História Tear In My Heart (Imagine BTS) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Festa, Hentai, Hoseok, Jimin, Jungkook, Namjoon, Obsessão, Romance, Seokjin, Stalker, Suga, Sungoh, Taehyung
Exibições 39
Palavras 2.098
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Harem, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Obrigado a todos os leitores <3

Boa leitura.

Capítulo 10 - "Velhos Tempos - Parte 1"



 6 dias depois

Hoje era finalmente minha folga e eu poderia descansar, ou quase isso, já que a Moon resolveu ir comprar novas roupas, tanto para mim, quanto para ela, pois a mesma dissera que estava precisando se renovar, e que eu era a escolhida da vez.

"SooHyun sempre vai comigo, só dessa vez Mimi" - foi isso praticamente a semana toda, até aceitar ir com ela, ao maldito shopping.

Como os garotos haviam dito, eles estavam muito ocupados para sair ou até mesmo entrar nas redes sociais. Yoongi diferente do que eu achava, não havia sumido. Todos os dias ele me mandava uma mensagem nem que fosse um simples "Fica bem".                        

 Levanto preguiçosamente do sofá deliciosamente macio e fofinho.

- Sungoh? - grito chamando sua atenção. Fazia duas horas que ele estava trancado tocando violão e criando uma música. - Bastardo! - grito mais alto e escuto a porta bater com força.

- Caralho, o que é? - era notável que ele estava mais estressado do que o normal e ele estava urgentemente precisando pintar aquele cabelo. - Fala porra - grita coçando as têmporas.

- Me deixa no shopping? - dou um sorriso amarelo e coço a nuca. - Por favor - faço biquinho.

- Pede para os seus amigos. Você tem sete playboy's na sua cola - volta para o quarto carrancudo. - Não enche meu saco - bate a porta e juro que escutei ele trancando a mesma.                        

 Provavelmente Yoora e Lee não quiseram vê-lo. Ok... Se não teria Sungoh para me levar, só me resta ir de ônibus ou metrô.

- Ônibus! Odeio metrô.

Pego meu celular que estava jogado no sofá e checo o horário que Moon estaria no shopping. Eu continuei recebendo mensagens com indiretas, mas agora eu as respondia. 

Na quarta-feira Tyler foi até a Universidade para conversar.Perguntei sobre as fotos e como sempre ele disse que talvez fosse ele. Ele disse também, que só me deixaria em paz, se eu tentasse aceitar ele novamente, e o que a idiota aqui fez? Aceitou. Era melhor fingir estar na dele, e ele parar de me perseguir. 

Depois que eu aceitei, ele não fica o tempo todo me perseguindo. Eu desconfio que não seja ele enviando as fotos, pois, depois do dia em que peguei o envelope com o número, eu o salvei e Tyler me passara outro númer. Passo a mão por meu cabelo, desembaraçando-o e ajeito minha calça.

Já que iria de ônibus deveria sair agora, para não deixar Moon esperando. Coloco minha carteira no bolso do meu moletom e saio do apartamento.

Já dentro do elevador, recebo uma mensagem do meu admirador.

"Hirai, já conversamos demais... Deveríamos nos encontrar". - Admirador.

Penso comigo mesma que poderia ser interessante...

"Ainda não... Você sabe muito de mim, mas sei pouco de você" - H.Naomi

Eu estava começando a gostar dos joguinhos. Quando se tem a vida monótona demais, isso é uma grande aventura.

"Hm... Você está... Diferente" - Admirador.

Ignoro a última mensagem colocando meu celular no bolso e saindo do elevador. 

Dou boa tarde ao síndico e a duas garotas que passam ao meu lado. Caminho calmamente até o ponto de ônibus que é quase em frente ao prédio.

Meu celular apita novamente e tiro-o do bolso vendo mais uma mensagem.

"Está bonita, vou te acompanhar... Por segurança". - Admirador.

Franzo o cenho olhando ainda a mensagem, então ele está me observando... Rolo os olhos pela rua e assusto-me ao ver Jin encostado no carro próximo ao ponto e com celular em mãos.

- Quê?  - assim que ele me vê, acena com um sorriso largo no rosto e guarda o celular.

- Mimi! Estava tentando te ligar - se aproxima ainda sorrindo.                     

 - Jin - dou um sorriso amarelo. 

- Seu celular estava ocupado. - me envolve em seus braços em um abraço caloroso. - Vai sair?

- Vou sair com uma amiga - beijo sua bochecha assim que nos afastamos.

- Posso te levar... Se quiser - coça a nuca com um sorriso tímido.

- Ah... Claro. Se você quiser ficar conosco... Já que não veio ontem - ele segura em minha mão levando-me para seu carro.

- Seria ótimo... Só vim deixar Hoseok na casa de um amigo - aponta para um edifício ao lado do meu.

- Ele... Ainda está namorando? - sento no banco de passageiro e espero que Jin dê a partida.                        

 - Sim... Eu acho - Jin franze o cenho e ri em seguida - Ele está estranho... - comenta ligando o rádio.

- Estava com saudades. - comento sorrindo. 

- Eu também... Devia morar conosco, Jungkook está me deixando louco - lembro-me que falei pouquíssimo com  Jungkook essa semana. O que me deixa muito triste, acabei me apegando muito ao meu maknae.                        

 - Morar não posso! Mas prometo ficar um fim de semana inteiro, quando não estiverem ocupados. - pego meu celular na bolsa e o desbloqueio, precisava avisar Moon que Jin estava indo.

"Teremos companhia" - Naomi.

- Semana que vem? - percebo um sorriso se formar em seu rosto, um muito fofo por acaso.

- Pode ser, espero que Sr.Wang concorde. - resolvo mandar uma mensagem para Yoora, aliás, talvez o mau humor de Sungoh fosse sua culpa.

"Yoo! Aconteceu algo entre você e Sungoh?- Naomi.

Espero ansiosa por sua resposta, aliás precisava saber o que estava rolando.                        

 - Como anda a faculdade? - Jin pergunta encarando-me.

- An... Tudo ótimo. - faço bico e mexo as mãos de forma nervosa, pensando no quão mentirosa eu estava sendo. Eu estava péssima, não escolhi nem a música que dançaria.

- Omo! Tão fofa - aperta minha bochecha, deixando-me envergonhada.                        

 - Aigo! - bato em sua mão rindo.

(...)

A viagem demorou 25 minutos, graças a todos os sinais vermelhos.
Estávamos a procura de Moon, já no shopping, o que seria fácil. Moon tem o cabelo um pouco abaixo do ombro e platinado, além de ser alta, suas roupas serem muito "estilosas"e ser Alemã.

Rolo os olhos pelo local, onde marcamos de nos encontrar. Não foi difícil achá-la: um ser pálido com o cabelo chamativo. Puxo Jin pelo pulso e saímos praticamente correndo.

 - Moon! - chamo sua atenção quando estamos mais próximos.                        

 - Finalmente - ela ri e olha Jin de cima a baixo. - SeokJin? - arqueia uma sobrancelha 

- Annyeonghaseyo Moon! - eu estava perdida ali, como eles se conheciam? 

- Como vocês se conhecem? - interrompo o que Moon iria falar.

- Moon vai à uma lanchonete bem frequentada por mim. - Jin fala sorrindo. - Acabamos trocando números, e faz tempo que não nos vemos - coça a nuca.                        

- Eu comecei a trabalhar, então não tenho muito tempo - Moon fala dando de ombros. - Podemos começar as compras? - aponta para uma loja de roupas íntimas. Eu sabia que ela iria aprontar, ou não seria Moon.

- N-não podemos começar com roupas normais? - sinto minhas bochechas esquentarem. Céus... eu odiava comprar roupas íntimas, ainda mais na frente de SeokJin.

- Eu... Vou ver uns casacos. Taehyung não tem muitos, na verdade, ele os perdeu. - Jin fala rindo e aperta minha bochecha - Encontro vocês na praça de alimentação - acena e começa andar rumo a uma loja de roupas masculinas. Que inveja.                        

 - Moon - choramingo, o que a faz agarrar meu pulso e puxar diretamente aquela loja - Não, por favor... - acabo levando um beliscão no braço, que por acaso, doeu muito. - Aigo.

- Para Hirai, que saco. - a cara nada boa de Moon, fez meus protestos cessarem rapidamente. - Vamos ser rápidas. -me puxa para dentro da loja.

Pensando bem, eu realmente estava precisando de roupas íntimas novas, e pantufas. Normalmente,  minhas roupas e lingeries, são compradas pela internet, por minha falta de paciência de ficar saindo de loja em loja, e ainda ter que carregar sacolas.                        

 - Estou com pouco dinheiro, Moon. - sussurro para Moon assim que entramos na loja.

- Aqui não é caro - fala já me entregando um conjunto de lingerie azul marinho.  A observo pegar uma lingerie vermelha, e outra verde oliva, Moon as analisa e entrega-me ambas. 

- Chega Moon, já está ótimo - falo olhando os três conjuntos exagerados. Todos os sutiãs com uma renda fina, e a calcinha... Pequena.

- Aigo! Que pequena - mostro a parte traseira da calcinha para Moon, o que a faz começar a rir.

- Isso é normal Mimi, você que está acostumada com cuecas - fingi secar uma lágrima cessando o riso. - Então... Já que Jin não está, eu gostaria de falar sobre meu... Encontro. - fala baixo a última palavra.

- Fala! Fala! - digo animada com os olhos brilhando. Uma vendedora aparece com um sorriso largo e olha fixamente para Moon, talvez por ela ser estrangeira.

- Precisam de ajuda meninas? - ela desvia o olhar de Moon e olha-me rapidamente.

- Por enquanto não, mas obrigado - Moon fala olhando a garota.

- Se precisarem... - se reverencia e vai atender outras meninas que entraram na loja.

- Então... Eu não sei... - pausa colocando uma mecha de cabelo atrás da orelha. - Ele está afim de uma garota, e ela parece ser demais, mas combinamos de sairmos pela amizade mesmo. - sorri pegando uma camisola com o tecido finíssimo.

- Omo! Ele enxergará a garota maravilhosa que você é!  - afago seu ombro e ela arqueia a sobrancelha.

- Eu não gosto dele Naomi - ri empinando o queixo - Só seremos... "Amigos" - faz aspas e sorri maliciosa. 

- É uma boa - ela olha-me com a boca aberta em um "O".

- Hirai Naomi aprovando amigos com benefícios? - começamos a caminhar em direção ao caixa. Moon tinha uns 5 conjuntos de lingeries e 2 camisolas em mãos. Optei ficar apenas com as lingeries que ela havia separado, até ver um pijama de morangos rosa bebê. 

- É... Eu... - minhas bochechas começam a esquentar e um nó se forma em minha garganta.

- Você e Yoongi, certo? - assinto escondendo o rosto no pijama. - Quero conhecê-lo! Sungoh disse que ele é... Sem sal.

- Aish! Sungoh não sabe o que fala - a moça no caixa nos olha com a sobrancelha arqueada. - Pode passar primeiro Moon - ela assente colocando suas coisas no balcão.

(...)

Moon e Jin com certeza eram as melhores pessoas que eu poderia sair. Depois que saímos da loja de roupas íntimas, fomos atrás de Jin e acabei comprando duas camisetas; uma para Sungoh e outra para mim. Passamos em uma loja de roupas femininas, onde comprei o vestido que iria usar em um jantar de negócios dos meus pais, daqui a algumas semanas. Comprei também duas calças skinny's e dois shorts, já que Moon dissera que eu estava precisando vestir partes de baixo do meu tamanho.
Jin observou tudo rindo e acabou por me dar um moletom rosa bebê, pois o mesmo dissera que eu deveria usá-lo quando fosse vê-lo.

Agora eu já estava em meu apartamento: sozinha como sempre.  Vestida já com meu novo pijama, de banho tomado e com um prato de Bap, Kimchi e Bulgogui em mãos.
Meu celular estava tocando uma música baixinha, e reconheci ser Nick Jonas - Close, comecei cantarolar a música observando a noite estrelada.
 

- Aigo... Não aguento mais ficar sozinha - solto um suspiro e deixo o prato ainda com comida ao meu lado. 

Desbloqueio o celular torcendo para alguém estar online, de preferência Namjoon, estava com saudades de conversar com ele, sem que fuja de mim.

Depois de nosso beijo, ele começou se afastar cada vez mais, talvez ele apenas queira amizade, como sempre fomos. Melhores Amigos.

Por pura coincidência Tyler manda uma mensagem dizendo que está na porta do meu apartamento. E talvez por estar sozinha todos os dias, gostei de ler aquilo, aliás, Tyler sempre fora legal: quando não bebia.
Ando calmamente até a porta, e a casa está tão silenciosa, que minhas pantufas fazem um barulho absurdo no piso.

- Entra - dou passagem para que ele entre. Tyler só podia estar de brincadeira.

Ele estava usando sua costumeira calça skinny rasgada, com um suéter vermelho do Flash e all star preto. Lindo como sempre.

Mas o que me deixara com os olhos brilhando, era que o mesmo estava com uma caixa de frango apimentado, bombons em uma caixa pequena marrom, e um DVD do filme "Uma prova de amor".

- Mimi-San, vamos voltar aos velhos tempos. - sorri lindamente expondo seu piercing no smile.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...