História Teen Titans - Escola - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Novos Titãs (Teen Titans)
Tags Robrae
Exibições 97
Palavras 1.517
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Hentai, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 20 - Capítulo 20


Fanfic / Fanfiction Teen Titans - Escola - Capítulo 20 - Capítulo 20

                             Raven [ On ]

Já estava de noite quase na hora de ir para onde eu iria. Peguei minha toalha e fui para o banheiro tomar banho. Demorei mais que o esperado. Quando sai Jinx já estava no meu quarto sentada na cama.

Jinx: Pensei que você morreu afogada – Revirou os olhos – Vai sair?

Raven: Sim vou e provavelmente você não vai querer ir junto.

Jinx: Tá me expulsando?

Raven: Estou te livrando de ir comigo.

Jinx: Mas eu quero ir!

Raven: Não é um lugar muito amigável pra você ir – Sorri – É melhor você não ir, mas dorme aqui que eu volto em algumas horas.

Jinx: Aposto que só volta depois das duas horas.

Raven: Apostado.

Jinx: Se você só voltar depois das duas horas vai pintar o cabelo da cor que eu quiser – Sorriu.

Raven: Tudo bem – Sorri.

Jinx: Mas enfim vai aonde?

Raven: Ah, em lugares.

Jinx: Que lugares.

Raven: Lugares que são lugares.

Jinx: Ah sim, super sei aonde é.

Peguei uma blusa preta, uma saia preta, amarrei um casaco vermelho quadriculado na cintura, colar dourado de meia lua ( Não sei se é uma meia lua então vejam nas notas finais a roupa u-u ) e uma meia cano longo preta com uma bota ( E a roupa que ela tá usando é a primeira ), a Jinx estava vendo Girls in the house no meu computador.

Raven: Hey! Mona! Fica no quarto do Wally, já falei com ele. – Olhei pra ela – Se o Jack vier aqui ele vai desconfiar então ANDA! – Quase gritei.

Jinx: Tanto faz. – Sorriu. 

Abri a janela, passei para o lado de fora e fechei ela, logo depois pulei e peguei minha moto saindo da mansão sem fazer muito barulho, dirigi até um tipo de balada? Não sei direito, mas tem bastante gente legal lá, quer dizer legal pra mim e não pra Jinx.

***

Ri de um piada que o garoto do meu lado fez e coloquei um cigarro na boca ( Imaginem aqueles com fumaça colorida) , ia o acender, mas o Louis me interrompeu ( Personagem inventado -qq )

Louis: Sabe que é proibido fumar aqui, né? Muito menos menores de idade podem fumar.

Raven: Então vou lá fora – Sussurrei – É um segredo nosso – Pisquei pra ele – Você vem?

Louis: Claro. – Sorriu.

***

Louis: Você sempre fumou?

Raven: Não, só quando preciso me afastar dos problemas.

Louis: Então pra você isso é uma salvação?

Raven: Estou em uma entrevista por acaso? – Balancei meus pés, estava sentada em cima da “ mesa “ encostada na parede que era um pouco alta então meus pés não encostavam no chão.

Louis: Só quero te conhecer mesmo. – Sorriu MAS QUE SORRISO LINDO ( Foto dele tá na capa ) – Responde minha pergunta?

Raven: Claro, não é bem assim. De vez em quando eu quero conversar com alguém, sei lá, desabafar. E muitas dessas vezes eu estou sozinha, então eu fumo, mas nada de dependência.

Louis: E seus amigos?

Raven: É , eles sempre estão comigo, me apoiando. Mas nem sempre eles querem conversar quando eu quero. Meus amigos só sabem dizer "E aí, novidades ?". Eu não gosto de conversar curtas . Quero falar sobre átomos, aliens, viagens, sexo, inteligência, o significado da vida, as galáxias distantes, as mentiras que disse, suas falhas, seus aromas favoritos, sua infância, oque o mantém acordado á noite, suas inseguranças e medos. Eu gosto de gente com profundidade, que fale com a emoção de uma mente confusa. Não quero saber de " E aí , novidades ?"- coloquei o cigarro na boca.

Louis: Agora você tem a mim pra conversar – Tirou o cigarro da minha boca.

Raven: Ele é colorido – Fiz uma cara de cachorrinho pidão.

Louis: Mesmo assim. – Sorriu. – Olha que boy lindo!

Raven: Perai! Você me deu uma ótima ideia! – Sorri – Você mora aonde?

Louis: Me mudei a pouco tempo, vou começar a estudar na escola de Gotham.

Raven: Ótimo! – Meus olhos brilharam e eu sorri e dei um selinho nele e olhei pro meu celular, eram 04:00. – Fodeu!

Louis: O que?

Raven: Te conto amanhã TCHAU! – Corri pra minha moto e subi nela.

Fui o mais rápido possivél para casa, quase bati umas 4 vezes, mas continuei indo bem rápido. Quando cheguei não tinha nenhuma luz acessa, abri o portão e guardei a moto na garagem e entrei em casa sem fazer muito barulho, fechei a porta e subi as escadas indo pro meu quarto, abri ele e pulo na minha cama, assim que eu deitei a Jinx entra no quarto sorrindo.

Jinx: Já se passaram das duas horas. – Sorriu.

Raven: Por isso que eu vim correndo – Fiz um cara séria e depois ri olhando pra ela – Tá, tá depois me fala a cor do cabelo agora eu quero dormir!

Jinx: Boa noite! – Saiu do quarto e eu dormi com a mesma roupa, sem tirar as botas, estava com muito sono.

***
Acordei com o celular despertando em minha cabeça, desliguei e o joguei longe querendo ficar na cama sem fazer nada o dia inteiro.

***

Perdi a noção da hora com meus pensamentos suicidas contra meu irmão, só quando o meu celular tocou que acordei. Levantei e fui até a porta pegando ele do chão, olhei no visor e era a Jinx.

Jinx: Menina, cadê você? O Jack falou pra eu ir pra escola por que se não iria me atrasar eu tou esperando você na porta da escola faz meia hora.

Raven: Eu ainda estou em casa, no meu quarto. – Digo bocejando.

Jinx: Então trate de se arrumar e vir para a escola, senão eu irei te buscar e as coisas não ficaram boas para seu lado mocinha.

Raven: Jinx?

Ela tinha desligado na minha cara. Bufei e fui para o banheiro, tomei um banho rápido e vesti qualquer roupa que vi pela minha frente assim que abri o guarda roupa. Prendi meu cabelo em um coque e coloquei o capuz da jaqueta por cima, peguei a mochila e o celular em cima da cama, tinha duas mensagens do Robin.

“Já estou indo para escola.” – Escrevi por mensagem e mandei para ele. Desci as escadas e dei sorte da casa estár vazia, não queria ver a cara do Jack. Abri a geladeira e não tinha nada para eu comer de rápido. Eu iria chegar na hora do intervalo na escola, talvez daria tempo de comer algo, peguei uma maça e lavei, dei uma mordida e sai de casa.

***

Chegando na escola entrei rapidamente e esbarrei com o Louis no corredor.

Louis: Está atrasada mocinha – Sorriu e me abraçou.

Raven: Ah e você não é gay. – Olhei pra ele.

Louis: Mas, que?

Raven: Só não assuma e faça um jeito de hétero. – Sorri.

Louis: Só não vou ficar com garotas!

Raven: Só eu, quer dizer, de mentirinha. Ainda não sei ao certo, mas quando eu realmente for fazer isso eu te aviso. – Sorri.

Louis: Tudo bem!

Raven: Você é um amor. – Apertei sua bochecha e ele ficou vermelho. – Ainda mais com vergonha. – Dei um beijo em seu rosto e quando me afastei vi Robin parado perto dos armários me olhando com os braços cruzados. Louis olhou em direção dele e depois voltou seu olhar a mim.

Louis: Seu namorado?

Raven: NÃO! Meu amigo mesmo.

Louis: Amigo ciumento esse seu ein. – Me olhou.

Raven: Não enche.

***

Entrei na sala e Jinx e Louis estavam comendo batatas e conversando. Coloquei minha mochila em cima da minha mesa e sai para ir ao refeitório. Comprei um saco de batatas e uma garrafinha de suco no sabor goiaba.

Raven: Conheceu essa praga? – Olhei pro Louis.

Jinx: EI! Eu sou um amorzinho, tá?

Raven: Sim, super.

Jinx: Vai reclamando, vou descontar tudo no seu cabelo.

Raven: Merda. – Sussurrei e olhei pra porta que se abriu e mostrou o Robin e a Kory rindo e depois se beijando.

Jinx: Ah Deus, isso de novo não. – Me olhou.

Louis: ME EXPLIQUEM AS COISAS PORRA!

Raven: Depois explico.

Jinx: Ele tá precisando de umas surras.

Louis: Bem dadas mesmo, se é que me entende. – Olhou pra mim.

Raven: Cala a boca. – Falei envergonhada.

                               Robin [ On ]

Ok, ok eu posso até ter falado “ Eu nunca voltaria com a Kory “, mas agora vou ver se a Rae gosta mesmo de mim, não que eu esteja usando a Kory, né? Puft quem faria uma maldade dessa? A Raven estava conversando direto com aquele garoto. Isso me dava raiva, que droga! Quando a aula acabou eles se separaram e ela foi conversar com o Victor e o Gar, então fui até eles.

Robin: Voltei com a Kory.

O Gar sorriu e o Victor me olhou desconfiado.

Raven: Quem liga é celular, eu não.

Robin: Ah, passo na sua casa ás 19:00 horas hoje, ok?

Raven: Sua namorada não vai gostar.

Robin: Como amigos?

Raven: Tanto faz. – Começou a mexer no celular e sorriu logo após, consegui ver e era uma mensagem do Louis. – Tenho que ir, ás 19:00?

Robin: Sim.

Raven: Good Bye! – Correu pro lado de fora da escola e desapareceu da minha visão.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...