História It Has To Be You - Fanfic Wonho - 1 Temporada - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Pink, Monsta X, TWICE
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Jungyeon, Ki Hyun, Lisa, Min Hyuk, Mina, Momo, Nayeon, Rosé, Show Nu, Won Ho
Tags Imagine Kpop, Imagine Monsta X, Imagine Wonho, Kpop, Lee Hoseok, Monsta X, Shin Hoseok, Wonho Monsta X
Visualizações 283
Palavras 1.070
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - Family Lee.


Fanfic / Fanfiction It Has To Be You - Fanfic Wonho - 1 Temporada - Capítulo 3 - Family Lee.

     ~Você Flashback ON~

Me lembro muito vagamente do momento em que cheguei lá, tinha 8 anos, estava bem assustada com tudo, afinal era outro país, as pessoas falavam estranho. 

Minha casa era em um bairro legal, tinham muitas crianças, quando cheguei e sai do carro, ficaram olhando para mim. Meu irmão, educado como sempre disse:

Mark: O que que você estão olhando?

Eu: Seu idiota, é claro que eles não entender, estamos na Coréia, ou você se esqueceu?

Mark: É infelizmente.

Pai: Vamos crianças, entrem para conhecer a casa!

Fomos, a casa era linda, eu realmente me sentia bem ali. Tinha um lindo quintal, com um jardim incrível. Eu amei. E o Mark como sempre só sabia reclamar.

Mãe: Queridos, porque você não vão tomar banho e descansar um pouco. Amanhã vocês poderão conhecer tudo.

Eu: Okay mamãe. - lhe dei um abraço.

Mark: Ah que saco, já não basta ter me mudado para esse lugar insuportável, ainda vou ter que dormir cedo.

Minha mãe o olhou com uma cara feia, e ele subiu. Eu entendia um pouco a revolta dele, também fiquei muito triste por ter que me mudar, deixar a casa, os amigos, para ele deve ter sido pior porque já estava lá a mais tempo que eu. Eu fiquei triste, mas ali devia ser um lindo dia para viver.

Fui para meu quarto. Olhei pela janela e avistei um quarto da casa vizinha, era um quarto de garoto, fiquei impressionada porque dava para ver tudo, e pensei: Será que de lá também dá para ver tudo que faço aqui? Fiquei com medo e fechei a janela. Na minha cama adormeci.

Ao acordar, eu vi que o dia estava lindo. Minha mãe tinha preparado um lindo café. E disse que depois que acabasse de comer, eu podia ir brincar lá fora, eu peguei minha boneca e fui. Fiquei sentada na calçada observando tudo, logo uma menina chega e pergunta:

xxxx: Qual o seu nome? (Em Coreano é claro, eu apesar de pequena, sabia o básico de Coreano, minha mãe me ensinava sempre e disse que logo eu iria aprender tudo)

Eu: Meu nome é S/n - meio desajeitada- e o seu?

xxxx: Meu nome é Lisa, Lee Lisa.

Eu: Muito prazer em conhecê-la. Eu acabei de me mudar, vim do Brasil.

Lisa: Nossa, que legal. Eu estava indo brincar, quer brincar comigo?

Eu: Sim.

Lisa: Vamos lá para casa? - apontou para a casa dela, que era do lado da minha

Eu: Vou ter que pedir a minha mãe, tá? Já volto

Fui na cozinha, e pedi a minha mãe, ela olhou a Lisa pela janela e me deixou ir, ficou feliz por eu ter arranjado uma amiguinha.

Eu: Voltei, vamos lá.

Lisa: Vamos! - pegou na minha mãe e me levou.

Eu pedi para ela falar devagar comigo, afinal eu sabia pouco a língua dela. Chegando lá, a casa dela era linda, também tinha um jardim incrível e uma casa na árvore. Eu me impressionei e perguntei:

Eu: O que é aquilo?

Lisa: Ah, é a casa na árvore do meu irmão mais novo, o Wonho, ele fica lá maior parte do tempo, pena que ele não deixa ninguém entrar lá.

Eu: Ah que pena, eu sempre sonhei em ir em uma casa na árvore.

Lisa: É mesmo, que pena, esse garoto é um chato mesmo. Vem vou te apresentar a minha irmãzinha. - me puxou

Entramos na casa dela, logo vi uma mulher na sala assistindo televisão, nossa ela era muito linda.

Lisa: Mãe, olha essa aqui é a S/n a nova vizinha, ela veio do Brasil. S/n essa é minha mãe Lee Soon Young, mas você pode chamar ela de Soon.

Eu: Oi - falei ainda timida.

Soon: Nossa, que menina linda, muito prazer em conhecê-la querida. Sinta-se em casa.

Fiquei feliz por isso, ela me tratou super bem, me ofereceu biscoitos que ela tinha feito, me surpreendi, as pessoas sempre diziam que os Coreanos eram mais frios, mas aquela família era ótima. Depois conheci a irmã mais nova dela, Rosé. Ela era um doce também. Só não conheci o irmão dela, porque ele ainda estava dormindo. Ela disse que o pai dela tinha ido trabalhar, por isso não estava ali.

Depois fomos brincar no quintal. A Lisa era realmente muito legal, eu adorei conhecê-la. Ficamos lá brincando e eu nem vi a hora passar. Quando vi, minha mãe já estava lá na casa da Lisa conversando com a Soon.
 

Eu: Mãe, o que a senhora está fazendo aqui?

Mãe: Ah eu pensei que você tinha sido sequestrada - ela riu

Eu: Ah eu nem vi a hora passar.

Mãe: Ah foi bom pelo menos, eu tive a oportunidade de conhecer a Soon.

Eu: Que bom que já estão amigas.

Lisa: É porque se depender de mim a S/n não sai mais daqui, hahah.


Nós rimos, eu perguntei onde ficava o banheiro, elas me disseram. Segui por um corredor, e vi uma porta entreaberta, olhei na curiosidade e vi um menininho dormindo, ele parecia um anjo, de repente eu esbarro em um objeto e faço barulho, ele acorda , olha para mim meio confuso e eu fico olhando pensando que ele ia falar comigo, ele levanta vindo na minha direção com um pijama azul cheio de foguetes e grita

Wonho: Sai daqui! Sua intrometida

E bateu com a porta na minha cara, eu fiquei super assustada. Que garoto maluco, só dormindo mesmo que parece um anjo. Fui no banheiro, e depois minha mãe me chamou para ir almoçar. A Soon nos convidou para almoçar lá, mas minha mãe disse que já tinha feito a comida. Então ela disse que iria fazer um jantar no sábado e que nós não poderíamos faltar.  Minha mãe disse que sim e fomos para casa.

Mãe: Que legal né? Mal chegamos e já temos amigas.

Eu: Sim, muito legal. Cadê o Mark?

Mãe: Dormiu até tarde, mas agora deve estar jogando video game. Vou chamá-lo para almoçar.

Ela volta puxando ele pela camisa e senta ele na mesa. Eu não me aguento e começo a rir

Mark: Tá rindo de que sua idiota!

Eu: De você, sendo tratado que nem um bebê. haha

Markk: Sua bobona - me deu língua

Eu: Chato.

Mãe: Parem vocês dois e comam!

Comemos, meu irmão voltou para o joguinho dele e eu fui para o meu quarto, olhei pela janela, pude ver o menino brincando com uns aviões de papel. Olhei a vista da janela, e de lá pude ver a casa na árvore, como ela era linda. Eu ainda iria subir lá. Quer saber seria hoje, de noite eu vou lá. Passei a tarde assistindo filmes, e estava decidida a entrar naquela casinha a noite.


Continua...


Notas Finais


Ps: Então, vai ter um grande período de flasback, porque aconteceu bastante coisa com a S/n e o Wonho nessa época. Só para avisar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...