História Teen Complications - 1° temporada - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescente, Contos, Drama, Escola, Fanfic, Ficção, Ficçãogeral, Juvenil, Lésbica, Mistério, Popular, Romance, Selenagomez, Suspense, Teen
Exibições 2
Palavras 2.148
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Quarto episódio.

Capítulo 4 - Perigos Ocultos (Hidden Dangers)


Fanfic / Fanfiction Teen Complications - 1° temporada - Capítulo 4 - Perigos Ocultos (Hidden Dangers)

Lívia (narração): "Luxúria. Segundo o dicionário é um desregramento moral, lascívia, sensualidade, libertinagem. E traição? Agir de forma desleal, enganar, faltar com a palavra dada. Já pensou como tudo seria diferente se Eva não tivesse mordido a maçã? E se o escorpião não pedisse para o sapo lhe ajudar a atravessar o rio? Como seria? Enfim, em ambas as histórias, a luxúria, a falsidade e a mentira andam juntas. A serpente traiu Eva a partir do momento em que lhe disse que a maçã era inofensiva e que a ordem que Deus tinha dado era falsa. Eva mordeu a maçã e Deus abandonou a ela e Adão, e os expulsou do paraíso para que sofressem com o suor de sua testa para comerem e sobreviverem. Já o escorpião atravessou o rio e ferrou o sapo, que morreu afogado, frustrado por ter acreditado nas palavras do escorpião. A traição e a mentira não são uma boa opção. Mas, para quem é expert no assunto, mentir já virou arte".

Aos beijos, Alessandra e Robert se encontram no apartamento dela. Eles tiram a roupa e deitam na cama. Ele beija o pescoço dela, e ela se contorce. Enquanto isso, a mulher do diretor, Ava Shepherd, o aguardava para jantar mais uma vez, mas ele não aparecia. Era quase todo dia a mesma coisa. Ela sempre jantava sozinha, triste e calada. Alessandra realmente não estava nem aí para o diretor, era mentirosa, falsa e manipuladora. Ela enfeitiçava o homem que quisesse, para usá-lo e jogar fora. Mas com o diretor era diferente, ele dava as coisas para ela, ele fazia TUDO por ela.

Mais um dia comum na escola, todos estamos reunidos, rindo, até que Alessandra sai do meio de nós e some nos inúmeros pilares que sustentam o 2° andar do Christian Shepherd.

Ela entra na sala do diretor e eles começam a se beijar. Quando ele se prepara para iniciar a transar, alguém bate na porta.

Steven: Robert, abra. Preciso falar com você.

Robert: Só um instante, já estou indo. Esconda-se embaixo da mesa. Rápido.

Steven: Vamos, Shepherd, não tenho o dia todo.

Robert se aproxima da porta e abre.

Steven: Bem, preciso falar com você sobre o programa de educação que estamos implantando na escola.

Robert: É, eu já estou sabendo. Mas você acha que este é o momento certo de falarmos sobre isso?

Steven: E por que não seria? Ah já sei... você deve estar ocupado demais para se preocupar com o bem estar dos seus alunos não é?

Alessandra está ofegante, escondida em baixo da mesa.

Robert: Steven, depois falamos disso. Eu estou empolgado com o programa de residência, mas é que preciso cuidar de outras coisas antes de anunciar oficialmente. Agora vamos, me deixe trabalhar.

Steven sai da sala de Shepherd emburrado. Alessandra finalmente pode sair debaixo da mesa.

Alessandra: Essa foi por pouco. Quase que esse secretário não sai daqui.

Robert: Me desculpe, isso nunca aconteceu antes. Ele é um impertinente. Então vamos continuar de onde estávamos?

Alessandra: Desculpa, mas fiquei sem clima. Não dá... E tenho aula agora, depois nos falamos.

Ela dá um selinho nele e sai da sala. Ele fica encarando a porta, emburrado.

Kezya: Mas e aí? O seu lance com o David é sério?

Lívia: Olha, ainda não sei. Mas espero que seja. Ele é bonito e está me dando atenção. Agora, vem cá, porque que a April não vai com a minha cara?

Kezya: Longa história. Mas resumindo, ela é a ex do David.

Lívia: Oh....

Alessandra entra na sala. Ela está meio emburrada.

Kezya: O que que foi, Less? Está brava?

Alessandra: Nada não, Yang.

Gabriela: Gente, vocês acham que o Daniel está gostando de mim?

Alessandra: Pra mim está estampado na cara dele.

Lívia: É, pra mim também.

Kezya: Ele te ama.

Gabriela: Mas... Se ele me ama, porque ainda não me pediu em namoro?

Lívia: Bem, eu não sei o que dizer nessas horas, Gabi, mas... eu acho que ele está querendo primeiro te conhecer melhor pra depois avançar.

Gabriela: Você acha?

Lívia: Sim, eu acho... Vocês já saíram pra jantar ou algo assim?

Gabriela: Ainda não.

Kezya: É... Ele pode estar querendo fazer isso depois que tiver certeza que você é o amor da vida dele.

Lívia: E você senhorita Yang, quem é aquele gato tatuado lá da festa? Vi você saindo com ele no dia.

Kezya: Você hein... Ele é o Leo. Um cara muito bom e a gente tá se curtindo...

Gabriela: Porque não apresenta ele pra gente?

Kezya: Ele ê meio tímido... Mas vou tentar... E você, Less, não tem nenhum homem na sua vida? Less? Less? Ei!

Alessandra: O que? O que foi?

Kezya: Estou falando com você. Você não tem nenhum homem na sua vida?

Alessandra: Na verdade não. Nem estou pensando nisso ainda. Agora vamos prestar atenção na aula, porque a professora já chegou.

Nos assistíamos a aula de gramática com a professora Olivia Herbert.

Robert estava cansado de sua vida. Ele já não era mais o mesmo desde que conheceu Alessandra.

Ele e Alessandra estavam no mundo da lua... e do nada... as lembranças começaram a surgir entre eles.

*Cenas de Flashback*

Lá estava Alessandra, bela, entrando em uma boate para dançar. Robert estava ali também... Como quem não quer nada... Os olhares dos dois se cruzam... Robert observa atenciosamente a dança sensual de Less. Algumas horas depois, ele a chama para conversar.

Robert: Olá.

Alessandra: Oi.

Robert: Sabia que não consegui tirar os olhos de você?

Alessandra: É mesmo? E porque?

Robert: Porque você é linda. Estou encantado.

Ele pega a mão dela e beija.

Robert: Prazer, Robert, Robert Shepherd.

Alessandra: Alessandra Stevens.

Os dois começaram a conversar, tomaram alguns drinks, e logo, já estavam aos beijos.

*Interrupção do flashback*

Ava: Robert? Estou falando com você.

Robert: Ava? O que está fazendo aqui?

Ava: Como assim o que eu estou fazendo aqui? Visitar o marido agora é proibido?

Robert: Não, desculpe, mas é que você nunca vem aqui.

Alessandra: Robert, eu...

Less e Ava se entreolham, ela fica desconfiada da intimidade da moça com o diretor.

Alessandra: Ah... Desculpe, depois falo com o senhor, diretor Shepherd.

Fica um clima um pouco estranho.

Minha mãe estava na casa de Amélia, como sempre.

Anna: Amélia, eu vi... Eu vi... Ele beijando aquela vaca, mas magnífica mulher.

Amélia: Calma, você está muito nervosa.

Anna: Eu nunca mais quero olhar na cara do Phillip.

Amélia: Anna, faça o que eu já te disse... Saia um pouco, se distraia, vá conhecer novas pessoas... O Phillip não é o único homem no mundo.

Anna: É... Tem razão... Não vou mais sofrer por ele... Não mesmo... Vamos hoje ao bar que abriu ali na esquina?

Amélia: Você acha que em um bar vai ter pretendentes?

Anna: Não sei... Vamos ver.

*Continuação do flashback*

Alessandra e Robert já estavam praticamente tendo um caso. Ela, jovem demais, acabou fugindo de casa, e apareceu na porta da casa de Robert pedindo abrigo.

Robert: Você está louca? O que faz aqui?

Alessandra: Estou aqui por nós, por você... Quero morar junto com você...

Robert: Você só pode estar louca mesmo. Não tem como você vir morar aqui. Minha mulher está aqui, meus filhos estão aqui... Espere aqui... Eu já volto..

Robert pegou o carro e decidiu levar Alessandra a um hotel.

Robert: Porque você não quer voltar pra casa? Ao lado de sua família seria melhor, não é mesmo?

Alessandra: Eu não vou voltar para casa. Meu lugar é ao seu lado. Poxa, Robert... Nós já estamos juntos há alguns meses...

Eu queria ter um lugar onde eu pudesse te amar e fazer tudo o que você quiser...

Robert podia ser durão e sério, mas ele não era burro e era homem. Sabia que estava com Alessandra nas mãos.

Robert: Então você não está disposta a voltar para sua família?

Alessandra: Não.

Robert: Muito bem.. Tenho uma proposta a lhe fazer.

*Interrupção do flashback*

Ava: Você não é mais o mesmo, Robert... Já não aguento mais ter que jantar sozinha quase todas as noites.

Robert: Ava, se acalma... Você está muito nervosa...

Ava: Mas é claro que eu estou nervosa. Eu só queria passar mais tempo com você. Mas Robert onde está você quando eu preciso? Onde?

Ava pega sua bolsa e ruma a porta... Ela sai da sala... Deixando Robert em silêncio.

Eu e David estávamos mais juntos do que queríamos. Desde o dia na festa nós aprendemos a gostar do outro. Eu realmente estava gostando de me encontrar escondida com ele.

Lívia: Calma... Deixa eu respirar um pouco...

David: Eu... Também preciso respirar...

Nós estávamos ofegantes de tanto nos beijar.

David: Quer sair comigo hoje à noite?

Lívia: Claro... Onde vamos?

David: Quero fazer uma surpresa!

Lívia: Adoro surpresas.

David: Então... as 19h?

Lívia: As 19h.

Kezya e Leo estavam em um relacionamento aberto bem legal. Apesar de ela ainda não nos ter apresentado ele.

Kezya: Ah, vamos... Vai ser bom pra você conhecer novas pessoas... Meus amigos são tão legais.

Leo: Não sei se... eles vão gostar de mim...

Kezya: Amor, para, é claro que vão. E se não gostarem, não importa, eu gosto de você.

*Continuação do flashback*

Robert leva Alessandra para um apartamento que ainda está vazio. Ele é bem grande e tem bastante espaço.

Robert: E então? Gostou?

Alessandra: Adorei. É perfeito. Mas... Está vazio ainda.

Robert: Este apartamento será nosso... Nós vamos decorá-lo. Amanhã. Hoje você dormirá no hotel.

Alessandra: Bem, eu acho que nós já devíamos comemorar logo agora... Não tem problema se está vazio... No chão gelado é mais gostoso.

Os dois se olham maliciosamente e deitam no chão. Começaram a se beijar e o clima esquenta.

*Interrupção do flashback*

Continua a cena de Kezya e Leo.

Leo: Olha, tenho uma coisa para te mostrar.

Leo tira do bolso uma sacolinha com uma coisa branca dentro... Um pó.

Kezya: O que é isso?

Leo: Isso aqui... É uma coisa que fará você esquecer seus problemas...

Kezya: Isso é... maconha?

Leo: É uma mistura... Umas ervas loucas aí... Experimenta, vai.

Kezya: Não sei se quero...

Leo: Quer sim... Vamos lá... Só uma cheirada...

Kezya: Ai Leo, não sei... Tô com medo...

Leo: Fica tranquila, gata. Dá uma cheirada aí... Olha como é bom.

Leo cheira o pó, e fica com o nariz avermelhado por conta da substância forte.

Kezya está em dúvida se cheira ou não... Ela hesita, até que vai e cheira o pó... Logo, ela tosse e não se sente bem... Mas ao se acostumar com a substância... Já começa a aguentar...

Em rápida mudança de cena, aparecem Alessandra e Robert aos beijos.

Robert está em sua sala pensando na conversa com Ava.

"Ava: Robert onde está você quando eu preciso? Onde?"

♪ batidas na porta ♪

Robert: Entra.

Steven: E então Shepherd? Ja pensou em quando vai anunciar aos alunos a implantação do PRCI*?

*Programa de Residência em Curso Específico

Robert: Já. E não vai demorar muito.

Steven olha muito para a sala de Robert. Parece observar alguma coisa ou procurar alguma coisa apenas com a visão.

Robert: Perdeu alguma coisa, Steven?

Steven: Não, não... Shepherd, o quanto você está empolgado para tentar a vaga na Academia de Pedagogia?

Robert: Pode ter certeza de que estou muito.

Steven: Eu também... Já sabia da novidade?

Robert: Que novidade?

Steven: Também estou concorrendo a cadeira.

Robert: Mas o quê? Como você...

Steven: Esqueceu que já fui diretor em outras escolas? Sou um dos principais para receber aquela cadeira.

Robert: Então, somos concorrentes?

Steven: Creio que sim.

Robert: Desculpe, Steven.... Mas não vou permitir que você fique com a cadeira.

Steven: É o que veremos Shepherd, é o que veremos.

Fica um clima meio estranho...

*Continuação do flashback*

Alessandra e Robert já eram amantes. Aos poucos eles mobiliavam a apartamento. Robert a fez prometer que iria estudar e trabalhar, mas ele iria bancar o apartamento para ela.

Ela entrou na escola pouco depois, logo quando Shepherd foi declarado diretor. Ninguém desconfia do caso deles. Nem mesmo Ava, apesar das desconfianças...

Robert e Less aparecem na cama no apartamento dela.

Robert: Eu te amo.

Alessandra: Eu... também te amo. - Ela hesita um pouco em responder. Eles se abraçam e Less demonstra um olhar frio.

*Fim do flashback*

Lívia (narração): "A vida muitas vezes nos surpreende. Quem nós mais amamos pode ter uma face oculta."

Kezya volta para casa completamente drogada... Ninguém percebe nada, mas ela ri desenfreadamente. Ela entra em seu quarto, e do nada, começa a chorar... Coisas típicas de quem está drogado.

"Elas podem nos fazer felizes, nos amar, mas elas tem uma face oculta que não imaginamos"

Lívia e David aparecem juntos, rindo e se beijando...

David: Quando vamos falar sobre a gente?

Lívia: Espera só mais um pouco... Ainda não estou oficialmente preparada para ser a namorada do garoto mais popular da escola...

David: Por mim, tudo bem...

Eles voltam a se beijar.

"Elas podem já ter feito parte de nossas vidas, e nos destroçado por dentro".

A música que encerra o episódio é"Dangerous Woman" da Ariana

Grande.

Anna aparece bebendo vinho e ouvindo a música, ela pensa em Phillip e chora...

"E elas podem ser o objeto de nossos desejos carnais... Mas elas estão com sua face oculta ali, bem debaixo do nosso nariz".

Alessandra e Robert se encontram e ela tira o sobretudo que está vestindo, mostrando sua lingerie. Ela o joga na cama e se insinua, se deitando ao seu lado logo depois.

"E como eu disse... quem já está acostumado a mentir, já fez disso a sua arte. Mas sempre há pessoas dispostas a subestimar essa arte. E é dessas pessoas que nós devemos ter cuidado"...

Alguém entra na sala de Shepherd e espalha câmeras pelo local... Em seguida, as ativa... Não se sabe ao certo quem é... Mas esta pessoa deve ser alguém que conhece a escola muito bem...


Notas Finais


#PerigosOcultos postado. Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...