História Teddy bear - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias B.A.P, Bangtan Boys (BTS), CL (Chaelin Lee), G-Dragon
Personagens G-Dragon, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lee Chaelin "CL", Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Melanie, Suga, Universo Alternativo
Exibições 69
Palavras 1.435
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi
Sei que vcs querem me matar/estrangular por ter demorado tanto tempo pra postar. Eu não tenho motivos para a demora, confesso que tenho preguiça, muita preguiça as vezes e acabo não fazendo nada o dia inteiro. Tenho vários trabalhos da escola pra fazer mas, tenho tempo para fics tbm. Peço desculpas pela demora. Não vai acontecer de novo.
Bom. Mais um capítulo, espero que gostem ❤

Capítulo 25 - Manchas.


Fanfic / Fanfiction Teddy bear - Capítulo 25 - Manchas.

Yoongi P.O.V


 

Faltavam apenas alguns minutos até nossa carona para o show chegar.


 

Eu e Melanie estávamos no quarto, Mel estava sentada na cama, inclinada enquanto amarrava os tênis. Já eu estava de pé em frente ao espelho, arrumando meu cabelo. Passo a escova lentamente pelos fios verdes e até que uma mancha no meu pescoço me chama a atenção.


 

A mancha era de uma coloração arroxeada, quase preta. Não poderia ser um… chupão, não é? Que eu me lembro, não. Ignoro por hora aquilo e me concentro em terminar de arrumar meu cabelo.


 

-Já tô pronta, vamos? -Melanie diz. A observo, ela usava uma regata do Linkin Park, uma calça jeans escura e all star também preto. Sorrio e aceno positivamente.


 

Descemos até a sala e verifico se tudo estava trancado. Escutamos uma buzina e saímos rapidamente de casa. G-Dragon estava dentro de uma caminhonete Antiga mas, bonita e conservada. No banco do passageiro, CL estava sentada com as pernas cruzadas, trajando um vestido elegante. Eles iriam ao show também?


 

-Entrem, pombinhos. -G-Dragon diz, mostrando seu sorriso irônico. Apenas reviro os olhos e entro no carro seguido da Melanie. -Vou deixá-los no show e eu e meu docinho de Coco vamos jantar. -G-Dragon beija a mão de CL, a mesma sorri e concorda com a cabeça.


 

-Muito obrigada pelos ingressos e por levar a gente. -Melanie diz.


 

-De nada, querida. -O ruivo fala e se concentra na Estrada a frente. Suspiro e encaro a paisagem pela janela do carro, até que sinto minha mão direita ser segurada. Me viro e encaro Melanie que estava sorridente. Não me contenha e sorrio de volta.


 

-Nós vamos nos divertir muito. -Ela diz e encosta a cabeça em meu ombro.


 

-Vamos sim. -Acaricio o rosto delicado dela, que suspira aproveitando o carinho. -Te amo. -Sussurro em seu ouvido. Melanie leva seus olhos até os meus e deixa um beijo calmo em meus lábios.


 

-Também te amo. Nada vai estragar nosso dia e nossas vidas de agora em diante.


 

Eu acreditei naquelas palavras e me senti extremamente feliz de estar ao lado dela. Nada poderia nos atrapalhar e nos separar. Nada.






 

Primeira tontura.


 

Melanie e eu estávamos aproveitando a quinta música que tocava. Meu corpo suava muito devido a aglomeração de pessoas e aos pulos que dava.


 

Melanie cantava freneticamente ao meu lado, eu sorria em ver a animação dela, até que, uma tontura forte me atingiu, fazendo minha visão ficar turva, fico estático tentando fazer a tontura parar até que esbarro em uma pessoa.


 

-Me desculpe. -Peço e virando para me desculpar.


 

-Tá tudo bem. -O garoto em que esbarro era ruivo, ele sorria abertamente fazendo seus olhos quase fecharem. Mas, logo o sorriso dele se desfaz ao ver minha expressão. -O que houve? Está passando mal?


 

-É apenas uma tontura, já vai passar. -Digo indiferente. O garoto acena afirmativamente, mas ainda com a expressão desconfiada.


 

Me viro para procurar Melanie, a mesma continuava pulando e cantando. Me aproximo dela lentamente e a abraço por trás, segurando a cintura fina.


 

-Aqui tá muito quente. -Digo alto por conta da música.


 

-Tira a camisa então. -Ela se vira e abraça meu pescoço, enquanto sorria sugestiva.


 

-Se queria me ver sem roupas era só ter pedido.


 

-Bobo. -Melanie sorri e me beija. Começamos com selinhos tímidos, logo abrindo os lábios e tocando nossas línguas. O beijo não demora muito, pois começa outra música.


 

-EU AMO ESSA. -Ela larga meu pescoço e começa tudo de novo. Rio despreocupado.


 

Olho para trás de repente e vejo o garoto ruivo de antes me encarar seriamente. Por algum motivo, não desvio o olhar dele. E foi nisso que realmente percebi. Ele era um guardião.






 

-Vou ir no banheiro antes, tá? -O show tinha acabado e nos dirigimos a área dos sanitários.


 

-Ok, eu também vou. -Melanie diz e caminha até o banheiro feminino. Entro no banheiro, fico em frente ao espelho. Meu cabelo estava molhado de suor e meu rosto praticamente queimava de tão quente. Me abaixo com um suspiro e jogo água no rosto.


 

-Seu tempo é curto. -Escuto a voz do garoto ruivo de antes. Ele me olhava pelo reflexo do espelho, pude ver os olhos dele mudarem de preto intenso a um azul.


 

-O que está falando? -Pergunto desconfiado.


 

-Estou falando da sua marca bem visível no pescoço. -Ele sorri e aponta para a mancha escura. -Tenho certeza de que não é outro tipo de mancha.


 

-Não sei do que está falando.


 

-Claro que sabe. Acho que você já percebeu que sou um guardião também. -Fico sem dar respostas e o ruivo se encosta na pia enquanto encarava o chão. -Se você não der um jeito nela, já sabe o que pode acontecer, não sabe? -O pior era que eu sabia sim. Fiquei tão feliz em me encontrar com Melanie que, nem considerei as possibilidades “daquilo” acontecer.


 

-Não pode ser isso. Deve ser só uma mancha normal. Aliás, eu e Melanie estamos bem um com o outro. -O garoto ruivo me encarava com uma expressão preocupada.


 

-Pode não ser mesmo mas, se a mancha aparecer em outros lugares e maior? Pode ter certeza de que seus dias estão contados. -Suspiro e encaro o reflexo da mancha em meu pescoço. De algum jeito, tive a impressão de que a mancha estava maior. Não podia ser aquilo. Não podia. -Bom, só te desejo uma boa sorte. -O guardião caminha em direção a saída mas, para bruscamente. -Ah, e meu nome é Park Jimin, se caso precisar de ajuda. -Então, ele vai embora. Passo as mãos pelo cabelo, sem acreditar realmente nisso.


 

Melanie não podia saber disso.






 

-O banheiro tá livre. -Melanie grita do corredor.


 

-Já vou. -Digo. Uma semana desde o show tinha se passado e, aquela mancha não tinha crescido e nem desaparecido. Até considerei a ideia de que era uma simples mancha sem propósito algum.


 

Na TV passava um desenho animado bobo mas, divertido. Os dias estavam quentes e abafados, fazendo assim, meu corpo suar toda hora. Passo a mãos pela testa, vendo minha mão  molhada de suor. Suspiro e vou até o banheiro.


 

Com o novo emprego da Melanie e o meu, as despesas da casa eram bem divididas, assim como os trabalhos domésticos. Eu, sinceramente, amava isso.


 

Abro a porta do banheiro e começo a me despir preguiçosamente. Me olho no espelho por longos segundos e sorrindo ao olhar para os meus cabelos, tão apreciados pela Melanie.


 

Passo os dedos lentamente pela mancha no meu pescoço. A mesma de semana passada, mesmo tamanho, mesma cor, sem nenhuma alteração. Melanie é óbvio, já tinha percebido a mancha antes, e corada quando viu, pensando que a culpada tinha sido ela.


 

-Toc Toc, preciso do meu pente. -Melanie diz do lado de fora do banheiro.


 

-Ok. -Procuro o pente nas gavetas, achando o mesmo. Abro apenas uma pequena fresta da porta, escondendo meu corpo nu atrás dela. -Aqui. -Entrego o pente para ela, que dá um sorriso tímido.


 

-Obrigada. -Ela sai rapidamente e fecho a porta. Suspiro e logo começo meu banho quente.





 

Eu sei que, eu era um guardião. Um guardião que amava a comida do mundo humano e os outros prazeres que me proporcionavam. Um desses desses prazeres era, deitar na cama quentinha, ao lado de uma pessoa maravilhosa, enquanto assistia um filme bom. E nesse momento, eu e Melanie estávamos assim. Mas, nenhum de nós prestava atenção no filme, ou na cama quentinha. Estávamos nos beijando, de baixo das cobertas. Isso mesmo, pra que filme quando se tem isso?


 

Melanie puxava levemente os fios da minha nuca enquanto, enrolava as pernas em volta da minha cintura. Nunca tínhamos ultrapassado os beijos, e tudo tinha seu tempo. E, mesmo eu sendo um guardião, eu possuía desejos também.


 

-Quero ver seu corpo. -Melanie diz ao nos separarmos do beijo. Sinto as mãos dela indo até a Barra da minha camisa e a levantar devagar. Hesito por alguns segundos mas, logo decido ceder.


 

-Tudo bem. -A ajudo a finalmente a tirar minha camisa. Ela olha brevemente para meu tronco desnudo, levantando as duas mãos e as passando sobre meu abdômen.


 

-Tá gordinho. -Ela diz e ri.


 

-As gordurinhas são mais gostosas de apertar. -Sorrio. Ela sorri também e continua a passear as mãos livremente por lá.


 

-Deita de costas. -Ela olha nos meus olhos, fazendo uma carinha manhosa. Obedeço e deito de barriga para baixo.


 

Estranho por não sentir as mãos quentes naquela área. Viro com dificuldade, minha cabeça para encara-lá e os olhos dela estavam arregalados. As pequenas mãos sobre a boca, em sinal de surpresa.


 

-As suas costas… o que?




 


Notas Finais


Bom, é isso. Espero que tenham gostado e mais uma vez desculpas por demorar tanto. sz
amo vcs :v
Deixo esse mistério no ar mas, acho que vocês sabem que "coisa" é essa que o Suga tem, ou não
hehehehe


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...