História Teddy Lupin - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Exibições 17
Palavras 557
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Ficção, Magia, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Pessoas, eu consegui uma brecha, então e bem capaz que eu consiga manter a frequência de postagens, no final nem demorou ne?
Bom que eu consiga internet nesses períodos.
Obrigada por esperarem, vocês são demais.
Aproveitem.

Capítulo 19 - A Poção do Amor


Em Hogwarts tudo voltou basicamente ao normal, somente as cartas de Teddy haviam mudado, agora elas tinham dois destinatários.
A suspenção tinha acabado e ele nunca se sentira tão livre, jogava quadribol e ia as aulas regularmente, mais como de costume o ardor da falta que Victorie fazia o visitava toda noite, ela passou a ignora-lo novamente e Teddy estava cansado demais para tentar falar com ela, porem a cada dia as lembranças dos dias felizes que passara ao lado dela ficavam mais falhas e ele mais infeliz.
Ela também parecia diferente, nas poucas vezes em que a via tinha notado que estava mais receosa, tinha se afastado de quase todos, nas aulas compartilhadas ela não respondia as perguntas dos professores e parecia aérea o tempo todo. Mais uma coisa era frequente Noah Jenks estava sempre ao lado dela, sussurrando em seu ouvido ou entrelaçando os dedos nos dela. O que deixou Teddy com uma desejo enorme pelo sangue dele. Ele tinha uma terrível impressão de que ele tinha feito algo a ela, mas não sabia o que, chegara ate a perguntar aos rapazes se ele não a acharam diferente, Thomas foi o único que reparou, disse a ele que ela estava aérea e risonha, igual a quando estava namorando com Teddy, isso como você pode imaginar foi um soco no estomago para o rapaz, ela parecia apaixonada... Apaixonada pelo Noah.
Nessa ocasião ele tinha saído pisando duro pelo salão comunal deixando os seus três melhores amigos com caras de interrogação, tinha disparado o mais rápido possível para o campo de quadribol e lá encontrara uma das batedoras da Corvinal, Megan Williams, uma garota morena com olhos grandes e verdes, os cabelos enrolados caídos abaixo da cintura, ela brincava com um pomo que amarrara ao dedo indicador e agora o observava divertida enquanto ele tentava fugir.
-Ah Megan, eu não sabia que estava aqui... -Ele disse tentando parecer surpreso por encontra-la, coisa que não estava, por que era super comum que ela matasse aula naquele lugar.
- Teddy ? - Ela se virou rápido se embolando nos cabelos. Ele riu abertamente e quando ela conseguiu se livrar se juntou a ele.
- Essa droga de cabelo parece um dementador, só suga a minha felicidade.
-Isso foi muito bom.
-Só pra quem vê, tente se prender aqui dentro.
-Esta fazendo o que aqui Teddy?
-Matando aula.
-Ah sim, por que você é a única pessoa nesse mundo que consegue matar aula e tirar notas excelentes.
-Posso te ensinar se quiser. - Teddy disse a ela de ímpeto, e a garota corou. Ele gostou.
-É... Eu, sabe claro, mais depois... Tenho que ir. -Vermelha como um pimentão Megan correu de volta para o castelo. Teddy se sentou nas bancadas pensando em como ela era bonita, e já era afim dele a algum tempo, certa vez Scott tinha vindo correndo até ele em uma das escadas dizendo que ela estava preparando um poção do amor para o dia dos namorados, e que seria Teddy o felizardo do presente.
Poção do amor.
Era isso! Por merlin era isso, Noah tinha dado uma poção do amor a Victorie, por isso ela parecia avoada, por isso não saía do lado dele, por isso parecia ama-lo, ele a estava enfeitiçando. Novamente Teddy sentia sede do sangue dele. Agora não tinha motivos para se conter.
 


Notas Finais


Meus amores, o que acharam desse capitulo? Me digam. Ou não, se não quiserem. Enfim...
Obrigado de novo por me esperarem.
Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...