História Teddy x James - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Teddy James
Visualizações 18
Palavras 1.082
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bem gente... Esse capítulo pra mim foi o mais incrível, tentei mudar a narrativa do texto colocando localização corte de tempo e horário... Aqui em cima tem uma fan art de como eu imagino certo personagem que vocês vão descobrir ao longo do capítulo.
Obs: eu demorei pra postar pq eu sempre troco Teddy por James e corrigi boa parte (a outra eu não dei uma boa olhada) então se tiver com Teddy no lugar de James me desculpem, minha cabeça ta uma loucura... Bem divirtam-se ^^

Capítulo 4 - A história do mais forte


Fanfic / Fanfiction Teddy x James - Capítulo 4 - A história do mais forte

      POV JAMES


Acordo com o som do meu celular tocando e por instinto acabo atendendo.

-Charlie: oi James você tá bem?

-James: há… oi Charlie tô bem sim.

-Charlie: ei… você conhece um tal de Teddy?


    POV CHARLIE


Sinto uma respiração pesada do outro lado da linha e logo me arrependo do que fiz.

-Charlie: você tá aí?

-James: sim é que… porque a pergunta.


       POV JAMES


-Charlie: é que ele veio falar com a gente depois que você saiu.

Ao ouvir aquilo meu sangue começa a ferver, já não basta ter tirado minha honra, minha alegria, agora quer tirar meus amigos há mas ele vai ver…

-James: o que ele veio falar com vocês?

-Charlie: ele veio perguntar sobre você eu não entendi muito bem… parece que ele não sabia que você estudava naquela escola 3 anos atrás.

-James: o que?

-Charlie: pois é, logo depois eu mostrei sua foto antiga e ele ficou pálido kkkk parecia um fantasma.

-James: sério?

-Charlie: sim, ele fez algo com você naquele tempo?

-James: …

-Charlie: ei Bear… somos melhores amigos eu você e o Leondre… sabe nós pode contar tudo.

-James: não diretamente… mas ele me machucou demais, e eu não posso perdoar ele tão facilmente.

-Charlie: vou ter que sair agr… vamos pegar outro vôo para Londres agora, tchauu.

-James: tchauu.


    ~Corte de tempo 10 horas depois

               20:30 - quinta feira


Estava com fome e preguiça pra fazer comida, decidi ir comprar comida, mas está chovendo… haaaaa eu vou assim mesmo.


   ~Corte de tempo 20 minutos depois

          20:50 - loja de conveniência


Estava voltando depois de comprar uma lasanha inteira… eu sou muito mongol, nunca que eu vou conseguir comer isso tudo sozinho.

Estava passando por um parquinho, a chuva estava forte e mal dava pra ver o parquinho direito… mas ao olhar melhor vejo uma sombra sentada no balanço embaixo daquele chuvaral, acho melhor eu dar uma olhada.


         POV ??????


     ~corte de tempo 1 hora atrás.

     Localização não especificada.


Mulher: olhe aqui eu tenho um cliente que vai chegar daqui a 5 minutos, pegue esse guarda chuva e 10 reais, agora suma da minha vista.

Pessoa: aquela vadia já vai dar a merda da buceta dela de novo…

Como eu odeio isso.

Narrador: um vento forte bate e destrói o guarda chuva da pessoa.

Pessoa: eu não aguento mais… eu só quero sumir, me dirijo ao parquinho mais perto e lá mesmo num balanço choro de novo, hoje passei o dia chorando e novamente estou chorando.


   ~Corte de tempo 40 minutos depois.

              Parquinho sunshine

                         20:55


Estava tão frio, estou quase sem forças, seria bom morrer logo.

Sinto uma mão no meu ombro e logo ouço.

-James: você vai acabar morrendo se ficar aqui mais um tempo…

-Clay: como se você se importasse não é mesmo.


      POV JAMES


Aquilo foi como uma facada para mim, acabei me tornando o que sempre odiei, de repente Clay cai aos meus pés.

-James: ei idiota… Ei SE VOCÊ MORRER AQUI EU NUNCA VOU TE PERDOAR.


        POV CLAY


-James: EI SE VO…


        ~corte de tempo ????

             Localização ???

                Horário ???


Abro meus olhos lentamente e vejo o universo acima de mim… eu realmente morri?

Olho para o lado e parece um quarto, estava tão quentinho e um cheiro tão agradável… mas eu queria saber o que estava acontecendo.

Levantei da cama e coloquei pantufas de panda que estavam ao lado e sai do quarto, ao sair vejo no balcão da cozinha de costas James e logo meu sangue sobe para as bochechas.

-James: Fiz chocolate quente, venha tomar antes que esfrie.

-Clay: como você sabia que eu estava aqui… eu nem fiz barulho.

-James: não importa, venha tomar logo seu chocolate quente.

Me sento ao lado dele é começo a tomar aquele chocolate maravilhoso.

-Clay:...

-James: é bom não é? ^^

-Clay: si...sim.

-James: me desculpe…

-Clay: o que?

-James: me desculpe, por aquilo que eu falei na festa… eu acabei fazendo o mesmo que você fez comigo.

-Clay:... Não, eu que devo pedir desculpas.

Falo isso com lágrimas rolando pelo meu rosto.

-Clay: mesmo se eu quisesse apenas atenção eu nao deveria ter feito aquilo com você e…

Fui enterrompido com um carinhoso afago na cabeça e isso me surpreendi.

-James: não se preucupe, já passou… agora eu quero saber o porquê de você estar naquela chuva no meio da noite.

-Clay: minha mãe é uma vadia domiciliar, ela consegue dinheiro fazendo sexo com vários homens… e foi em um desses trabalhos que ela acabou engravidando… de mim.

Ao falar isso sinto um abraço apertado me envolvendo por completo, e instintivamente eu acabo o abraçando de volta enquanto continha meu choro sem sucesso.

-James: não precisa se preocupar, eu estou aqui… você não precisa Passar por isso sozinho.

-Clay: sim eu vou, pois não tem ninguém que me ame de verdade.

-James: eu entendi, mas eu não posso retribuir seus sentimentos.

Ouvir aquilo de alguma forma foi um alívio, mas algo ainda me incomoda.

-Clay: o de estão seus pais?

Falo já parando de chorar.

-James: eles morreram em um acidente há 4 anos.

-Clay: eu sinto muito…

-James: eu não entendi o porquê dessa frase.

-Clay: eu fiquei te perturbando por muito tempo e vc tinha perdido seus pais… me desculpe por ter chamado sua mãe de vadia, seu pai de desgraçado e essas coisas enquanto eu te espancava.

-James: já disse que já passou, não foi nada.

Me separo do abraço que por sinal já estava demorando muito…

-Clay: são que horas?

-James:12:30

-Clay: Droga…

-James: o que foi?

-Clay: minha mãe ainda deve estar com o “cliente” dela,ou então outro… mas obrigado, vou colocar minha roupa e sair eu não quero te pertubar mais.

-James: do que você tá falando?

-Clay: que eu vou embora.

-James: vai embora pra dormir debaixo de uma sacada ou coisa assim?

Aquilo realmente me atingiu.

-Clay: e você quer que eu faça o que? Volte para casa para aquela vagabunda me espancar depois.

Volto a ter lágrimas no cantos dos olhos.

-James: durma aqui…

-Clay: ????

-James: você pode dormir no meu quarto, eu não pretendo dormir hoje, estou fazendo um relatório para o exército.

-Clay: eu sou apenas um encosto…

-James: idiota… se eu pensassem mesmo isso teria deixado você morrer de hipotermia naquela chuva… não pense que eu sou tão bonzinho.


      POV JAMES


Vejo ele se conformar com a proposta.

-Clay: então eu posso mesmo dormir…

-James: sim, vá lá, você já quase morrendo então descanse bem muito.

Vejo ele voltar para o quarto, agora que está resolvido hora de fazer a parte chata…


        POV TEDDY


       ~corte de tempo 10 horas atras

                     Rua 9 ¾

                      12:45


Aí merda eu tô muito atrasado o Clay vai me matar.

Entro na sala e o canto de Clay esta vazio, a aula começa e nem sinal do James também, logo agora que eu soube que ele é aquele garotinho... tenho que me desculpar e falar uma coisa pra ele...


Notas Finais


Bem gente... Podem me apedrejar, maaas meu personagem favorito não é Teddy não é James e sim Clay.
-Voces: mas Simples tu tem demência ele é um escroto e tals.
Calma amiguinhos, tenho vergonha de falar isso, mas a personalidade de Clay é bastante parecida com minha.
Bem é isso... Beijinhos de luz e até a próximaaaa ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...