História Teenage Avengers - High School AU - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Capitão América, Homem de Ferro (Iron Man), Homem-Aranha, Homem-Formiga, Os Vingadores (The Avengers), Thor
Personagens Anthony "Tony" Stark, Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Edwin Jarvis, Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), Howard Stark, James Buchanan "Bucky" Barnes, James Rupert "Rhodey" Rhodes, Jane Foster, Janet Van Dyne (Vespa), Loki, Natasha Romanoff, Nick Fury, Pantera Negra (T'Challa), Peggy Carter, Pepper Potts, Peter Parker, Pietro Maximoff (Mercúrio), Sam Wilson (Falcão), Scott Lang, Steve Rogers, Thor, Tia May, Visão, Wade Willson (Deadpool)
Tags Avengers, Brutacha, Capitão América, Clintasha, Hawksilver, Homem De Ferro, Loki, Marvel, Mcu, Pepperony, Scarletvision, Silverhawk, Steggy, Steve Rogers, Stevetony, Stony, Thor, Thorki, Tony Stark, Vingadores
Visualizações 60
Palavras 992
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, FemmeSlash, Ficção, Romance e Novela, Sci-Fi, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Capítulo 5


De repente quando se deu por si , estava correndo feito um louco pelo corredor da escola . As pessoas começaram a reparar e o olharam com espanto, ele foi diminuindo os passos para não chamar mais atenção.

Enquanto olhava devagar de um lado pro outro procurando a peça vermelha e amarela, mas não a achava.

Depois de uns 5 minutos de caminhada pelo extenso corredor,sentiu ele de repente uma mão fria tocar seu ombro. Seu coração parou e antes de virar-se para provavelmente encarar algum professor, ele engoliu em seco, porém ao dar meia volta se surpreendeu com um rosto familiar: Natasha.

Que por sua vez estranhava a cara de espanto do colega.

-Tá tudo bem? -Disse ela em tom um pouco preocupado

Ele ajeitou a postura na hora.

-Tô… claro, porque?-diz ele entre risos nervosos

-Tu ta com uma cara... -Disse com sotaque

-É que eu pichei um pinto no banheiro masculino e o faxineiro viu e disse que ia avisar o diretor. - Mentiu, ainda rindo.

Ela revira os olhos e Tony a ouve murmurar um “meninos”  enquanto o faz.

-Mas enfim , não é por isso que eu tô aqui.

Ele pareceu ficar mais tranquilo

-Desembucha logo

-O trabalho- começou- Steve, eu e o pirralho escolhemos o mesmo tópico. Suponho que a esquisitinha também.

-E eu com isso? É só vocês trocarem por outro.

-Não é assim tão fácil, nem todo mundo é um gênio como você. - ele sorriu triunfante quando ouviu Natasha falar - Se a gente for trocar, vamos precisar de ajuda.

-E essa ajuda seria eu?- ele pronuncia as palavras com ar de superioridade

-Não fica se achando não, viu pavão.

Ele fechou a cara. Ela continuou.

-Acho que ao invés de distribuir um tópico a cada. Devíamos fazer todos juntos… sei lá a gente podia ir pra sua casa…

-Não, não e não- disse ele quase gritando e os olhos esbugalhados estavam percorrendo cada canto do corredor onde estavam.

-Por que esse alvoroço todo? -ela parecia entendida- Por minha causa? Eu geralmente causo esse efeito nas pessoas- agora ela sorria, metida -Olha, o Steve não morde tá…

-Quem raios disse Steve? - Ele teve um pequeno surto - … Não é isso, é meu pai , ele chegou de viagem e tá um saco, ...ele é um saco…- começou a se distrair- Não dá Nat, não dá.

E começou a andar, Natasha que ficou atrás estava revirando os olhos.

-você quer que eu chame o Steve pra convencê-lo? - gritou em tom provocativo

Ele se virou rapidamente com os olhos arregalados e fazendo um “shiiii” com o dedo indicador na boca, andando até ela.

-Eu já disse que não. Porque não pode ser na casa de vocês? São emancipados mesmo.

Ela hesitou por um instante.

-Bucky, ele não gosta de visitas. E a casa ta uma zona, é um apartamento pequeno e longe. - fez uma pausa antes de prosseguir- Sua casa é enorme, perto e seu pai adora o Steve. Por favor, sei que podemos convencê-lo.

Tony respirou fundo antes de falar.

-Tá, que seja! Hoje depois da aula. 

E saiu andando pelo corredor. E ficou pensando nisso durante toda a aula de física, matemática e biologia. Iria ter novamente o cara de quem pensa estar afim na sua casa de novo. Isso era assustador e maravilhoso.
 

*****************

Enquanto isso Loki em casa, mentindo para Frida,sua tia, que não estava disposto a ir a aula, estava mais uma vez depressivo e trancado ao quarto. Irritado,confuso e inquieto. Ele mexia um pouco no computador, estudava, lia algum livro, deitava na cama. Até que acabou se encontrando olhando profundamente a imagem no espelho. Analisou primeiramente seus lábios, tocando os com o dedo indicador esquerdo, passando lentamente o dedo pela superfície macia,onde já tivera entrado em contato com as de Loki. Em seguida olhou se no espelho novamente, e sentiu repulsa de estar fazendo aquilo.Virou pro lado e estava decidido a ir jogar video game.
 

********* 

Todos do grupo de Stark se encontraram na saída principal da escola.

Menos Wanda, que disse que não podia aquela tarde, “coisas de intercambista” ela disse. Tony ficou um pouco irado, mas nada que o desconcentrasse do grande problema. Steve Rogers.

Com um passe de mágica, apareceu uma limousine na porta do colégio, quem estava dirigindo era um homem com aparência cansada porem seu crachá das Indústrias Stark ironicamente dizia “Happy”. O carro parou, e Tony ficou parado esperando o homem abrir a porta para ele.

-Olha Happy, temos visitas hoje. -disse sem muito humor

-Olá, quem são vocês ? São da sala do Tony? - o motorista perguntou, tentando ser simpático, enquanto os demais entraram no enorme carro maravilhados

-Sem perguntas Happy. Acelera ai , não temos o dia todo. - Tony já estava impaciente

O motorista assentiu, revirou os olhos assim que fechou a porta do seu banco e os conduziu até a famosa Torre Stark, residência do Tony.

O caminho foi curto, mas tava na cara que Natasha, Steve e principalmente Peter o mais novo, estavam impressionados em andar de limousine, era um carro enorme, muito bonito e confortável. Já tinham visto antes, mas nunca entrando em uma. Stark fez apenas cara de tédio durante todo o trajeto.

Chegando lá, Happy estacionou na caragem principal da torre, onde lá tinham vários carros de marca e extremamente caros. Todos ficaram de boca aberta, menos o anfitrião e seu empregado claro.

Subiram até o último andar em um elevador panorâmico.

Depois de saírem , Natasha perguntou.

-E ai Tony? Cadê seu pai? Precisamos da permissão dele, certo?

-Seeeeeextaaaa feiiraaaaaaa -Tony deu um berro tão alto que Steve se assustou

Apareceu em seguida, um holograma muito real, de uma mulher ruiva,alta e muito bonita.

-Cadê o Howard? -ele perguntou

-Ele saiu a viagem, juntamente com sua mãe nesta madrugada senhor. -ela disse a resposta que ele já sabia. Então sorriu.

-Desativar- então a inteligência artificial sumiu -Let’s go Party!!!!


Notas Finais


Desculpem a demora kkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...