sua bolsa e andou até a mesma, pegando-a a saindo da Universidade o mais rápido possível. Ele não sabia como a cidade estava após tantos anos, e não queria saber também. Ele pegou seu celular e viu as chamadas perdidas de seu pai e Scott, esquecera completamente dele. Mas não foi por mal, então retornou, e não recebeu resposta. Depois de tentar pela terceira vez, ele desistiu e entrou no carro, ligando o mesmo e dirigindo até em casa.

Quando já estava dentro do lugar quente e aconchegante, ele caminhou enquanto tirava a blusa e os sapatos, colocando os mesmo em um cantinho, seu corpo pedia por um banho quente, por um sono tranquilo, mas antes e qualquer coisa, implorava por um bom prato de comida. O menino andou até a cozinha e deu de cara com seu pai com uma garrafa com alguma bebida forte, Stiles sabia disso pois o cheiro chegava onde ele estava.

— Sério? — ele disse e pegou a garrafa, guardando-a no armário.

— Eu...

— O senhor vai tomar um banho e dormir um pouco. — tentou ser autoritário e sensível ao mesmo tempo. — Por favor...

John apenas concordou e se levantou, e Stiles observou seu velho subir as escadas em silêncio e suspirou.

— Deus... — disse enquanto pegava a garrafa do armário e dava uma golada, fazendo uma careta em seguida. — ECA!


Notas Finais


Sim, gente, to narrando o Peter como o Ian na vida real, de cabelo bonito e barba bonitinha!
Muito thank you
Favoritem
Comentem
Isso ajuda pra caramba
E me incentiva
Amo vocês
Até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...