História Tens O Direito De Ser Feliz - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Derek Hale, Isaac Lahey, Stiles Stilinski
Tags Drama, Romance, Sterek
Exibições 141
Palavras 1.531
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Droubble, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OiOi estou aqui sei que um pouco sumido mas hoje irei vos compensar atualizando duas fanfics e começando uma nova.
Obrigado por não desistirem de mim por comentarem e favoritarem.
Boa Leitura!!!!

Capítulo 3 - Pequeno Almoço Com Abraços


Fanfic / Fanfiction Tens O Direito De Ser Feliz - Capítulo 3 - Pequeno Almoço Com Abraços

 

Derek acordou um pouco dorido e com a sua cabeça a latejar bastante, o seu corpo insistia para que se mantivesse deitado e de olhos fechados, mas foi então que ele se lembrou da noite anterior a bebida a queda o choro compulsivo do filho e depois mais nada era tudo negro, mais uma vez pensou no filho e foi então que despertou e levantou se rapidamente, para ir até ao quarto mas acabou apenas por ficar sentado observando o médico do filho dormindo profundamente no sofá em frente.

E ali ficou algum tempo não sabendo se seriam apenas segundos ou até minutos observando aquele rosto meio delicado cheio de pintas, sentiu uma vontade de contar cada uma delas mas essa ideia rapidamente passou quando o médico acordou.

Stiles abriu os olhos e sentiu se observado por Derek e sem saber bem o porque sentiu se envergonhado. Meio tímido e com as suas bochechas a ferver Stiles apenas conseguiu dizer bom dia.

Derek- Bom dia. Será que me podia explicar o que aconteceu é que não consigo me recordar.

Stiles- Resumindo você bebeu de mais e acabou caindo, Isaac viu ficou assutado, ligou para mim e eu vim o mais depressa que pude com os paramédicos eles cuidaram do seu corte na cabeça, depois foram embora e eu optei por ficar, espero que não aja problema.

Derek- Claro que não sinto me bastante envergonhado o que aconteceu ontem não podia acontecer.

Stiles- Ainda bem que sabe isso Derek. Desculpe que lhe diga mas foi muito irresponsável beber daquela forma ainda mais com o Isaac por perto. Eu compreendo que seja uma situação difícil mas beber não é a solução. Ainda por mais ontem queriam chamar os serviços sociais eu é que não deixei tem que tomar cuidado, pois se mantiver essa vida podem acabar por lhe tirar Isaac.

Derek- Obrigado por não ter deixado. Eu sei que foi errado eu entendo Stiles, mas não sei o que fazer se eu o perder eu morro também, o que vou fazer, o que posso fazer para o salvar.

Stiles- Derek infelizmente ele ficar bem não depende de nós mas sim de vários outros fatores, eu gostava de te poder dizer que ele vai sim ficar bem, que tudo vai correr da melhor maneira, mas infelizmente eu não posso, mas há algo que tu podes fazer. Aproveitar cada momento com aquele menino, aproveitar cada segundo cada risada, fazer de tudo para ele se sentir feliz e realizado, realizar lhe cada sonho. Pois assim se infelizmente algo acontecer, por mais que seja difícil saberás que fizeste de tudo para fazer daquela criança, daquele príncipe a pessoa mais feliz.

Derek- Mais uma vez obrigado Stiles, nem sei como agradecer.

Stiles- Eu sei faz com que a noite de ontem não se repita e promete me que vais fazer daquela criança o menino mais feliz.

Derek- Prometo Stiles eu prometo. Tu gostas muito do meu filho?

 Stiles- Não o posso negar amo cada criança que trato mas o Isaac ganhou um lugar de destaque no meu coração.

Derek- Fico feliz por isso, é bom saber que o médico que cuida do meu filho se preocupa tanto com o bem estar dele como eu.

Stiles apenas sorriu e Derek sentiu se envolvido pelo calor que o médico emanava e mais uma vez deu por si a pensar em cada pinta do rosto do menor.

Stiles- Bem vou andando.

Derek- Nada disso vais tomar o pequeno almoço connosco, além disso de certeza que o Isaac vai querer ver te ele também te adora passa a vida a falar de ti.

Stiles- Está bem posso tomar sim o pequeno almoço com vocês.

Derek subiu para acordar o seu filho e Stiles aproveitou para observar melhor a sala e acabou por observar os porta retratos, haviam vários a maior parte era de Isaac mas havia também do casamento de Derek e sem duvida alguma que Paige era uma mulher lindíssima com um sorriso radiante e eles pareciam muito felizes. Haviam também varias só dos dois, a fazerem diversas coisas como canoagem, escalada. Mas a que mais lhe chamava à atenção, era uma deles os dois no cimo de uma montanha a verem o por do sol.

Derek- Essa é a minha preferida.

Stiles- Desculpa não quis ser abusado.

Derek- Não tem problema.

Stiles- Realmente é muito bonita a foto e Paige era uma mulher lindíssima.

Derek- Sim ela era incrível tanto por dentro como por fora. Adorava ajudar os outros. Dizia que tinha que fazer o bem que era a única forma que a fazia sentir que a vida valia a pena.

Stiles- Parecia ser realmente uma mulher incrível.

Derek- E era.

Derek sentiu que poderia chorar a qualquer momento então saiu dizendo que ia fazer panquecas e que Stiles se quisesse poderia subir para ver Isaac.

Stiles subiu e Isaac ainda estava enfiado na cama.

Stiles- Então pequeno príncipe ainda estás ai, hoje não tens escola?

 Isaac- Sim mas não quero ir.

Stiles- Então porquê?

Isaac- Porque os meninos são maus não me deixam brincar e ficam chamando me nomes por causa de eu estar careca.

Stiles sabia que as crianças eram bem más quando queriam ele próprio tinha sido vitima de bullying na escola.

Stiles- Sabes acho que eles têm inveja de ti, pois sabem o quanto és poderoso e eles não são, por isso não ligues ignora eles vais ver que não tarda nada estão chamando te para brincares novamente.

Isaac- Sério então eu vou fazer isso.

Stiles- Muito bem então vá levanta te para irmos comer que eu acho que o teu pai esta a fazer panquecas.

Isaac- Sério o papa não faz panquecas à tanto tempo.

Stiles- Sim. porque?

Isaac- Pois era algo que ele fazia com a mama para mim de manhã enquanto ouviam musica dançavam juntos eu ria tanto.

Stiles- Eles eram bem divertidos e felizes.

Isaac- Abanou a cabeça concordando.

Stiles- Bem melhor nos despacharmos se não chegas atrasado, estou lá embaixo à tua espera.

Stiles desceu procurou a cozinha encontrando um Derek descontraído escutando musica e dançando e não pode deixar de rir.

Derek ficou envergonhado quando percebeu que não estava sozinho.

Derek- Não sabia que estavas ai.

Stiles- Não seja por isso, não precisas parar por minha causa, podes continuar.

Derek- Para divertires te à minha conta.

Stiles - Nada disso como é que eram mesmo aqueles passos.

Stiles tentou imitar e acabaram os dois por se rir à gargalhada dançando cada vez mais perto um do outro enquanto riam.

Ambos sentiam se descontraídos na presença um do outro, sentiam se bem e Derek ria como à muito não o fazia apenas pararam quando os risos intensos de uma criança se fizeram ouvir.

Derek- Estás ai meu anjo, está divertido é?

Isaac- Sim vocês parecem dois robôs avariados.

E mais risos forma ouvidos.

Derek- Bem já chega vamos mas é comer se não nos atrasamos todos. E os três sentaram se à mesa a lanchar alegremente.

Quando acabaram de comer, Stiles tinha que sair para trabalhar, mas dentro dele tinha uma vontade de ficar ali com eles, fazia tempo que não se divertia ou que se sentisse tão bem. Mas optou por ter que sair visto começar a achar que estava a mais, pois Derek mantivera se calado e por vezes parecia observa-lo como se tentasse desvendar cada segredo seu.

Derek sentou se a comer e ai começou a culpa ele tinha feito coisas que fazia apenas com Paige, tinha se divertido, rindo cantado e até dançado e ele não podia fazer isso era uma rotina deles e não dele, ele sentia que não podia se divertir se a sua própria mulher já não o podia fazer.

 A falta que sentia de Paige fazia o sufocar, mas acabou por se perder novamente nas pintas de Stiles, observando o em silêncio pensando quem seria realmente Stiles fora do hospital, quem seria ele no dia a dia.

Stiles- Bem tenho que me ir embora.

Isaac- Mas já Stiles é tão cedo.

Stiles- Sim é cedo e por isso mesmo já tenho que estar no hospital cuidando dos teus amiguinhos, está bem mas amanhã já te vejo combinado.

O menino sorriu e abanou a cabeça concordando.

Derek- Fica ai a comer tudo está bem amor, que eu vou acompanhar o Stiles até à porta.

Stiles- Não é necessário eu sei o caminho fica com ele.

Derek- Não, Não. Os meus pais sempre me ensinaram que se queremos que uma visita volte temos que ser nós a abrir lhe e a fechar lhe a porta à saída.

Stiles- Sério? Não sabia disso. Então vamos.

Dentro de Stiles sentia uma espécie de euforia, por saber que Derek gostaria que ele voltasse, mas tentou matar aquele estado de espirito lembrando se que Derek é hetero.

Quando chegaram à porta, Derek fez algo inesperado para ambos abraçou Stiles e agradeceu lhe pela noite anterior e por esta manhã dizendo que à muito não se divertia.

Quando Stiles saiu e Derek fechou a porta, a sua cabeça inundou se de pensamentos perguntando a si mesmo o que se estaria a passar para estar agindo assim de forma tão estranha.
 


Notas Finais


Então o que acharam gostaram? bom ou mau.
Mais tarde atualizo a outra fanfic, vou dormir mais um pouco.
Não deixem de favoritar e comentar
Bjs e Abraços


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...