História Teen wolf - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Marie Avgeropoulos, Teen Wolf
Personagens Breaden, Brett Talbot, Corey Bryant, Derek Hale, Garrett, Hayden Romero, Jordan Parrish, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Marie Avgeropoulos, Mason Hewitt, Mieczyslaw “Stiles” Stilinski, Personagens Originais, Peter Hale, Scott McCall, Theo Raeken, Violet
Tags Amor, Lobisomens, Morte
Visualizações 37
Palavras 1.104
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 30 - Motel Califórnia


Fanfic / Fanfiction Teen wolf - Capítulo 30 - Motel Califórnia

- Bom, eu já vi pior. Falou Scott quando eles pararam em frente a um hotel.

- onde você já viu pior ?- Falou Stiles.

- Atenção a competição foi adiada pra amanhã, esse é o hotel mais próximo com mais vagas e menor número de exigência quando se trata de aceitar um bando de adolescentes como vocês, vão ficar em duplas, escolham bem. Falou o treinador mostrando as chaves.

- podemos ficar nos três ?- Perguntou Amanda olhando pra Allison e Lydia.

- tudo bem mais não aprontam nada. Falou o treinador.- E nada de preversoes  sexuais dentro dos quartos, é o seguinte nada de mão boba ou saliência entre os coleguinhas.

- não gosto desse lugar. Falou Lydia seria.

- acho que nem os donos gostam desse lugar. Falou Allison.

- É só por uma noite. Falou Amanda.

- muita cosia pode acontecer em uma noite. Falou Lydia.

Amanda estava tomando banho e sentiu alguém entrando no quarto,ela abriu a cortina e viu Scott sério.

- tá fazendo o que ?- Perguntou Amanda.

- procurando você. Falou Scott.

- já me encontrou, no banho, levemente nua se não percebeu. Falou Amanda.

- eu ainda não tive a chance de dormir com você. Falou Scott.

- E nem vai, lembra que a gente não tá mais junto ?- Falou Amanda.

- ainda somos amigos né. Falou Scott.- Podemos ser amigos íntimos.-  Falou Scott se aproximando dela.- até podemos resolver as coisas entre nós.

- Scott. Falou Amanda e Scott tocava nela.- o que tá fazendo? Você tá bem.

- to eu tava.....foi mal eu não lembro. Falou Scott saindo dali.

 

- quer que eu vá te buscar?- Perguntou Rose.- Eu não me importo em dirigir há noite.

- não tá tudo bem, a gente tá num hotel. Falou Amanda.

- É a escola que paga ?- Perguntou Rose.

- paga, não é lindo mais é só por uma noite mesmo. Falou Amanda.

- Como se chama?- Perguntou Rose.

- não sei. Falou Amanda.

- você tá bem mesmo?- Perguntou Rose.

- claro mãe, não precisa se preocupar. Falou Amanda.

Amanda desligou o celular e entrou no quarto.

 

- Você não disse que era 198?- Falou Allison olhando o número na recepção.

- eu juro, era 198. Falou Lydia.

- tá e o que significa? Que teve mais três suicidios?- Falou Amanda.

- Ou que tem mais três pra acontece. Falou Lydia.

 

- A última vez que o Scott agiu assim foi na noite de lua cheia. Falou Amanda.

- é pode crer ele ficou esquisito naquela noite. Falou Stiles.- mais na real o Boyd é que tava esquisito, eu vi ele dá um soco na máquina do hotel.

- Viu é esse hotel, ou a gente sai daqui agora mesmo ou alguém aprende a fazer um exorcismo rápido antes que os lobisomens matem todo mudo. Falou Lydia.

- E se não for o hotel? O número sumiu pra três. Falou Amanda.

- como sacrifícios?- Falou Allison.

- e se dessa vez forem três lobisomens?- Falou Stiles.

- Scott, Isaac e Boyd. Falou Amanda.

- não era pra gente vir pra cá. Falou Stiles.

- exatamente, vamos logo sair daqui. Falou Lydia.

Eles ouviram um barulho de serra elétrica e se olharam.

 -  alguém tá ligando a serra elétrica. Falou Amanda.

Eles correram em direção ao barulho e viram Ethan tentando cortar a barriga. Lydia tirou a serra da tomada e Ethan tentou se cortar com as unhas, Stiles empurrou ele no chão e ele voltou ao normal.

- o  que aconteceu ?- Falou Ethan saindo dali.

- Espra aí Ethan. Falou Stiles seguindo ele.

 

- eu já disse, eu não sei como entrei lá e nem o que tava fazendo. Falou Ethan.

- olha só você podia ajudar mais. Falou Stiles.

- A gente salvou a sua vida. Falou Amanda.

- Eu acho que não deviam ter feito isso. Falou Ethan saindo.

- e agora?- Falou Lydia.

- eu acho o Scott procurem o Isaac e o Boyd, o melhor de tudo é tirar eles daqui. Falou Amanda indo atrás de Scott.

Amanda procurou Scott por todos os lados e não achou.

- eu não acho o Scott em nenhum lugar. Falou Amanda. 

- Ta acontecendo com ele também né ?- Falou Stiles.

- concerteza, mais não tinha outro sinalizador no ônibus?- Perguntou Lydia.

- eu vou pegar. Falou Stiles.

Eles saíram pra fora e Viram Scott com o sinalizador na mão.

-Scott. - Falou Amanda se aproximando dele  e vendo o litro de gasolina.

- não tem esperança. Falou Scott.

- como assim Scott? Sempre há esperança. Falou Amanda.

- Não pra mim, não pro Derek. Falou Scott.

- O Derek não foi culpa sua, você sabe que a culpa não foi sua. Falou Amanda.

-  toda vez que eu tento lutar só piora, pessoas sempre se machucam, as pessoas sempre morrem. Falou Scott.

- Isso não é você, é alguém dentro da sua cabeça dizendo o que você tem que fazer. Falou Stiles.

- e se não for ? E se for só eu ? E se tomar essa decisão for a melhor coisa há ser feita pra todo mundo. Falou Scott.- Tudo começou naquela noite, a noite em que eu fui mordido, você se lembra de como a gente não era nada? a gente não era popular, não era bom em Lacross, a gente não era importante, a gente não era ninguém, talvez eu devesse se ninguém de novo. - falou Scott ligando o sinalizador.

- Scott você não é um ninguém, você é alguém , você é meu melhor amigo, eu preciso de você , Scott você é meu irmão , então se você fizer isso vai ter que me lavar com você. Falou Stiles tirando o sinalizador da mão de Scott e atirando longe.

- não. Falou Lydia empurrando eles dois, o sinalizador caiu perto da gasolina causando uma explosão.

 

- Eu não quero nem saber, é sério eu não quero nem saber,  mais só uma coisa, a competição foi anulada, nós vamos pra casa todo mundo pro ônibus. Falou o treinador olhando eles dormirem no ônibus.

- Posso ver seu apito?- Pediu Lydia pegando o apito do treinador.

- você vai ter que devolver. Falou o treinador indo falar com Ethan.

Lydia assobrou o apito e na mão dela caiu Aconito.

- Aconito. Falou Amanda.

-todos nós inalamos. Falou Scott.

- todos foram envenenados. Falou Allison.

- Foi assim que o Darach entrou na cabeça deles. Falou Stiles.

Stiles pegou o apito e atirou pela janela.

- Stiliski. Falou o treinador e o ônibus começou a andar.

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...