História Tens O Direito De Ser Feliz - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Derek Hale, Isaac Lahey, Stiles Stilinski
Tags Drama, Romance, Sterek
Exibições 123
Palavras 1.683
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Droubble, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OiOi como vocês estão, tudo bem?
Tenho uma pergunta para vocês, que casais hetero do mundo das séries vocês shippam, estou perguntado por causa da vontade de fazer uma fanfic diferente.
Bem quero agradecer imenso a todos os que têm comentado esta fanfic e a quem a favoritou estou muito feliz de coração.
Boa leitura!!!

Capítulo 4 - Convite Para Acampar


Fanfic / Fanfiction Tens O Direito De Ser Feliz - Capítulo 4 - Convite Para Acampar

 

Stiles estava sentado no seu consultório, aguardando a chegada de Isaac, e com isso poder não só ver o pequeno príncipe, como o seu pai.

Desde que tomara o pequeno almoço com eles, deu por si a desejar passar mais tempo com os dois, ambos transmitiam lhe calor sensação de família, algo que ele à muito não sentia, nem acreditava que existisse, mas infelizmente só Isaac apareceu para fazer o tratamento acompanhado da sua ama.

Passou a tarde com o menino, brincando com ele, e quando terminou o tratamento foram juntos até a sua sala, para um exame rápido ao menino.

Isaac- Stiles porque que o meu pai acha que não pode ser feliz?

Stiles- Claro que pode porque dizes isso?

Isaac- Eu no outro dia estava sem sono, por isso fui à procura dele, e ele estava a falar com o retrato da minha mãe, a dizer que não podia nem merecia ser feliz.

Stiles ficou triste ao ver a dor que Derek carregava dentro dele.

Stiles- Sabes ele ama muito ainda a tua mama e por isso é que sofre tanto, e ele acha que se ela já cá não está para ser feliz ele também não merece.

Isaac- Mas ele merece sim, a mama disse me que ele merece ser muito feliz e que só precisa abrir o seu coração.

Stiles- Quando é que a tua mama disse te isso?

 Isaac- No meu sonho eu muitas vezes, sonho com ela, e ela fala comigo.

Stiles sabia que devia de ser apenas um sonho mas a curiosidade sobre o assunto fez ele querer saber mais.

Stiles- E sobre o que vocês conversam?

Isaac- Tantas coisas, à coisas que por vezes eu esqueço.

Stiles- Mas das que te lembras o que ela fala?

Isaac- Diz que tenho que ser forte, que não posso desistir de lutar, porque ainda não chegou a minha altura de ir para perto dela. Disse também para confiar em ti.

Stiles- Em mim?

Isaac- Sim disse que tu tens um coração cheio de luz, e que gostas muito de mim.

Stiles- Gosto sim pequeno príncipe muito.

Isaac- Diz que tenho que ajudar o papa a acreditar mais no amor e na vida e que tu podias ajudar me.

Stiles queria continuar a dizer que devia de ser a mente da criança que produzia aqueles sonhos, mas havia coisas que uma criança não devia de entender como o significado de amar a vida.

Stiles- Como eu posso ajudar te?

Isaac- A mama diz que temos que convencer o papa a fazer coisas que o deixavam feliz.

Stiles- Que tipo de coisas?

Isaac- Coisas como acampar, passear na praia, subir às montanhas pois o papa ama isso.

Stiles- Não acredito que ele queira fazer isso meu anjo, ele sente que só as pode fazer com a tua mãe.

Isaac- Mas a mama disse me que ele pode sim fazer comigo, connosco pois tu também tens que ir.

Stiles- Eu não posso anjo tenho o meu trabalho.

Isaac- Por favor Stiles tens que me ajudar a mama disse me que ajudarias.

Stiles não sabia o que pensar bem daquilo tudo, apenas queria acabar a conversa, sendo assim apenas disse que sim.

Levou Isaac até à sua ama e despediu se do menino.

 

Derek esteve o dia todo fechado no escritório envolto em papeis, ele quis acompanhar o menino à consulta, mas achou melhor não o fazer, aquele abraço que dera no médico do seu filho, ainda lhe soava estranho, não podia negar que Stiles era um homem bastante bonito e aquelas pintas na cara o deixavam ainda mais sexy, nunca se achou como uma pessoa que gosta de homens mas também nunca lhe incomodou isso, ele só não quer se aproximar porque Paige não o merecia, ele pertencia a ela e só a ela, olhou as horas e percebeu que estava quase na hora do seu filho sair da consulta, o que significa ter que ir para casa para receber o menino arrumou alguns papeis dentro da gaveta e reparou mais uma vez na carta, na maldita carta que veio com o testamento de Paige, apesar de ser uma mulher jovem ela sempre teve receio com o futuro, então escreveu uma carta para Derek e outra para Isaac, para quando este fizesse quinze anos, a de Isaac estava guardada no cofre da casa, mas a sua continuava guardada na gaveta do escritório a espera que este tivesse coragem para a abrir.

Era difícil saber que ali naquela carta estava a despedida de Paige as suas ultimas palavras e isso o atormentava, não saber o que poderia encontrar escrito logo preferiu apenas continuar guardando-a.

Derek chegou a casa e passado pouco tempo Isaac chegou.

Isaac- Papa, papa já sei o que quero de prenda de anos.

Derek- Calma anjo só fazes anos daqui por dois meses.

Isaac- Mas eu quero a minha prenda agora por favor diz que sim, diz que sim.

Derek- Primeiro diz me como correu o tratamento, cuidaram bem de ti?

 Isaac- Correu bem, foi o Stiles que cuidou de mim, ele esteve sempre comigo.

Derek pensou para si mesmo, como tinha agido bem não indo acompanhar o seu filho pois teria lidado o tempo todo com Stiles e a sua vontade de lhe contar as pintas.

Isaac- E agora por favor diz que sim à minha prenda.

Derek- Ainda não disseste o que é.

Isaac- Primeiro quero que digas que sim.

Derek- Sabes bem que sim só se eu não puder.

Isaac- Quero ir acampar contigo por favor

. Derek- Filho sabes que o pai já não faz essas atividades.

Isaac- Mas tu prometeste.

Derek- Ainda por mais não sei se tu nessa condição podes acampar, pode ser perigoso.

Isaac- Pedimos ao Stiles para vir connosco, ele é médico, assim pode cuidar de mim se eu precisar.

Derek- Isaac o Stiles tem que trabalhar, não deve poder ir.

Isaac- Eu já lhe perguntei e ele disse que sim, por isso vá lá.

Isaac fez aquele olhar e aquele beicinho ao qual Derek não sabia dizer que não.

Derek- Eu irei falar com o Stiles, se realmente tiver tudo de acordo, ai sim é um caso a ser pensado.

Isaac soltou para o colo do seu pai, enchendo-o de beijos e a dizer muitas vezes obrigada..

 

Stiles já estava em casa quando o seu celular tocou, reconheceu o número da casa de Derek e tratou logo de atender, reconhecendo  de imediato a voz de Derek, não podendo negar, que até a sua voz era sedutora e envolvente.

Stiles- Boa tarde Derek. O que se passa Isaac está bem?

Derek- Sim está muito bem. Não te preocupes é por outro motivo que estou a ligar.

Stiles- Sim diz me então.

Derek- Isaac fez me um pedido para prenda de anos, ele quer muito ir acampar e eu quero saber se à problemas.

Stiles- Não Derek, inclusive acho que vai fazer lhe muito bem, apenas tem atenção para a zona que o levas, não leves ele para uma zona muito densa, onde possa correr o risco de se magoar, mas acredito que o ar puro lhe vai fazer maravilhas.

Derek- Entendo tenho outro pedido a fazer.

Derek sentia se nervoso com a possibilidade de passar mais tempo com Stiles e ao mesmo tempo sentia que estava traindo a memória de Paige.

Stiles- Sim podes dizer, estás à vontade.

Derek- Gostava de saber se querias vir connosco a campar, eu iria sentir me muito mais seguro se estivesse algum médico lá também.

Stiles ficou feliz pelo convite, mesmo sabendo que devia ter sido ideia do Isaac, se surpreendendo como uma criança de seis anos conseguia pensar em algo assim tão elaborado, como dizer que quer acampar como prenda de anos sabendo que Derek não lhe iria negar esse pedido.

Stiles- Sim gostaria muito mas não tenho equipamento nenhum, nunca fiz esse tipo de atividades.

Derek- Não te preocupes eu tenho equipamentos suficientes, apenas trás roupa confortável.

Stiles- Está certo, estamos combinados. Quando será? 

Derek- No próximo fim de semana pode ser?

Stiles- Sim inclusive estou de folga por isso está perfeito.

Derek- Está bem então até sábado.

Stiles- Até sábado.

Quando Malia a melhor amiga de infância de Stiles chegou para visitar o amigo, este ainda mantinha um sorriso bobo no rosto.

Malia- O que se passa?

Stiles- Nada porque?

Malia- Estás com um sorriso bobo no rosto, até parece que estás apaixonado.

Stiles- Não digas disparates, sabes bem que não acredito nesse sentimento.

Malia- Stiles já te disse, só porque não deu certo entre os teus pais, não significa que esse sentimento, não seja real.

Stiles- Malia, não só não deu certo entre os meus pais, como o meu pai matou se por causa disso, e a minha mãe abandonou me, não querendo saber de mim. Esse sentimento só trás dor e sofrimento, nada mais. Se não fosse a tia Melissa e Scott eu teria ficado sozinho.

Malia- Eu entendo te mas acho que está na altura de seguires em frente. E por falar em Scott onde ele está?

Stiles- Malia esquece o Scott.

Malia- Eu já esqueci, apenas perguntei por curiosidade.

Stiles- Não sei do Scott acho que está em casa da nova namorada, já não o vejo à dias.

Stiles não conseguiu evitar rir, com a cara de Malia a ouvir que Scott tinha namorada.
 

Em casa de Derek

Derek- Pronto anjo vamos acampar no próximo fim de semana.

Isaac- Sério e o Stiles também vai?

Derek- Sim ele também vai.

Isaac começou a pular de felicidade agradecendo muito a Derek.

Derek- Tu gostas muito do Stiles, não gostas?

Isaac- Simmmmmm, ele é muito bom, tem um bom coração é meu amigo, brinca comigo faz me rir muito.

Derek- Sim ele é incrível, mas assim ainda fico com ciúmes.

Isaac pulou no colo do pai e abraçou-o.

Isaac- Não precisas ter ciúmes pai, eu também gosto mesmo muito de ti, és o melhor pai do mundo.

Derek sentiu até vontade de chorar a escutar as palavras do filho.

Derek- Não tu é que és o melhor filho do mundo.


Notas Finais


Então que tal, o que acham de eles estarem descobrindo o amor.
Os sonhos do Isaac serão reais ou imaginação?
E o que Paige pode ter escrito na carta?
O que acham que vai rolar no acampamento?
Não deixem de comentar e favoritar.
Visitem a minha nova fanfic
https://spiritfanfics.com/historia/nao-quero-te-amar-6728057
Bjs e Abraços


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...