História Tell me how you feel (Romance Gay) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 18
Palavras 574
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá amores
Primeiro capítulo da história
Espero que gostem

Pra escrever esse capitulo, estou ouvindo 1000 forms of fear da Sia e indico muito

Capítulo 2 - Capitulo 1 - The Beginning


O que eu estou fazendo? Por que não me sinto bem ou feliz? O que há de errado comigo?

Perguntou se um jovem de 24 anos, loiro, forte, bonito e muito atraente, que ocupava o posto de presidente da empresa Bourne Contabilidade em Seattle. A propósito, seu nome era Damon, Damon Bourne, que a proposito era um nome que lhe era proporcional, pois ele conseguia tudo o que queria, nos negócios, com as mulheres e com homens, mas ele sentia que lhe faltava algo (ou alguém)

***

Escuto batidas na porta

- Não vai para casa Sr. Bourne? Já esta muito tarde - Me pergunta Sr. Alberto, o velho espanico que trabalha na empresa desde que eu era uma criança e meu pai era vivo. 

- Já estou indo Berto - olho para o relógio e realmente é tarde, são mais de 11 da noite - Você fecha tudo Berto?

- Sim senhor, pode ir tranquilo - Ele me olha com aquele jeito confortante que sempre me fez sentir seguro, sei que nele posso confiar.

Saio da minha sala e pego o elevador para a garagem, mas sem parar de pensar no que sinto, no que faço com minha vida

***

Damon sai da empresa e vai diretamente ao prostibulo mais caro da cidade, escolhe o prostituto mais caro e o leva ao quarto, o fode sem dó por duas horas, até o rapaz cair exausto na cama. Ele se levanta, veste sua roupa e joga um valor bem alto em notas na cama, e sai sem olhar para trás mas, ainda se sente vazio. Ele pega seu carro e resolve dar a volta na cidade para poder ir para casa, isso o dará mais tempo para pensar enquanto dirige.

Enquanto isso, um jovem de nome Patrick Colfer, de 16 anos, é violentamente espancado por aquele que chama de pai, isso sempre acontece na verdade, principalmente quando o pai bebe, além de estrupos constantes, mas dessa vez esta pior e ele não está aguentando, sente quese não sair dali o mais rápido que conseguir vai morrer, ele reune o resto das forças que lhe restam para levantar e sair corendo dali, descalço, com calças de pijama, machucado e com o rosto coberto de lágrimas

- Não volte mais aqui seu desgraçado - Grita o bêbado da varanda da casa, antes de cair no chão, desmaiado

Patrick corre, corre como se não houvesse amanhã, e talvez não haveria, ele perdeu sua mãe aos 9 anos de idade, nunca conheceu seu pai verdadeiro e viveu anos sobre o domínio do seu padrasto, que o violentou e maltratou desde que sua mãe morreu

Patrick sente suas forças saindo de seu corpo, não consegue mais correr e desmaia no final de um beco, que dava passagem a uma estrada que ia para o bairro mais rico da cidade.

Damon esta dirigindo pela estrada que vai para sua casa, no bairro mais rico da cidade, quando de repente vê algo na calçada que o chama atenção

- Mas o que é isso? Se pergunta e sai do carro para ver o que é.  Quando chega perto vê que é um corpo muito machucado, ele quer ir embora, mas sente que deve fazer algo por awuela pessoa que está ali, não sabe o por quê. 

Ele pega o corpo e vê que é um rapaz, muito bonito por sinal, debaixo de toda aquela ssujeira e machucados. Esse jovem desperta algo no peito de Damon, algo que a muito tempo estava morto

- Quem é você? 






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...