História Tenho Salvação ? - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Jikook
Exibições 34
Palavras 1.362
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olha eu aqui de novo 🙆🙆🙆🙆

Capítulo 9 - 9


   Jimin on

Eu me deparei com Jungkook, ele estava nú e estava caído no chão, com sangue em sua volta e a água do chuveiro molhando seu corpo.

Na hora eu sai correndo e o peguei no colo levando o mesmo para o quarto.
Eu acabei me molhando inteiro e tinha manchas de sangue em minha roupa.

Comecei a seca-lo e pude ver que os cortes em seus pulsos estavam muito feios então peguei uma roupa qualquer do mesmo e o levei para o meu carro.

Eu iria leva-lo para o hospital e eu não estava nem aí se iam tirar fotos nossas e falar merda depois.
No momento eu só estava preocupado com o meu anjo que se encontrava desacordado no banco de traz do carro.

Cheguei no hospital e peguei Jungkook no colo o levando para dentro e chamando os enfermeiros.
Logo vieram dois enfermeiros com uma maca e colocaram Jeon sobre ela, levando o mesmo para um quarto em que eu não podia entrar.

Eu já estava esperando a umas 4 horas na quele hospital e ninguém me trazia notícias sobre o estado de Jungkook.

- Sr. Park ? - um dos enfermeiros que colocou Jungkook na maca de aproxima de mim - o Senhor não gostaria de voltar para a casa ? Pois o paciente Jeon Jungkook certamente não acordara tão cedo.

- O que aconteceu com ele ? Ele está bem ? Ele corre risco de vida ? - eu acabo me desesperando fazendo o enfermeiro ficar confuso com tantas perguntas.

- Por favor eu peço que se acalme, bom ele teve muita perda de sangue e digamos que sua anemia piorou por ele não estar se alimentando bem, no momento ele está sobre o efeito de remédios por isso ele ainda está dormindo, e sobre ele correr risco de vida... Bom somente o médico pode falar com você a respeito disso pois eu não tenho informações sobre isso - ele fala tudo e é como se meu mundo estivesse caindo a qualquer momento, eu já sentia lágrimas rolarem pelo meu rosto. - O Senhor pode voltar para casa, nos só precisamos saber seu número de telefone caso ele acorde quando e você não estiver aqui - ele finaliza e eu entrego meu cartão com meu número a ele.

- Quando ele acordar por favor me avisem - eu falo e ele concorda com a cabeça e se retirando do local em que eu estava.

Ahh eu não acredito que isso está se repetindo novamente, se eu estivesse o esperado isso não teria acontecido, eu me sinto um lixo por não conseguir nem proteger a pessoa que eu amo.

(***)

Eu estava em meu carro pois eu havia pegado um transito horrível e para completar estava chovendo.

Depois de longos minutos parado, finalmente a fila de carros congestionados começa a andar.

Chego em meu apartamento e entro no mesmo me jogando no sofá e acabo dormindo ali mesmo.

Acordo com o toque do meu celular e vejo que o número do hospital estava brilhando na tela.

Ligação on

JM : alô ?

Sc. (Secretária) : Sr. Park ? ... Nos gostaríamos de avisar que o paciente Jeon Jungkook se encontra acordado.

Ligação off

Assim que ela fala aquilo eu simplesmente desliguei o celular e me direcionei ao banheiro para poder tomar um banho rápido.

Assim que termino o banho, vou em direção ao meu closet e pego qualquer roupa, pego as chaves de casa e a chave do carro.

Saio do apartamento comendo uma maçã e vou para o carro ligando o mesmo e dirigindo para o hospital.
A minha sorte é que as 03:30 da madrugada não costuma ter muito movimento nas ruas então eu cheguei até que rápido no hospital.

    Jungkook on

Acordo em um lugar totalmente branco com uma poltrona ao meu lado.
Minha cabeça dói bastante e sinto meus pulsos dormentes.
Olho melhor para o local e vejo que estou deitado em uma maca.

- Ohh você acordou - fala um enfermeiro entrando no quarto com uma bolsa de soro nas mãos.
Logo vejo ele retirando o soro antigo que continha apenas um pouco do líquido.

- Nós iremos ligar para o Sr. Park e avisar que você acordou - ele fala colocando o soro novo no lugar do antigo e jogando o outro fora.

Eu não sei por que mas quando ele falou que iria ligar para Jimin, um frio percorreu meu corpo.
Com certeza ele iria me dar uma bronca pelo o que eu fiz... Como eu já havia falado antes, eu só trago preocupações para o Jimin... Eu não sei se eu sou a pessoa certa para ele, pois eu não passo de um garoto problemático como as pessoas costumam falar.
Sinto meus olhos embaçados por conta das lágrimas e logo o líquido quente escorrer pelo meu rosto.

Vejo a porta sendo aberta com um certo desespero e ao ver ele ali, eu simplesmente caio em lágrimas e ele vem correndo me abraçar.

- Jungkook nunca mais faça isto - ele fala com voz de choro.

- Jimin, eu sinto que eu não sou o suficiente para você... Eu só trago preocupações, na verdade eu sou um fardo na sua vida - eu falo já não aguentando mais e começo a soluçar.

- Jungkook nunca mais fale isso, você nunca foi um fardo em minha vida, na verdade você foi um milagre na minha vida, pois eu só sabia trabalhar e não sabia desfrutar das coisas boas que o amor oferece, você me fez ver o mundo de um jeito diferente - ele fala quebrando o abraço e secando minhas lágrimas.

- Você realmente gosta de alguém problemático como eu ? - eu falo olhando bem no fundo de seus olhos.

- Você não é problemático, você só é diferente das outras pessoas o que te torna muito especial para mim, e eu não só gosto de você como te amo - ele fala me dando um selinho que foi virando um beijo calmo, nós estávamos somente desfrutando um dos lábios do outro... Ahh como é bom sentir seus lábios nos meus.

- Eu também te amo - eu falo entre o beijo e finalizando com um selinho.

(***)

Jimin tinha acabado de dormir ao meu lado, ele estava na poltrona pois os enfermeiros não autorizam que o paciente durma com o acompanhante na maca, e também meus braços estavam ligados ao soro então não tem nem como ele dormir do meu lado.

Acabo dormindo também segurando em sua mão.

- Jungkook - ouço Jimin me chamar e logo abro os olhos percebendo que eu não estava mais no hospital.

- Não era para eu estar no hospital? - eu pergunto e percebo que estou na cama de Jimin no quarto dele e com vários curativos na região do braço.

- O médico falou que você precisaria ficar em observação mas eu falei que iria cuidar de você corretamente então ele deixou você pegar alta mais cedo - ele fala sorrindo o que me faz sorrir também.

- Então eu vou ficar aqui ?

- Na verdade você vai morar aqui a partir de agora. - ele fala parecendo entusiasmado com a ideia.

- Como assim ?

- Bom já que você mora sozinho eu não vejo problema em te sequestrar, se você quiser é claro - ele fala sério mas logo depois acaba rindo de seu próprio comentário.

- Então tá bom eu aceito ser sequestrado por você - eu falo rindo e ele também.

- Amanhã eu mando buscar suas coisas pois agora eu estou cansado.

- Tudo bem... Deita aqui comigo ? - eu pergunto fazendo uma carinha fofa.

- Não precisava nem pedir - ele fala rindo e se deita do meu lado.

Sinto seus braços envolvendo minha cintura e me puxando para mais perto, coloco meus braços ao redor de seu pescoço deixando nossos rostos próximos, deixo um selinho nos lábios do mesmo e logo depois adormeço.

Eu ainda me lembro da pergunta que fiz a mim mesmo pouco tempo atrás:

Tenho Salvação ?

E agora eu posso afirmar que... Jimin é minha Salvação.


Notas Finais


Olá de novo 👋👋


Bom... Tchau 👋👋😹😹😹

Desculpem os erros 🙏🙏🙆🙆

Até 🙆🙆🙆🙆🙆


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...