História Temporariamente Sua - Capítulo 51


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Shawn Mendes
Tags Harry Styles, Larry, Louis, My Chemical Romance, One Direction, Romance, Shawn Mendes, Songfinc
Exibições 106
Palavras 1.161
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIIIIIIIIIII
Ai gente que saudade de vocês
Um mês sem aparecer aqui corta meu coração, e ainda esquarteja </3 sério gente, me desculpem por demorar tanto.
Eu vou dar um resumo rápido aqui: aconteceram umas paradas ai e eu estava sem cabeça pra escrever, na verdade pra nada, então só agora tomei vergonha na cara e acordei pra vida e vim aqui pra ver se estavam sentindo a minha falta e vi uns comentarios e eu percebi o quão má eu estava sendo com vocês por demorar tanto,
Vou atualizar mais vezes eu juro.
Leiaaam as notinhas finais, não é nada paah, mas please !!
Amo vocês

Capítulo 51 - Um novo começo


Fanfic / Fanfiction Temporariamente Sua - Capítulo 51 - Um novo começo

Shawn narrando:

Já tinha se passado mais de um mês que eu havia sumido da vida da Ana.
Eu não sabia nada dela e nem ela de mim, e eu torcia para que ela estivesse bem, afinal o Shawn que ainda a amava estava em algum lugar dentro de mim. 

Hoje eu iria começar no meu novo emprego e estava me mudando para Doncaster, eu tinha deixado tudo de lado, a música, o concurso, a escola, tudo o que eu queria era recomeçar bem longe de tudo aquilo, longe dela e por mais que aos poucos eu estivesse morrendo eu ainda tinha esperanças.

Esperança de poder deixar tudo de lado, seguir com a minha vida, ser um novo Shawn

Um cara que vive com fantasmas do passado mas que de vez em quando pode se permitir sorrir um pouco. 

E eu tinha esperança que talvez um dia, eu pudesse vê-la de novo... que meu coração tenha permitido perdoar, e que tudo que aconteceu tenha sido deixado de lado, eu ainda tinha esperança de me permitir ama-lá novamente. 

Eu havia comprado um carro antigo com as minhas economias havia partido de Londres para Doncaster a dois dias e apesar de a distância não ser tanta (cerca de 274 km) eu havia parado varias vezes para abastecer  e comer. Dormir em um hotel e havia chegado a cidade a meia hora, estava parado na frente do hotel em que ficaria hospedado por algumas noites, até que conseguisse um apartamento. 

Eu iria trabalhar como entregador em uma companhia de fotografias, eu seria o cara que sai a procura das pessoas para entregar as fotos e os books. Começaria semana que vem, e apesar do emprego um tanto inusitado eu havia gostado, da ideia de me mudar. Não iria voltar para o Canada apesar de amar a minha cidade e não pretendia ficar em Londres sabendo que poderia esbarrar em Anabella a qualquer momento...ah Ana, volta e meia meus pensamentos se voltavam para ela, em como eu estava feliz um dia antes de deixa-lá me odiando e seguir um rumo errado e completamente vazio.
Eu nunca amaria mais ninguém de verdade, meu coração havia se quebrado em pequenos pedaços e nunca se reconstruiria novamente. 

Eu tinha perdido tudo e quando me dei conta disso era tarde demais.

Eu sempre fui um garoto alegre, que animava a galera que amava se divertir e curtir, que fazia piada e que nunca aceitava um não, eu sempre fui amado e sempre amei muito intensamente.

Mas num piscar de olhos eu havia perdido tudo.
É triste quando esses dramas comuns aparecem em nossas vidas , é triste quando  perdemos um amigo, um amor, uma vida . 

Mas eu pretendia recomeçar de outra forma. 

Eu deixaria tudo cicatrizando, conquistaria uma vida em Doncaster e nunca mais voltaria para Londres.

Eu iria envelhecer ali.

Entrei no hotel, fiz tudo o que precisava e fui para o quarto que seria meu por algumas noites, deixei minhas coisas ali e fui tomar um banho e depois dormi. Quando acordei eram quase meia noite, minha barriga roncava e eu sabia que não haveria mais jantar no restaurante a esse horário. 

Então me troquei e sai, fui andar um pouco pela cidade e encontrar uma lanchonete aberta, pedi um lanche e me sentei para esperar, logo um grupo de amigos entrou, eles eram barulhentos e me fazia lembrar de quando eu, Nash, Aeron e Jack saiamos para bardenar de madrugada por Londres, esse pensamento me deu vontade de rir e de chorar ao mesmo tempo.

Um deles se virou para mim, ele tinha cabelo castanho era alto e sorria. 

-Oi, cara-Ele me cumprimentou.

-Oi-respondi.

-Tá sozinho ai ? Quer dar um rolê com a gente?- o menino perguntou. 

-Só to a fim de comer mesmo, valeu.-Ele riu e bateu no ombro de seu amigo que até então conversava com outro. 

-Ah cara, qual é?-Seu amigo falou comigo.-Que depressão é essa? Vamos com a gente. -Ele deu um tapa no meu ombro. 

-Gente, deixei o menino em paz.-O terceiro menino falou. 

-Eu sou Cameron-o que veio falar comigo se apresentou -Esse são Gilinsky e Jacob, vamos dar um rolê por ai, nada demais bro. 

O jeito que eles falavam era engraçado. Eu dei uma mordida no meu lanche e me levantei com eles, ainda comendo e tomando refrigerante, eles faziam o mesmo. Saímos da lanchonete e fomos até uma lágoa perto de um parque que ficava a aproximadamente três quarterões da lanchonete. 

-E ai, vai querer nadar?-O que se chamava gili...alguma coisa, perguntou.

-Não, tô de boa.-Eu sorri pra ele e me sentei na grama.

-Ah qual é cara, entra com a gente!-Jacob falou. 

-É mano, a agua deve estar uma delicia,-Cameron disse tirando a bermuda e indo pra lagoa junto com os outros meninos. Eu não iria ceder a isso. Mas fiquei dando risada deles, enquanto se empurravam dentro do lago. Quando eles se cansaram e sairam estavam tremendo e brancos, seus lábios estavam roxos , mas eles nem tiveram o trabalho de se vestir , apenas se deitaram ao meu lado na grama e ficaram olhando pro céu que não havia nem uma estrela naquela noite.

-Você deveria ter ido se divertir com a gente.-O garoto que eu não sabia pronunciar o nome disse.

-Não é muito a minha.-Eu disse

-O que é a tua? Ficar na depressão sozinho dentro de uma lanchonete? -Cameron falou revirando os olhos.-Se liga cara, você esta em Doncaster a cidade mais entediante que você já conheceu, se você não saber aproveitar vai morrer de tédio aqui. -Jacob concordou: 

-ou pior cara, você pode pegar uma dessas doenças de velhos.-Eu franzi o cenho olhando pra ele sem entender-Ficar rabugento e chato. -Eu não me segurei e dei risada, esses caras eram mesmo sem noção. -É sério, meu avô mesmo é assim, sempre que eu vou lá ele diz que eu tenho que vestir cardigã! -Ele revirou os olhos-Você já viu alguem em pleno século XXI usando cardigã? -Ele apontou pra mim me parando antes que eu pudesse responder.-Deixa que eu respondo, É claro que não! Isso é coisa de velho rabugento. -Eu só ri com eles e ficamos jogando conversa fora, vi que já eram mais de duas da manhã e resolvi que já estava na hora de voltar para o hotel. 

-Tenho que ir. -disse para os meninos.

-Quer que a gente acompanhe você ?-Cameron perguntou.

-Não precisa, obrigada pela noite, meu primeiro dia aqui até que foi bem divertido.

-Sua primeira noite aqui, cara-G alguma coisa disse

-Que seja -eu ri-Valeu caras

-Espera-Jacob chamou eu me virei-Qual o seu nome?

-E aonde você está ficando?-Cameron completou. 

-Me chamo Shawn, estou hospedado no hotel Velance. 

-Até mais , Shawn-Os meninos disseram e eu segui até o hotel, as ruas desertas curtindo a nota, cheguei no hotel, fui para meu quarto e cai direto na cama, dormi quase de imediato.

É talvez, eu consiga me adaptar bem a Doncaster.


Notas Finais


Gente esse capitulo é meio parado ? É, mas eu precisava dar um jeito de fazer Shawn conhecer seus amiguinhos ^^
Ninguém vive sozinho né? portanto...
Não desistam de mim, por favor!!!!!!!!!
Eu sei que eu demorei muito pra atualizar e que esse capitulo tá parado, mas é so por enquanto, prometo a vocês.
Enfim, comentemmmmmmmmmmmmmmmmmmm!!!
voltem aqui e me xinguem ou me dizem o que estão achando que seja, só me dêem sinal de vida,
Aliás obrigada por todos os 101 favoritos estou radiante sério, vocês são demais, e aos comentarios do capitulo anterior tambem , isso me faz muito bem e me motiva a terminar a história. Enfim galera, até o próximo.
(vou responder todos os comentarios do capitulo anterior , eu prometo. )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...