História Teen Wolf Apenas uma noite - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Exibições 158
Palavras 4.233
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um capitulo quentinho...
Não está do meu agrado, mas...

Capítulo 25 - Juntos?


CAPITULO XXV- Juntos?

 

Liam só teve tempo de ver a tatuagem em circulo em um dos braços que pularam o balcão, antes de ser agarrado e ter sua boca assaltada por lábios ansiosos. Suspirando ele deu espaço a língua que sedenta logo conquistou a vitória desejada, provocando-o com sua dança sensual, uma mão subiu por suas costas, enquanto a outra segurou sua nuca mantendo um aperto duro em seu cabelo. O garoto ainda confuso pousou suas mãos no peito musculoso, se perdendo no momento, aos poucos ele lutou por ar, e se afastou, inalando o cheiro forte e reconfortante de...

_ Scott?

Ele gritou tentando se livrar dos braços dele, mas o alfa apenas riu, o mantendo apertado contra seu peito, onde Liam se aquietou ouvindo as batidas aceleradas do coração de seu alfa, sua respiração descompassada, se ele não tivesse sido parte fundamental no que acabara de acontecer, diria que Scott havia acabado de participar de uma maratona.

_ Que lindo!_ Os dois ouviram a exclamação seguida das palmas_ Comovente!

_ Brett!_ Liam disse corado, empurrando Scott_ Eu...

_ Não precisa se explicar Liam!_ Ele o interrompeu_ Se soubesse que você gostava de uma pegada mais forte eu teria avançado para cima antes! Como sempre me surpreendendo pequeno Anima!

_ O que?_ O garoto gritou partindo para cima dele, mas Scott colocou uma mão em seu peito, mantendo-o no lugar_ Agora chega Brett, cansei das suas insinuações, posso ser grato a você por tudo o que fez por mim e por Alex, mas para aí!_ O lobo loiro abriu a boca para falar algo, mas Liam o cortou_ Gratidão não me obriga a ficar aqui parado ouvindo seus julgamentos e suas asneiras!_ Ele continuou_ Você me acusa de ser uma puta em busca de dinheiro e poder, mas quem está cheirando a perfume barato e a sexo apressado não sou eu! Por isso meu amigo, repense seus conceitos, porque eu acho que a puta aqui é você!_ A essa altura ele gritava e gesticulava irritado, atraindo a atenção da boate quase inteira.

_ Liam..._ Scott tentou para-lo segurando seus braços, mas o garoto se livrou dele o empurrando para longe.

_ E você tire suas mãos de mim!_ Ele gritou_ Acha que eu vou me render a você só por causa de um beijo?_ Scott o encarou surpreso_ Não querido, não mesmo! Eu posso te amar, infelizmente eu ainda o amo, sou louco por você, mas chega! Está me ouvindo? Cansei! Então tire o seu cavalo da chuva e se resolva primeiro! Eu não vou ser um brinquedo de morder em suas mãos mais, se me quer, se me ama. Prove!

_ Posso saber o que está acontecendo aqui?_ Um homem bem vestido, aparentando estar na casa dos trinta anos interrompeu a discussão, olhando para os três com um ar divertido e sério ao mesmo tempo_ Você quem é?_ Perguntou olhando diretamente para Scott que ainda continuava junto a Liam atrás do balcão_ Eu não me lembro de tê-lo contratado!

_ Não, eu sou...

_ Ele não é ninguém!_ Interrompeu Liam.

_ Não me pareceu ser um ninguém!_ O homem sorriu envergonhando-o_ Dramas particulares são resolvidos longe destas portas, garoto!
             _ Perdão!_ O jovem lobo tornou_ Eu...

_ Venha comigo agora!_ Ele ordenou num sorriso.

_ Sim senhor!_ Liam balançou a cabeça.

_ Liam, você..._ O lobo moreno segurou seu braço.

_ Já disse Scott, se me ama prove isso!_ Ele puxou seu braço, sussurrando à ele furioso_ Termos um filho juntos não lhe dá o direito de achar que pode chegar e por suas mãos em mim a hora que quiser!_ O pequeno passou por ele de cabeça erguida.

O alfa inalou profundamente, enquanto assistia Liam dar a volta no balcão para depois acompanhar o patrão. Logo após ele fez o mesmo trajeto saindo de trás do balcão, pensando em tudo o que o seu filhote falara, de cabeça baixa, ele atravessou o salão sem olhar para ninguém, saindo pela porta, respirou o ar puro da noite seguiu para seu seu carro destrancando-o, ele entrou, deitando sua cabeça no volante. Ainda surpreso com toda a situação, ele começou a rir, passando os dedos sobre seus lábios, sentindo o gosto do beijo, o cheiro de seu lobinho continuava sobre ele e sua natureza lupina se regozijava de felicidade por isso. Liam tinha dito que o amava, seu pequeno de olhos azuis disse que era louco por ele e isso tinha lhe dado esperanças. Ele só precisava fazer as coisas certas dessa vez, provar seu amor por ele. Seu celular vibrou em seu bolso assustando-o, alcançando-o ele olhou para a tela, escolhendo ignorar a ligação, mas o mesmo começou a vibrar novamente logo em seguida, suspirando pesado, ele aceitou a chamada.

_ O que foi Michael?_ Ele perguntou irritado.

_ Scott, meu amor!_ O homem disse_ Onde você está?

_ O que você quer?_ Tornou ríspido sem responder sua pergunta.

_ Nada, eu só... Eu acabei de ter um pesadelo Scott, aqueles olhos vermelhos, aquela coisa correndo atrás de mim!_ Ele inalou duramente_ Eu chamava e você não vinha me salvar! Acordei assustado e não te encontrei. Eu preciso de você aqui bebe!

_ Já tomou o remédio que o médico te deu?_ Ele disse_ Eles são para isso Michael, para fazer você relaxar e dormir!

_ Mas Scott...

A voz do homem continuou em seu ouvido, mas mais para um zumbido chato e sem sentido, quando Scott viu a porta da boate se abrir e Liam sair por ela irritado.

_ Olha Michael!_ Ele disse_ Eu tenho que ir.

_ Scott, eu...

Scott ignorou o homem encerrando a chamada, jogando o aparelho no banco traseiro, ligou o carro, saindo em busca de sua felicidade.

Derek acordou assustado com nítida impressão de ter uma terceira pessoa na casa, se mexendo devagar tentou afastar Alex, mas o pequeno resmungou aconchegando-se ainda mais à ele usando seu peito como travesseiro, redobrando o cuidado e o mais calmamente possível empurrou a criança para o lado, levantando-se indo em direção a sala.

_ Está ficando velho, lobo?_ Uma voz o questionou no escuro_ Está bem enferrujado pelo tempo que levou para chegar até aqui!_ O visitante riu caminhando em sua direção e um leve som de algo batendo se ouviu no ambiente_ Filho da mãe! Quem teve a maldita ideia de por esta mesa de centro no centro da sala!

_ Stiles!_ Derek caminhou até o interruptor ascendendo as luzes_ Como entrou aqui? E por que está no escuro?

_ Não queria te assustar!_ Ele falou pulando num pé só_ Maldita mesa! Acho que quebrei meu dedinho!

_ E entrar aqui sem qualquer aviso já não era susto o bastante?_ Derek se aproximou do jovem ajoelhando-se a sua frente, examinando seu pé_ Porque está descalço?

_ Deixei os sapatos no seu apartamento, a chave reserva estava lá!_ Ele deu de ombros_ Fiquei com saudades?_ Ele fez beicinho.

_ E por isso resolveu matar o velho lobo do coração?_ Derek riu ainda ajoelhado e com a cabeça voltada para cima_ Podia ter me mandado uma mensagem?

_ E estragar a surpresa?_ O menor sorriu_ Mas já que está ai embaixo, não quer me examinar melhor não? Acredito que tenha batido outra parte do meu corpo e acho que está inchando rapidamente.

_ Coloca gelo tio Sty!_ A voz infantil e sonolenta interrompeu a conversa deles, fazendo com que os dois adultos na correria do momento batessem a cabeça um no ouro_ Vocês estão doidos?_ Alex riu da atrapalhada deles.

_ Não pequeno!_ Derek esfregou o alto de sua cabeça, olhando para Stiles que massageava o queixo_ Tio Derek só estava ajudando tio Sty, que bateu o dedo do pé no canto da mesa!

_ É isso mesmo Alex, tio Sty machucou o dedo do pé!_ Stiles levantou o pé mostrando ao menino_ Dói muito!

_ E o que mais você machucou tio Sty?_ O menino se aproximou dos dois olhando do dedo do pé para o rosto de Stiles.

_ Nada mais Alex, tio Sty não machucou nada além do dedinho fedido!_ Derek respondeu apressado, olhando feio para o namorado.

_ Mas ele disse que tinha batido outra parte do corpo e que estava inchando rapidamente?_ O lobinho repetiu as mesmas palavras de Stiles_ Você não quer examina-lo melhor tio grandão? Tio Sty é só um humano e ainda por cima muito magrelo, e se ele quebrou alguma outra coisa?

_ Tio Sty é o que?_ Stiles gritou enquanto Derek ria_ Olha aqui molequinho de boca grande e atrevido, você pode ser um lobinho e o tio Sty só um humano magrelo, mas ainda posso te segurar e dar umas boas palmadas nesse seu traseirinho gordo!

_ Eu só quero te ajudar tio Sty!_ Alex tornou rápido_ Quer que eu vá buscar gelo? Quando eu me machuco assim como você, papai sempre põe gelo para sarar mais rápido!

_ Quer colocar gelo no machucado inchado tio Sty?_ Disse o lobo de olhos verdes rindo_ Vai que aconteceu algo grave e o lugar afetado inche demais, o gelo pode ajudar a desinflar as coisas!

_ Vai rindo lobão, tua batata tá no fogo!_ O jovem caminhou até o sofá se jogando nele_ E porque certo lobinho está de pé? Não é hora de ficar ouvindo conversa dos grandes senhor Alexsander Dunbar MacCall!

_ Eu não sou MacCall tio Sty!_ O menino bateu o pé cruzando os braços_ Não sei por que você vive falando meu nome errado?

_ Tio Sty é bobo Alex!_ Derek se aproximou do menino carregando-o e colocando-o sentado em cima das costas de Stiles_ Vamos lá cavalinho!_ Ele deu um tapa na bunda do namorado que saltou mais de susto do que dor, depois ele se afastou indo sentar em outra poltrona.

_ Vamos lá cavalinho!_ Alex repetiu saltando sobre as costas do jovem Stilinsk_ Vamos lá!

_ Calmo lobinho, desse jeito, ai..._ Ele gritou quando o menino saltou novamente_ Desse jeito você vai quebrar o tio Sty, ai nem todo o gelo do mundo vão conserta-lo!

_ Não tio Sty!_ O menino parou de saltar e deitou sobre suas costas, acariciando sua face_ Eu não quero quebra-lo não! Tio Derek iria ficar muito e muito triste, igual quando você não estava aqui e deixou ele sozinho!_ Ele se aproximou do ouvido de Stiles_ Eu tive até que abraçá-lo para curar sua saudade! Não deixa o tio grandão sozinho mais não tio Sty, é muito triste ficar sozinho!

_ Tio Sty nunca vai deixar o tio grandão sozinho Alex, nunca! Sabe por quê?_ Alex olhou para o mais velho balançando a cabeça_ Porque tio Sty ama o tio grandão um monte!

_ Quanto um monte?_ Alex desceu de suas costas indo em direção onde  Derek estava sentado subindo em seu colo_ Quanto um monte tio Sty? Assim?_ Ele mostrou a abertura com suas mãos.

_ Um tantão assim ó!_ Stiles o imitou abrindo os braços levantando-se_ Do tamanho deste abraço!_ Ele abraçou os dois lobos beijando a bochecha de cada um deles_ Meus dois lobos preferidos!

_ E o papai?_ Alex perguntou.

_ Seu papai também!_ O jovem bagunçou o cabelo do pequeno_ Seu papai é o irmãozinho caçula chato que o tio Sty nunca teve!

_ Você é irmão do papai?_ Alex colocou o dedo debaixo do queixo fitando-o confuso_ Mas quando eu disse ao papai que eu queria uma irmãzinha ele me disse que não tinha irmão.

_ Você disse ao seu papai que queria ter uma irmãzinha?_ Stiles se ajoelhou a sua frente, enquanto o menino afirmou com a cabeça_ E o que ele lhe disse?

_ Que não, claro!_ Alex revirou os olhos_ E disse também que ele sabia que era chato não ter irmão, porque ele também não tinha? Então como você pode ser irmão do papai?

_ Sabe o que é lobinho!_ O jovem tocou a ponta do nariz dele com o dedo_ Às vezes a gente tem irmãos que são irmãos mesmo, que nasceram dos mesmos papais, mas outras vezes, a gente fica amigo de alguém tanto, que criamos um carinho tão grande por esse alguém, que a gente vira irmão de coração desta pessoa!

_ E você tem esse carinho pelo papai tio Sty?

_ Sim lobinho, tio Sty tem! Pelos seus dois papais...

_ Quem vai querer chocolate quente!_ Derek cortou seu discurso falando alto e olhando feio para Stiles.

_ Eu quero!_ Alex gritou batendo palmas.

_ Tio Derek vai fazer!_ O moreno levantou-se entregando o menino nos braços de Stiles_ Vocês dois me esperem na cama!_ Ele deu um beijo na testa de cada um_ Boquinha fechada magrelo!_ Ele sussurrou no ouvido do namorado.

Liam abriu a porta da boate, saindo por ela, o frio noturno arrepiou seu corpo e ele inalou duramente, xingando-se ao fazer isso, pois ele estava coberto do cheiro de Scott. Maldito lobo, por sua causa havia se descontrolado e agora estava sem emprego novamente. Maldito coração também, por insistir em amar esse idiota, ele não podia compreender que seu dono estava cansado de sofrer. Colocando a mão no bolso de seu velho moletom, riu seco quando seu dedo encontrou um buraco dentro dele. Maravilha! Alex crescendo mais rápido que abobrinha e ele agora precisando de um agasalho novo.

_ Fantástico!_ Disse alto na rua quase deserta_ Maravilha senhor MacCall tem como deixar a minha vida mais perfeita?

Caminhando ele seguiu pela calçada, tentando encontrar uma solução. Tinha dinheiro guardado para eventualidades como essa, aprendera a economizar desde pequeno com o episódio do café, ficar meses a custas de frutas no colégio o ensinou a ser cauteloso quanto ao futuro. Mas ainda assim não seria o suficiente, Alex tinha diversas necessidades, o dinheiro não duraria para sempre e se tinha algo que mais doía em fazer, era ter de tirar algo que seu filho gostava, preferia mil vezes ficar sem comer, do que economizar com seu lobinho.

_ Entra no carro!_ O garoto saltou assustado ao ouvir a voz a seu lado.

_ O que você quer agora Scott?_ Ele continuou andando_ Já não fez estragos o suficiente por esta noite?

_ Me obedeça pelo menos uma vez na vida Liam, entre no carro!_ Scott disse pela janela do veículo.

_ Para que?_ Ele parou de repente fazendo com que o alfa freasse as pressas_ Porque quer que eu entre no seu carro Scott? Para me fazer ameaças? Ou quem sabe para que possa me foder no banco traseiro?_ O garoto o encarou com seus olhos faiscando em fúria_ Michael te deixou na seca? Agora quer aliviar suas frustrações no idiota do beta carente? O burro passou tanto tempo te idolatrando mesmo não é? Que vai ser fácil levá-lo no bico.

_ Liam..._ Scott disse descendo do carro_ Você está mesmo se ouvindo? Acredita nestas palavras?

_ Eu encontrei um buraco!_ O alfa balançou a cabeça confuso, tentando encontrar sentido em suas palavras_ Eu encontrei um maldito buraco no meu moletom!

O menino o encarou, seus olhos azuis esverdeados estavam ainda mais intensos, como a prenuncia de uma tormenta, mordendo o lábio inferior, ele baixou a cabeça, seu corpo tremendo.

_ Liam...

_ Não Scott!_ Ele disse_ Estou cansado!_ Ele inalou fundo, passando a pontas dos dedos sobre sua testa_ Me deixa em paz! Só isso que te peço!

_ Não Liam, me perdoe, mas desta vez eu não vou te deixar!

_ Por que não Scott? Por quê?_ Ele levantou a cabeça, lágrimas escorriam por sua face_ Meu moletom tem um buraco!

_ Droga Liam!_ O moreno se aproximou do menor, trazendo-o junto a seu peito, apertando-o forte em seus braços_ Eu compro um novo para você, maldição eu compro quantos agasalhos novos você quiser!

_ Eu não quero um agasalho novo Scott!_ Ele levantou o rosto fitando o alfa nos olhos_ Eu quero...- Deu um longo e dolorido suspiro_ Eu quero poder deitar e dormir, sem ter de pensar se o dinheiro vai dar até o final do mês, se amanhã eu vou ter grana o suficiente para pagar um sorvete quando Alex pedir, ou quem sabe ele poder ter uma pizza completa ao invés do pedaço vendido na lanchonete da esquina!_ Suas palavras saiam sufocadas, devido a emoção_ Quero poder entrar numa loja e comprar a camiseta azul que meu filho gostou sem ter de economizar centavo por centavo para isso, sem precisar ter de mentir à ele quando me perguntar porque não comprei também um jeans novo para mim, já que os meus estão velhos e gastos! Eu quero... Eu quero não ter um ataque como este só porque encontrei um maldito buraco no meu moletom!

_ Liam... Liam..._ Scott beijou no topo de sua cabeça_ Meu pequeno Liam!

_ Estou cansado! Cansado de lutar Scott, cansado de..._ Ele inalou fundo_ Alex tem seu cheiro, o nosso cheiro!_ Ele riu_ Eu não tinha percebido até o Derek...

_ Derek... Se já não bastasse você falar do maldito Brett, agora tem o Derek!_ O moreno exclamou exasperado.

_ Scott!_ Liam gritou lutando para sair dos braços dele_ Eu...

_ Eu amo você Liam Dunbar!_ O garoto balançou a cabeça_ Eu. Amo.Você!_ Ele frisou cada palavra_ Acredite nisso!

_ Eu quero acreditar!_ Ele deixou-se abraçar_ Mas eu não posso Scott, eu não suporto mais todo esse sofrimento, eu não nasci com vocação para heroína de novela mexicana!

_ O que?_ Scott colocou um dedo debaixo do seu queixo levantando seu rosto fitando seus olhos num sorriso_ Eu vou provar isso à você Dunbar! Você verá meu lobinho!

O menino fechou os olhos, balançando a cabeça, ainda negando a acreditar. Ele não podia se dar ao luxo de ter esperanças, Scott MacCall, não o amava.

_ Entre no carro Liam, por favor!

O lobo de olhos azuis suspirou desanimado fazendo o que fora pedido, entrando no carro, e Scott sorriu consigo mesmo, internamente ele dava pulos de alegria comemorando sua pequena vitória.

_ Seu celular?_ Liam disse assim que ele entrou no veículo e o moreno voltou o olhar para ele numa pergunta muda _ Seu celular está vibrando!

_ Ah, meu celular. Deixe._ O mais velho deu de ombros.

_ Pode ser importante!_ Liam disse se dobrando no banco para alcançar o aparelho no assento traseiro, mas Scott o segurou_ Scott?_ O garoto o olhou por um instante_ É Michael não é?_ Teve um balançar de cabeça como resposta.

Derek olhou para Stiles sorrindo, seu magrelo estava deitado cantarolando uma canção de ninar, enquanto seus dedos corriam suavemente pelos fios do cabelo negro de Alex, a criança estava deitada sobre o peito do jovem Stilinsk, por sua respiração lenta e monótona, o pequeno já a muito dormia. Era fácil se imaginar ali, com um filho seu e de Stiles, seu garoto parecia tão a vontade no papel de tio que era difícil não ver como seria um pai maravilhoso.

_ O que foi?_ Stiles perguntou sorrindo encabulado.

O Hale balançou a cabeça dando um sorriso maior ainda, aproximando seu rosto a centímetros de distância do dele, seus olhos verdes brilharam fazendo com o coração de Stiles parasse uma batida.

_ Eu te amo Stiles Stilinsk!_ Pousou sua boca sobre a dele dando-lhe um beijo calmo_ Você é a coisa mais maravilhosa que aconteceu na minha vida!_ Ele deu mais um selinho.

_ Eu te amo também Derek Hale! Você é a coisa mais inusitada e feliz que podia ter acontecido em minha vida!

_ Stiles eu...

Alex se mexeu resmungando algo sobre o peito de Stiles, provocando o riso dos dois. Era engraçado como o menino era tão parecido com Scott fisicamente, mas na maneira de ser, de se portar era Liam em tudo.

_ Quem poderia imaginar que nós dois estaríamos hoje servindo de babá para o filho de Scott MacCall e Liam Dunbar!_ Stiles falou deixando por esquecido o que o lobo moreno ia dizer_ Se me dissessem sobre essa remota possibilidade anos atrás eu riria na cara do emissário!

_ Sim!_ Derek se sentou puxando Stiles para seu colo que segurou Alex trazendo-o junto com ele_ E quem diria que o pirralho marrento seria um pai formidável dessa adorável criaturinha!

_ Pensar que eu tive tanto medo de me abrir a Scott, medo de perder meu melhor amigo quando ele soubesse que eu estava apaixonado por Derek Hale!_ Ele riu_ E o desgraçado guardava um segredo deste tamanho a sete chaves!

_ Ele teve seus motivos. Talvez medo, culpa e sei lá o que mais!_ O lobo começou a acariciar a cabeça do jovem_ Scott foi alfa muito cedo, teve que arcar com responsabilidades muito dificíes para alguém da idade dele!

_ Sim, as vezes me culpo por isso, se eu não tivesse o convencido a ir para a floresta aquela noite, nada disso teria acontecido!_ Stiles o olhou triste_ Eu fui o culpado!

_ Você se culpa tanto assim Stiles?_ Derek olhou para ele_ Já parou para pensar que se você não tivesse convencido Scott a ir para a floresta com você aquela noite e meu tio psicopata não o tivesse mordido, nada disso estaria acontecendo?_ Stiles o olhou fixamente_ Parrish nunca teria conhecido Lydia, Malia ainda estaria perdida na floresta como uma coiote, Scott nunca sequer olharia para um calouro do primeiro ano e Liam hoje não seria um lobo, portanto Alex não existiria e o mais importante, nós e o nosso amor? Ainda quer carregar essa culpa toda com você Stiles?

_ Obrigado por me amar meu lobo azedo!_ Stiles disse estendendo sua mão e acariciando a face do moreno_ Se tem uma coisa de qual não sinto culpa e duvida, tenha certeza moreno, que essa coisa é o nosso amor!

O pequeno lobo fez toda a viagem em silêncio, com a cabeça encostada no vidro da janela do carro, seu lábio inferior como sempre estava entre seus dentes, ele cheirava a cansaço, dor, resignação. Scott parou em frente ao prédio olhando para o garoto, sem saber como agir, sua vontade era de pega-lo no colo, beijá-lo como nunca fora beijado antes, amá-lo como ele jamais imaginara ser. Se o alfa verdadeiro pudesse realizar seus desejos, ele mostraria a Liam que seu amor por ele não era coisa de uma noite apenas e sim, de todas as noites que a eternidade pudesse conter.

_ Precisamos chegar a um acordo sobre Alex!_ Liam diz sem olhar para o moreno, sua cabeça ainda encostada no vidro da janela_ Eu só preciso de tempo para prepará-lo!_ O moreno balançou a cabeça_ Ele é inteligente, vai entender rápido!

_ Sim!_ Scott sorriu orgulhoso_ Você é um pai maravilhoso filhote, soube fazer do Alex um homenzinho especial!

_ Eu não fiz nada Scott!_ Ele sorriu se virando na direção dele_ Alex tem vontade própria, as vezes eu me sinto filho e ele o pai!

_ Não se menospreze Liam, ele tem muito de você nele!

_ Claro que tem, o branco dos olhos e o cálcio dos dentes!_ Scott riu alto com seu comentário_ Nem isso o destino me concedeu, eu só fui a barriga que o carregou, como diz Sty, Alex é sua cópia, um mini Scott! Sua mãe foi a primeira a matar a charada! Para falar a verdade acredito que a inteligência de Alex é tudo herança dela, porque de nós é que não é!

_ Ei, eu consegui entrar para a universidade que eu queria!

_ Parabéns!_ Liam sorriu_ Agradeçamos a todos os deuses do olimpo por isso, porque meu grande alfa, isso foi milagre!

Scott riu olhando para os olhos azuis de Liam, o maldito garoto tinha se fechado novamente, encarcerando suas emoções dentro de si, na verdade o beta impulsivo e incontrolável se transformara no alfa contido e impenetrável a sua frente.

_ Liam, eu..._ Ele fugiu de seu olhar, olhando para suas mãos segurando o volante com força_ Eu nunca iria tirar o Alex de você! Eu só...

_ Eu sei Scott, Stiles é um ótimo advogado de defesa, ele me fez pensar nas coisas sobre outro ângulo, no seu lugar eu não teria feito diferente, claro menos a parte da Haidem! Ai foi golpe baixo demais!

_ Me desculpa!

_ Como disse, estou cansado Scott, sem energias para qualquer outra discussão idiota com você. Eu só quero que Alex fique bem, e ele tem o direito de saber que você é pai dele também! Mais dia, menos dia, isso teria que acontecer, nosso mini adulto tem a mente rápida, ele viria a descobrir por si só! Só um aviso, se prepare, ele veio com defeito de fábrica, tem uma boca grande e nenhum filtro interno. Cuidado com que você fala perto dele!

_ Tenho certeza que os anos de preparação com Stiles, vão me ajudar nesta nova missão!

_ Eu preciso entrar!_ Liam disse_ Preciso liberar o tio grandão do seu oficio de babá!

_ Ele é surpreendente com Alex, eu...

_ Alex não te conhece direito ainda Scott, ninguém vai roubar seu lugar no coração dele, o grande chefe bom, sempre foi a meta dele!

_ Obrigado por isso Liam!

_ Eu..._ O moreno segurou seu rosto com as mãos_ Scott não...

_ Eu amo você filhote.

_ Então prove! Porque...

Scott pousou o dedo sobre seus lábios silenciando-o, aproximando-se de sua face, selou sua boca junto a dele, num beijo calmo, terno, puro. Liam Dunbar seria dele. Custasse o que custasse, ele teria sua família junto dele.

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...