História Teenagers - Capítulo 98


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drogas, Jovens, Musica, Romance
Exibições 3
Palavras 950
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Slash, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Talk me down - Troye sivan

Capítulo 98 - Talk Me Down


Adele estava sentada na beira da piscina, pensando no que iria acontecer agora em diante. Todos estavam se separando e não havia nada que pudesse ser feito. Foi quando pensou em andar pela casa pra ver se os pensamentos tristes sumiam da cabeça, mas de nada adiantou. Ela foi andando pelo quarto de todo mundo. Como sentia falta de Nova York e de quando a vida era só festas e nenhuma preocupação. Sentia falta de todo mundo chapado e dançando. Adele gostava de lembrar de Lea ao lado dela, de Dev totalmente louco e, de Hannah e Czar juntos. Perdida em devaneios, o celular dela tocou.
- Adele? - a voz chorosa de Hannah no telefone.
- Hannah, o que aconteceu?
- O Czar. Parece que a overdose dele foi pior do que eu imaginava.
- Onde você está? Qual hospital?
- Ele... Ele continua lindo. E apesar da sua aparência, ele ainda está sorrindo.
- Hannah, onde você está?
- Ele está descansando. Está em paz.
- Hannah!
- Eu não vou voltar. Vou continuar com ele, e depois, bem, eu vou viver minha vida. Avise aos outros.
Hannah desligou o telefone e olhava bem para Czar adormecido em seus braços. A pele mais pálida do que nunca. Em seus finos lábios havia um pequeno sorriso, o último dele. Era uma pena uma pessoa tão jovem e bonita ter de falecer tão cedo. Agora o rosto do rapaz se misturava com o cabelo dela, ambos roxo.
- Meu querido Czar, te amarei para sempre.
O corpo dele já havia sido mandado para o necrotério mas Hannah ainda não conseguia se livrar. A moça que tomava conta dos corpos mortos apressou a menina mais uma vez.
- Só mais um minuto.
Hannah olhou para a face do namorado e o beijou, os lábios já gélidos tanto pela morte quanto pelo ar condicionado do local. Sem nada para poder aquecê-lo, seu corpo já estava frio.
- Sempre te amarei, meu Czar.
Depois Hannah saiu de cima do rapaz e teve de abandoná-lo, o coração tão despedaçado quanto nunca. Era tão difícil ter de se separar de alguém com quem passou a vida inteira. Mas ao sair, deu uma última olhada para trás e viu o corpo ser coberto por um lenço branco. A última lembrança dele. O sorriso ainda fixo.
Saindo de lá, Hannah olhou para o céu e nunca o viu tão azul. Agora ele recebera mais uma pessoa, uma pessoa maravilhosa.
Assim que chegaram em casa, Cory e Stephan iam entrando juntos, e logo depois vinha Liam e Hal. Por último ficaram Chace e Natalie.
- Nat, apesar de tudo, você quer se informar e saber o que está acontecendo com você?
Natalie parecia tão incrédula quanto antes, ver o próprio namorado contra ela fazendo exatamente o que acabaram de fugir.
- Não me entenda mal. Eu só quero ter certeza do que você tem, depois nós vamos embora. Não vou deixar nenhum deles tocar em você.
- Podemos arranjar um outro médico?
- Bem longe daqui se você voce quiser.
Natalie sorriu um pouco triste dem aceitar tanto aquela ideia e assentiu.
- Tudo bem. Mas bem longe daqui.
Entrando na casa, tudo estava tão diferente. Todos se sentaram nos sofás da sala e se encaravam.
- Cadê todo mundo? - perguntava Stephan sorridente.
- Se é que existe "todo mundo" - dizia Sarah.
- O que você quer dizer? - perguntava Cory.
- De tudo. Não tem praticamente ninguém nessa casa - respondia Dev.
- O que houve? - perguntava Chace confuso.
- Sem falar que a Stella foi a primeira a se mandar, depois a Lou, então veio a morte do Ethan, e agora o Nate e a Lea fugiram. Sem falar que a Hannah e o Czar estão sumidos - disse Sarah como se fosse óbvio.
- A Lea fugiu com o Nate? - Adele falava sem acreditar enquanto se encostava na porta que levava pra piscina.
- Nate levou tudo dele, e a Lea foi junto. Não pareciam que iam voltar.
- O Nate se foi? - Chace falava sem acreditar - E o Andrew?
- Tá lá em cima com a Irine - disse Adele.
- Alguém sabe alguma coisa do Czar? - Stephan falou e todos ficaram quietos.
- Hannah me ligou - Adele respirava fundo para encontrar forças mesmo todos já sabendo da verdade - Ela disse que ele estava feliz agora, e que ela iria seguir o seu próprio caminho.
- É uma pena ter que perder alguém tão maravilhoso quanto ele - Sarah falava triste.
Hal se lembrou de quando vivia à base de drogas para poder se lembrar de Liam e das coisas ruins que aconteceram. Lembrou do médico de Natalie que salvou a vida dela e que não acreditava que ela fosse viver tanto. E por um momento, lhe deu um frio na barriga ao pensar que poderia ser ela. E na sua mente veio a imagem de Lizzy, os olhos ainda fixos no nada. Liam percebeu e apertou a mão dela.
- Tudo bem?
- Poderia ser eu - ela por fim respondeu - Eu me drogava sempre para poder te ver, mesmo quando sabia que não podia.
- Eu estou aqui agora. Você não precisa mais disso - ele falava com uma voz confortante e sorrindo.
Por dentro Liam estava morrendo só em pensar na ideia de um dia perder a pessoa por quem sempre fora apaixonado. Hal se levantou um pouco desnorteada e puxou Liam consigo. Eles foram para o quarto e se deitaram juntos. Hal precisava esquecer aquelas imagens. Lizzy no banheiro. Ela só precisava pensar em Liam e tirar aquilo da cabeça.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...