História Tempo ao tempo - Klaroline e Delena - Capítulo 4


Escrita por: ~

Visualizações 52
Palavras 885
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Heyy

Capítulo 4 - Capítulo III - Bom agora vamos pra sorveteria!


Fanfic / Fanfiction Tempo ao tempo - Klaroline e Delena - Capítulo 4 - Capítulo III - Bom agora vamos pra sorveteria!

Caroline

Acordei primeiro que Elena, já indo em direção do banheiro. Hoje faríamos nossa matrícula na escola da cidade e pelo menos alguém tinha que levantar primeiro. 

Eu escovava os dentes e pensava sobre estar ali naquele lugar. 

Por que eu fui burra o bastante pra brigar com meus pais e ainda por cima me mandarem pra um lugar onde eu fico transtornada assim que vejo o filho do meu tio? 

Que inferno!

- Bom dia, Care. - disse Elena me dando um beijo na bochecha. 

- Oi Elena. Amiga, temos que fazer nossa matrícula hoje né? As aulas começam semana que vem.

Elena revirou os olhos. Nós odiavamos estudar, e ainda mais agora no nosso último ano escolar que as coisas ficariam mais chatas. 

Nos arrumamos e descemos para falar com nosso tio Mikael. 

Ele estava sentado tomando café e sorriu assim que nós viu. 

- Bom dia minhas queridas. Como foi a noite de vocês? - perguntou já fazendo menção para sentarmos.

- Nem vimos. Dormimos tão bem. - falou Elena.

Ele riu. 

- Que bom. Bom, agora eu tenho que trabalhar, se não se importam. - ele levantou-se. Trabalhar? Espera aí.

- E quem vai nos levar pra fazer a matrícula hoje? - perguntei.

- Peçam a Damon ou Klaus. Eles sabem onde fica, até porque estudam lá. 

Eu e Elena nos entreolhamos e sorrimos amarelo uma pra outra. 

Saber que iríamos estar na mesma atmosfera que aqueles garotos nos deixava tontas, porém, as vezes tínhamos que abrir mão da nossa vergonha.

Assim que tio Mikael saiu do nosso campo de visão eu disse:

- E agora? - rimos juntas.

No mesmo instante dois homens danados de lindos apareceram na sala de jantar e sentaram-se a mesa conosco. 

- Bom dia, meninas. - disse o que mais parecia com Mikael. 

- Klaus, devemos... Levá-las pra fazer a matrícula. Nosso pai nos avisou ontem. Vocês estão de acordo? - disse o mais novo com um sorriso de canto.

Elena estava completamente vidrada no sorriso dele, tive que dar um pisão em seu pé pra ela se tocar.

- Não temos outra opção! - dei dei de ombros dando uma mordida na torrada.

Percebi que o mais velho, que por sinal se chamava Klaus, riu quando eu falei. Eu tinha o que, cara de palhaço?

Nós quatro terminamos de tomar café e seguimos para o carro. 

O carro inteiro tinha cheiro deles dois, um cheiro forte e muito, muito bom.

- Droga! Esqueci minha bolsa. - falou Elena. 

- Não tem problema, pode pegar. Sem pressa. - disse Damon.

Elena desçeu depressa do carro e foi atrás de sua bolsa, me deixando sozinha no carro com os dois.

- Aí Caroline - disse Damon, - sua amiga é estranha né? 

Arregalou os olhos ao perceber que ele falava comigo.

- Ahn... Mais ou menos. Elena é estranha as vezes, mas se ser abertura ela se demonstra uma pessoa incrível. 

Aquilo que eu havia dito parecia mais um arranjo do que uma escolta.

- Provavelmente. Mas ela é... Você sabe... 

Eu corri quando ele disse aquilo. Eu sabia que ele perguntava se minha amiga era virgem. 

- Caralho, Damon. Fica na sua, garoto. - disse Klaus dando um soquinho de leve no irmão.

Ambos riram.

Inclusive eu.

Elena havia chegado e assim que adentrou o carro todos começamos a rir.

- Ihh gente o que que foi? Meu cabelo tá desarrumado? - perguntou ela se olhando no espelho.

Damon a olhou.

- Você tá linda. - disse ele. 

Minha amiga corou e riu em forma de agradecimento.

Antes de dar partida, Klaus me olhou pelo retrovisor de dentro e sorriu. 

Sorri também, já quando ele havia acelerado o carro.

...

Chegamos na frente de um lugar totalmente rústico e gramado ao mesmo tempo.

Eu e minha amiga descemos do carro e combinamos com os meninos que eles iriam nos esperar e depois iríamos em uma sorveteria. Meu lugar favorito no mundo.

Entramos no lugar e percebemos o quanto era grande. Subimos escadas, descemos, entramos em corredores e nada da secretaria.

- Do que você e os meninos estavam rindo quando eu cheguei? - disse ela.

Coitada. Devia estar entrigada o caminho inteiro.

- Damon perguntou se você era virgem. 

Minha amiga arregalou os olhos e tapou a boca.

- Eu não acredito! - disse ela.

Rimos e avistamos uma garota fechando um armário.

- Falamos com ela? - perguntei depois de pararmos de rir.

- Acho que sim.

Andamos até ela que sorriu ao nos ver.

- Bom dia, meninas. - disse a morena de cabelos lisos até o ombro.

- Bom dia. Será que você pode nos ajudar? - perguntei.

- Claro. - respondeu.

- Onde fica a secretaria? - perguntamos.

Ela riu e apontou para o lado. Estávamos ao lado dela.

- Oh, muito obrigada. Qual seu nome? - perguntou Elena.

- Bonnie. - falou ela.

- Prazer, sou Elena e essa é Caroline. - sorrimos. - Gostaria de nos acompanhar até a sorveteria mais tarde? - perguntou ela.

- Huum! Eu adoraria. Mas tenho que falar com meu namorado depois daqui. As aulas irão começar a poucos dias e eu e ele temos que resolver algumas coisas pendentes. Adorei conhecer vocês duas. - falou. - Tchauzinho. 

Fizemos nossa matrícula e voltamos para encontrar os meninos.

- Tudo certo? - perguntou Klaus.

- Tudo sim. Conhecemos uma garota chamada Bonnie. Vocês também a conhecem? - perguntou Elena.

- Sim, ela é minha melhor amiga, e namorada do meu melhor amigo. - respondeu Damon.

- Bom agora vamos pra sorveteria. - disse Klaus dando partida.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...