História Teen Wolf- 6 temporada - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Liam Dunbar, Lydia Martin, Personagens Originais, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stiles Stilinski
Exibições 10
Palavras 1.397
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Voces acreditam?


Estava olhando pela janela da sala, tentando pensar no que faria agora. Lilly havia adormecido no sofá, depois que se acalmou, mas o que ela me contou ainda martelava na minha cabeça. A única coisa clara para mim, era que eu, de algum jeito, teria que me comunicar com o pack. Agora a pergunta era: como? Isso eu não fazia ideia, talvez se eu falasse com o Scott? Ou a Lydia? Ou talvez todos juntos? Não sei, mas teria que decidir rápido, e tentar falar com eles amanha, teria que falar com a Lilly sobre isso também.

Ah cara, porque a minha vida tinha que ser tão complicada? Tudo seria tão mais fácil se as coisas tivessem continuado normais.

[...]

-Stiles...Stiles...STILES- acordo num pulo assustado

-Oque? Onde? Como? Quando?- pergunto olhando pros lados freneticamente

-Calma seu retardado, sou- falou a Lilly com uma cara de tacho- Se vista, você vai se atrasar!- falou saindo do quarto. Me levantei, fui ao banheiro, fiz minha higiene matinal e me vesti. Desci as escadas e fui para a cozinha, chegando la encontro Lilly tomando café e comendo torradas com bacon.

-Legal, você fez café!- falei animado me sentando e começando a comer

-Não se acostume, eu não vou fazer o café sempre, só fiz porque estava com fome.- falou mal-humorada dando uma mordida na sua torrada

-Acordou de bom humor hoje é- ironizei e ela me mandou uma cara feia- Voce esta bem?- perguntei não conseguindo conter o tom de preocupação na voz.

-...-assentiu em silencio, terminando de tomar seu café, e colocando o que sujou na pia.

Terminei de tomar o meu café e fui para o meu jeep, entro nele e logo depois Lilly também. Descido falar com ela sobre minha ideia de contar aos meus amigos sobre quem eu sou.

-Entao... Eu tava pensando, e se eu falar para meus amigos quem eu sou, e sobre esse novo inimigo?- perguntei e ela deu de ombros

-Tanto faz, você decidi. Mas se for falar sobre mim, não diga meu nome.- não entendi porque ela não queria que eu falasse seu nome, mas decidi não perguntar pois senti que ela não iria me dizer mesmo.

[...]

Era intervalo, eu e Lilly estávamos combinando o que eu falaria para o pack quando chegasse perto deles. Devo admitir que estava um pouco nervoso. Ok, muito nervoso.

-Ok, vamos repassar suas falas de novo: Primeiro você vai la, diz oi, depois diz que quer falar com eles, ai depois diz que sabe o que eles são, e se eles perguntarem você diz que sabe que eles são seres sobrenaturais. E ai depois diz que ama a Lydia, certo?!

-Certo! Pera, que? Eu não vou me confessar pra Lydia sua maluca!- perguntei olhando pra ela como se ela fosse uma louca, e ela começou a rir da minha cara

-Foi...mal..é..que..é muito...engraçado te ver.....nervoso....- falou em meio as risadas e eu a encarei com raiva.- certo, agora vai logo la que não temos a vida toda.- falou fazendo sinal com a mão para que eu saísse.

Sai de la e fui caminhando até a mesa do pack, chegando la a primeira pessoa a me ver é a Lydia;

-Oi Stiles!- falou sorrindo, eu sorri de volta e todos me encararam. Era agora ou nunca.

-Oi, é, eu queria falar com vocês todos- falei coçando a nuca em sinal de nervosismo.

-Sobre?- perguntou o Scott

-Eu sei o que vocês são.- falei direto, e eles arregalaram os olhos, então continuei.- Sei que vocês são seres sobrenaturais.

[...]

-E foi isso- falei terminando de contar tudo que aconteceu nos últimos dois meses.

-Ele esta falando a verdade, eu ouvi os batimentos dele- falou Scott para o pack

-Mas como podemos saber se é mesmo verdade? Ele pode ser apenas um ótimo mentiroso.- falou Liam

- A qual é, vocês não sentem como se algo estivesse errado? Como se algo estivesse faltando? Scott?!

-Eu...Não sei...

-Eu acredito em você.- falou a Lydia me surpreendendo- Seu nome, sua aparência, sinto como se já te conhecesse, mas não consigo lembrar da onde.- falou tocando no meu rosto, me fazendo arrepiar com seu toque.

-Certo, digamos que tudo o que você falou seja verdade, e que tem novos inimigos na cidade e que corremos perigo. Como sabe de tudo isso?- perguntou Malia e todos me encararam.

-Uma garota, ao que parece ela é a única na cidade que lembra quem eu sou. O que de inicio eu achei estranho já que eu nunca tinha visto ela na minha vida antes. Ela teve essa visão, sobre os Cavaleiros, e a explosão de raios. Eu acho que ela é um ser sobrenatural, também, mas não tenho certeza.- falei e eles se entre olharam e quem falou foi o Scott;

-E quem é essa garota?- na hora que ele perguntou isso, me lembrei que Lilly disse para não falar quem era ela.

-Eu não posso falar, ela não quer que eu diga.

-E como podemos confiar em você se não nos diz quem é ela?- dessa vez foi Hayden quem se pronunciou.

                -É mesmo, ela-essa garota- pode ser a nova inimiga, e ter feito com que você falasse tudo isso para que confiássemos em você? Vai ver ela é uma bruxa e te enfeitiçou para que achasse que tudo isso é verdade, fazendo assim com que nos achemos que é verdade também.- falou o Mason, fazendo com que todos os meus argumentos não valessem de nada, e complicando ainda mais a situação. Ótimo.

-É um bom  argumento- Falou a Lilly brotando do inferno no meu lado fazendo com que eu tome um cagaço, serio como ela faz isso?

-Credo garota, da onde você saiu? Sabia que isso esta se tornando um péssimo ato, aparecer assim do nada no meu lado? Se eu tiver um infarto e morrer eu vou mandar a conta do meu velório- falei com a mão no peito me recuperando do susto. Ela revirou os olhos e deu uma risadinha.

-Am, Stiles, com quem você esta falando?- me perguntou,  Malia

Olhei pra eles e todos me encaravam confusos

-Como assim com quem estou falando? Com a garota do meu lado!

-Stiles, não tem ninguém do seu lado- disse a Lydia.

-Eles não podem me ver- falou a Lilly e eu a encarei

-Como assim eles não podem te ver?- perguntei confuso

-Só me ve quem eu quero que me veja Stiles- falou me deixando ainda mais confuso. Entao me veio a pergunta que a algum tempo já me rondava na cabeça:

-O que você é? E porque não quer que eles te vejam?

-Porque dai eles saberiam quem eu sou.- disse simples

-E porque não quer que eles saibam quem você é? Quem é você afinal?- perguntei, ela apenas olhou para o lado e depois olhou para mim sorrindo;

-Voce é o Stiles, vai dar um jeito de descobrir.- e sumiu.

Ela simplesmente sumiu.

-Eu acredito em você- falou o Corey, e todos, inclusive eu, olharam para ele- Eu consegui ouvir a garota e ouvi-la enquanto estava invisível, e com certeza ela não é uma bruxa.- falou e todos tornaram a me fitar.

-Agora vocês acreditam em mim?- perguntei meio desesperado. Eles se entreolharam, e balançaram a cabeça positivamente, mas meio hesitantes, como se todos tivessem pensado na mesma coisa e concordado.

-Sim- responderam todos em uníssono , e por um momento eu senti que tudo daria certo de novo- mas vamos querer o nome da garota, e saber como ela é.- continuou Scott- Que ótimo. Mas se esse for o único jeito, eu vou ter que contar, e dane-se se vao descobrir quem é a Lilly, eu só quero acabar com isso, e ter meus amigos de volta. E se esse era o único jeito, entao era o que eu faria.

-Ela é baixinha, uns cinco centímetros  mais baixa que a Hayden, pele meio bronzeada, olhos azuis, cabelos longos e ondulados loiro escuro. E ela apenas me deu um apelido. Disse pra chama-la de Lilly.- terminei de falar e o Maison e a Hayden arregalaram os olhos enquanto o Liam engasgava com o nada. Estranho.

-Voce disse Lilly?- perguntou de pois de quase morrer engasgado, e eu o encarei confuso, assim como os outros.

-Sim. Porque? Você a conhece?

-Vamos para o hospital. Explico tudo pra vocês la.- falou, saindo da sala em que estávamos, e nos o seguimos.


Notas Finais


Desculpem não ter postado na terça é que não deu '='

Espero que tenham gostado, até o proximo

Bjos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...