História Teen mysterious - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Derek Hale, Jackson Whittemore, Kate Argent, Lydia Martin, Scott McCall, Stiles Stilinski
Tags Derek, Sterek, Stiles, Teen Wolf
Exibições 168
Palavras 1.140
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Escolar, Fantasia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem, desculpa a demora do ultimo cap, mas esse foi logo em seguida dele

Capítulo 10 - Wouldnt it be nice ?


 

    Scott começará a malhar com Derek e sentiu a cara de raiva que o seu treinador fazia para ele o tempo todo, ele nunca fizera caras que indicasse que gostava da sua presença mas ultimamente isso tinha piorado, ele acrescentará certos resmungos agora. O menino ainda não controlava bem suas habilidades, mas pelo menos nos ultimos dias ele não tava perambulando por ai a noite e destruindo tudo ao seu redor. Stiles com quem sempre tiverá um relação fraternal, mesmo que de pais separados, tinham se aproximado mais ainda. O amigo estava lhe ajudando a superar todo esse drama sobre Alisson e ele, da forma deles, mas eles tavam lidando com isso.

    O sinal tocou, ressoando tão forte em seus ouvindos que pensou que ia desmaiar. Quando ele se destraia, as vezes começava a escutar coisas ou suas garras saiam para fora. Ele lembrou do ultimo sábado que Stiles pintara suas garras com esmalte enquanto eles assistiam assistiam Death Note, super combinando com o clima, e desatou em rir, sozinho. Ele esperara o amigo em seu armário para irem para aula, eles dormiram juntos como todos os dias recentemente. Mas, seu amigo naquele dia tinha se esquecido de trazer uma muda de roupa limpa e como sempre, ele se melou todo com chocolate, o lobo desconfiara que seu amigo tinha a boca furada, ele melou até as costas com chocolate como isso é possivel ? 

    Faltando apenas dois minutos para ele não transgredir a regra de tolerancia da escola, ele correu para sala, Stiles não havia chegado, o que deixara o amigo preocupado. Porque o amigo estaria demorando tanto ? Ele era sua ancora e o unico com quem queria conversar, teria que enfrentar Alisson e Lydia para não ficar sozinho, o que não era muito do seu agrado.

*

    Stiles, com uma dor na consciencia enorme, mentira para o seu amigo. Cada vez mais eles tavam próximos, era engraçados quando os dois acordavam com ereção matinal e ficavam horas conversando esperando passar, envergonhados, tentando disfarçar a barraca armada. Ele tinha dito que iria pegar uma muda de roupa para ir para escola porque tinha esquecido, o que era verdade, mas ele depois de tomar um banho e se vestir, não fora se encontrar com o amigo como combinado, ele fora para o campo perto da casa de Derek, ele sabia que a essa hora, ele estaria em seus exercicios matinais, mas tinha que conversar com Derek, ele estava muito curioso em saber se ele já resolvera algo.

    Além disso, por mais que Stiles não quisesse admitir, ele tinha visto Derek em um bar com outro homem, enquanto ia na Pizzaria Newton, ali perto, para comprar, ironicamente, a melhor torta que ele já comera na vida, diga-se de passagem, ele estava com ciumes de Derek, se Scott não tivesse ali, ele teria chorado feito um bebe por hora. Ele tivera esse momento com Derek em sua casa, teria sido tudo na cabeça dele ?

    Ele viu seu lobo ali deitado na grama fazendo flexões enquanto o homem apenas supervisionava. O menino saiu de seu Jipe e ao bater a porta, mesmo estando a uma distancia razoavel deles, os homens o avistaram na hora. Derek se levantou, estava sem camisa, apenas com um short que ia um pouco até em baixo dos joelhos e era cinza, seu peitoral brilhava, ele devia ter feito quantas flexões, 1000? - Pensara Stiles ficando um pouco vermelho. Peter notando a timidez do menino, o saudou passando a mão sobre o peitoral de Derek. O moreno foi correndo falar com Stiles, fazia tanto tempo que não o via e nem sentia o seu cheiro saindo do seu corpo, ele só sentia o cheiro de Stiles agora provindo de Scott o que o deixava muito zangado. 

    Stiles jogou suas desculpas para Derek, perguntando sobre o avanço no caso, Derek fascinado pela presença de Stiles, falou vagarosamente que não tinham encontrado nada. Quando Stiles viu que ele falou que não "encontraram" nada, ele ficou mais vermelho e cego de ciumes. Quem é aquele homem ali que se joga para cima de você, eu acho isso uma pouca vergonha, se vocês dois tão namorando por favor, demonstrem carinho apenas em casa, eu vi ele alisando seu peitoral que está muito bem, mas essa não é a questão, vocês não podem jogar a relação de vocês na cara das outras, isso é uma pouca vergonha... - Falou Stiles sem parar para respirar nem um segundo. O moreno o encarou enquanto ouvia a voz de Stiles que não parava de falar, mas aquele som foi interrompido, quando Peter se aproximou e disse: 

- Oi, meu nome é Peter, conheco Derek faz muito tempo, estamos namorando, acho que há uns dias já, prazer em conhecer

*

    Nos ultimos dias, os sonhos de Lydia com uma pessoa de frios olhos azuis tinham se tornado cada vez mais reveladores, toda noite ela sentia a respiração dela em seu pescoço e como aqueles braços tão fortes a envolviam e a apertavam. Ela começara a desconfiar que era vidente, toda vida que ela gritava, um certo periodo de tempo depois passava que a polícia achara um corpo em algum lugar, mas ela podia apenas estar enlouquecendo. 

    Alisson virou uma amiga muito querida, as duas se aproximaram muito depois de toda loucura que aconteceu naquele dia, ela notara que a amiga a usava para fugir da sua realidade, mas ela não ligava, na verdade ela adorava o tempo que passavam juntas, os looks que elas fazia para ir para pastelaria ou quando elas discutiam sobre assuntos sérios como racismo, machismo e carreiras. 

    Jackson tinha parado de atormenta-la, ela só andava com Alisson na escola, o bullying foi a pior parte da escolha dela ser ela mesma, as pessoas começaram a fofocar sobre, inventando histórias como que ela era lésbica ou que ela se achava muito por ter notas boas. Ela não ligava muito ou pelo menos procurava não ligar. Pessoas são más, ela sempre soube disso.

    Uma vez quando ela e Alisson tava indo ao banheiro um menino as perguntou bem alto se elas iriam brincar de tesouras la dentro, Jackson a defendeu prontamente como um amigo, aquilo a deixou muito feliz, afinal ela não tinha namorado um troglodita como ela achara. Depois disso, ela entendeu algumas coisas sobre Jackson: ele é lindo, mas também não quer dizer que é um troglodita completo, ela pensou.

    fazia dois dias que ela não dava um grito e isso a deixara muito feliz, não por isso indicar não mortes e sim porque ela gostava de ignorar o fato de ser diferente. Alisson chegou e se agarrou ao braço dela e elas foram andando e conversando lentamente para aula, sem se importarem com os comentários e barulho ao redor delas, naquele momento era como se elas tivessem em seu mundo particular    
 


Notas Finais


espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...