História TEENAGER LIFE - Yoongi e Youra - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, Suga
Tags Anne, Ayumi, Jeonanne, Life, Spinoff, Suga, Teenager, Thesnowboy, Yoongi, Youra
Visualizações 90
Palavras 1.534
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem a demora.

Motivos:
•Prova demais (ano letivo acabando e eu fodida em matemática pra variar) o que me faz ficar exausta e acabo doente.

•Meu pai fdp estragando meus dias de "alegria"

•Descobrir no dia das crianças (mesmo eu tendo 16 sempre será o dia que eu amo de Outubro) que minha Omma está com o início de um câncer terminal.

Capítulo 7 - Preparations -


Fanfic / Fanfiction TEENAGER LIFE - Yoongi e Youra - Capítulo 7 - Preparations -

Papai me buscou no clube ao entardecer. Para mim ainda era um sonho que Seok havia me beijado.

Tomei banho cantarolando e depois fui me vestir em meu quarto. Minha pele praticamente albina estava quase ebolindo devido às queimaduras de sol, mesmo usando protetor solar virei um tomate.

Deitei sob as cobertas com o ar ligado e logo meu espaço foi invadido por mamãe e Holly.

- Não usou protetor, né?

- Usei sim.

- Tire a blusa do seu pai para que eu passe o creme vai, Youra. A senhorita não toma jeito mesmo.

- Aish, mamãe! Não precisa. Isso arde mais ainda.

- Não arde, sua fresca! Vai aliviar.

- Fede.

- Youra! - Mamãe repreendeu risonha. - Nem dá para acreditar que está perto dos seus quinze aninhos.

- Ih, mãe! Para antes do choro. - Rimos.

Tirei a camiseta larga que papai me emprestou e coloquei sob o travesseiro. Virei de bruços e omma espalhou o produto em toda minha pele. Ficou falando de uns detaljes chatos da festa e assim que secou, virei a barriga para cima e novamente ela cuidou de mim.

- Esse sorrisinho frouxo... Tem Seok no meio, huh?

- Talvez...

- Hum. Estou na sala com papai e seu irmão. Vamos ver filme, você vem?

- Sim, já estou indo.

- Ok.

Ela saiu do quarto e logo peguei meu celular que estava com mensagens de Eunji.


- Ai amiga, precisava chamar a Sun p ver você e o Seok juntos?


- Não chamei pra nos ver juntos. Eu só descobri que ela é fura olho depois de as convidar. Eu ficaria mais confortável com vocês alí.


- Então por quê não desmarcou?


- Porque não. Ela ficou com ele sabendo que eu sou a fim há muito tempo.


- Mas cara, todo mundo sempre achou que Seok nunca ia ficar com você.


- Bom saber. Pois ele ficou, e foi um beijo maravilhoso!


- Caraca, depois a fura olho é a Sunmi.


- Se ela tivesse falado antes, talvez isso tudo não teria acontecido.


- Você se acha a princesinha por ser filha do Yoongi né, Youra?


- Tchau, Eunji.


Bloqueei a tela e deixei o celular no mudo. Na sala, mamãe já estava com o balde de pipoca e meu irmão jogado na poltrona.

- Ah, lindinha! Vem aqui! - Papai abriu os braços e fui sentar entre ele e mamãe.

- Qual filme veremos? - Perguntei.

- Esquadrão Suicida. Baixei no PS de tarde. - Yoonchul falou concentrado mexendo no controle.

O filme começou. Até hoje não tinha visto, bom demais.

Quando acabou, reparamos que papai dormia.

- Youra, não se mova, vou dar um troco no seu pai.

- O que ele te fez, mamãe?

- Faz tempo, Yoonchul ainda era bebê e caí no sono com ele no sofá. Seu pai me deu um susto fingindo que Yoonchul tinha caído e quando abri os olhos desesperada, dei de cara numa torta com corante azul. Levou dias para sair.

- Conte comigo, mamãe. - Dei um risinho.

- Eu não irei participar disso. Boa noite. - Yoonchul foi para seu quarto.

Mamãe voltou com a maquiagem na mão. Passou o batom rosa forte na boca do papai, o blush exagerado e quando foi para a sombra, ele abriu os olhos.

- Ah, vocês duas! - Apertou o braço que estava atrás de mim na minha cintura e foi me carregando atrás da mamãe.

Nos derrubou na cama e ficou fazendo cócegas.

- Ya, papai! Para! - Pedi rindo e tentando me desvencilhar dele.

- Yoonie-ah! Para! - Mamãe pedia o mesmo.

- Que ideia é essa de abusar do meu rostinho lindo enquanto eu durmo?

- Desculpe, Yoonie! Só largue a Youra, ela está muito queimada.

- Tudo bem. A senhorita, dona Youra, vá beber água e dormir.

- Sim papai. Me desculpa, sim?

- Pode deixar. - Me aninhou em seu abraço e deu um beijo no alto da minha cabeça. - Boa noite, anjo.

- Boa noite, mamãe.

- Boa noite, filha! Dorme bem. - Me deu um beijo de boa noite e fui pro meu quarto.



{...}

- Então não quer mais a coreografia, Youra? - Uma das organizadoras perguntou.

- Não. Só irei dançar com meus tios, papai e Seok.

- Tudo bem. Aconteceu alguma coisa?

- As meninas estão muito ocupadas para vir ensaiar.

- Entendo. Bom, temos muita coisa para decidir.

Então falamos das cores da festa, o convite e os convidados, doa vestidos e muuuitas coisas.

Quando finalmente acabamos, fomos almoçar no shopping. Papai não largava o telefone, pelo que parece é uma nova produção grande vindo.

- Ih, olha lá o Jimin! Vamos falar com ele, huh!

Nos aproximamos da mesa que ele estava com sua esposa e Jihyun. Tio Minie levantou, nos cumprimentou e logo nos convidou a juntar-nos para almoçar.

Sentei entre Jihyun e Yoonchul e papai e mamãe ao lado do tio Minie.

- Youra está uma mocinha, hein Yoongi. Está linda a filha de vocês.

- Está mesmo. - Papai me olhava bobo. - Boba! - Jogou um beijinho.

Eles ficaram conversando essas chatices de adultos e logo Jihyun parou de conversar com Yoonchul para falar comigo.

- Você não foi na pizzaria ontem.

- Teve?

- Tem todo mês, esquecida.

- Ninguém me avisou.

- Aah... - Suspirou. - Mas me diz uma coisa, está brigada com as meninas?

- Mais ou menos. Como sabe?

- Olha eu não gosto de ficar fazendo disse-me-disse.

- Pode confiar em mim, Jihyun. Não sou como elas.

- Nossa. Foi feio pelo visto.

- Veja você mesmo. - Entreguei o celular na mão dele para que visse tudo.

- Caraca... Vocês meninas são complicadas demais.

- Ya! Não tem nada disso. - Resmunguei pegando meu teledone de volta.

- São sim. - Riu. - Ah, Youra. Deixe isso para lá. Sunmi não foi a única que ele ficou. Todo dia tem uma diferente.

- Então eu sou a errada de ter ficado chateada?

- Claro que não. Eu ficaria chateado se meus amigos furassem meu olho, mas a maioria dos garotos não ficam. Só que as três estão erradas de brigar por isso. Vocês deveriam se desculpar e bola pra frente.

- Não dá. Não agora.

- Você quem sabe. Pode levar um mês, mas sei que irão se entender. E mais, fique esperta. Seok não presta.



{...}

Depois de comer, meus pais foram convidados para ir na casa dos Park. Fui no carro irritada. Queria ficar em casa, no meu quarto, ouvindo música e ignorando a sociedade.

Estacionamos lado a lado na garagem e subimos todos juntos.

- Olha só, Youra. Foi no dia que você chegou em casa e fui te visitar. - Tio Minie apontou para o porta retrato que fica no móvel da entrada.

Eu vinha aqui quando era pequena. Faz tempo que não venho.

- Sou eu. - Sorri. - Você está ótimo na foto, tio.

- Olha, vocês podem deixar Youra aqui. Não devolvo mais essa fofa. - Ele me abraçou olhando pros meus pais.

- Você tá é maluco, Jimin. Larga minba gatotinha, vai. - Puxou-me para ele.

- Noona! Noona! Você precisa ver isso! - Yoonchul veio correndo na sala e puxou minha mão.

Fui o seguindo até um quarto. Jihyun estava com aqueles óculos Rift.

- Jihyun, coloca ela! Coloca ela!

- Sua irmã não vai conseguir. - Ele riu.

- Como é, Park? - Puxei seus óculos e ele olhou-me assustado.

- Vo-você é foda, tu consegue. Toma! - Entregou o brinquedo e coloquei em meu rosto.

O jogo era bobo, de luta. Imitava o filne vingadores perfeitamente e realmente parecia que eu estava lá.

Tropecei nos fios e mãos pequenas me seguraram. Não era Yoonchul, ele tem as mãos do papai.

A respiração muito perto do meu pescoço e quente. Fui colocada numa superfície macia e deduzi ser a cama.

As mesmas mãos tiraram os óculos e ví Jihyun sorrindo. Ele é bonito...

- Tudo bem?

- Sim. Arrebentou seu fio?

- Não. - Se aproximou olhando baixo para mim.

Que merda de calor!

- Eu estou indo para a sala... Volto logo... - Yoonchul saiu de fininho e com um sorriso besta na cara.

- O jogo foi bom, pelo menos?

- Mu-muito! - Não gagueja Youra! É o retardado do Jihyun.

- DC ou Marvel?

- O quê foi? - Perguntei desligada.

- Perguntei se prefere DC ou Marvel.z - Riu anasalado.

- Os dois.

- Os dois?

- Não pode? - Sorri fraco.

- Pode ué. Gosto é gosto.

- Você prefere qual?

- DC, óbvio. Flash, Batman, Robin... Coringa!

- Gosto de todos de todos.

- Como assim?

- De todos os personagens de ambos, DC ou Marvel.

- Ah sim. Sobre o que falou das meninas, acho que devia falar com elas.

- Não. Sunmi furou meu olho e Eunji que sempre me ajudou ficou ao lado dela.

- Mas Seok não vale tua preocupação, Youra.

- Nem elas. Jihyun, elas falam mal de todos pelas costas mas na cara são uns amores. Nós três poderíamos ser as Mean Girls da Coréia, só que eu não gosto do que elas fazem.

- Todo mundo é falso, Youra. O que estou falando de Seok é outra coisa. Que ele é um safado. Se aproveita e depois descarta.

- Não acho. Ele foi fofo o dia todo comigo e ainda vai ser o meu príncipe.

- Ah é? Nem sabia. Espere para ver depois da festa.

- Você não sabe do que está falando.

Levantei irritada, abri a porta e Yoonchul caiu. Estava ouvindo tudo.

- Tu beijou o garoto já, é? Papai vai amar saber disso!


Notas Finais


AAAAAH! A JIRIPOCA VAI PIAR! (Ou não vai?)

Vixe!

Tem parceria com a @MaumdoNamjoon sobre relacionamentos abusivos (Taekook +18)

Meu perfil: @_JeonAnne


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...