História Tentação - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Desejos, Sexo, Sonhos Eroticos, Violencia
Exibições 128
Palavras 1.232
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Obrigada a todos que estão acompanhando e comentando...
Boa Leitura

Capítulo 12 - O que aconteceu?


Jasper não me procurou no quarto, estava sozinha e acabei dormindo de cansaço, ao amanhecer acordei com o Jasper batendo na porta, mais eu não levantaria da cama assim, meu corpo estava doendo de mais.

 

- Angelike eu quero falar com você sobre ontem, olha não aconteceu nada. - falou Jasper batendo na porta, me esforcei para falar.

 

- tudo bem Jasper. - disse um pouco alto mais logo gemi de dor.

 

- Angelike eu quero falar com você, além do mais temos aula agora. - disse Jasper abrindo a porta.

 

- eu não vou hoje. - disse me cobrindo para ele não ver o meu estado.

 

- Angelike, não pode ficar deitada, hoje tem trabalho também, eu sei que faltei ontem mais tenho um bom motivo. - disse Jasper, senti ele sentar na cama.

 

- eu fui demitida ontem Jasper. - disse tentando segurar os gemidos.

 

- por que? - perguntou e senti sua mão em minha cintura, somente o toque já doeu e gemi de dor.

 

- ai. - gemi.

 

- o que você tem? - perguntou puxando as cobertas, me Encolhi na cama e isso doeu mais. - mais quem fez isso com você? - perguntou preocupado, o afastei de mim.

 

- não me toca. - pedi com medo, cada toque doía todo o meu corpo. - como foi o sei dia com a sua ex? - perguntei me afastando e tentando sentar na cama, mesmo fazendo caretas de dores.

 

- eu falei com a Monica só de manha e foi por meia hora, depois fui atrás da minha mãe, parece que ela e meu pai vão se separar. - disse me olhando de cima a baixo para ver os machucados mais minha camisola deixa o principal coberto.

 

- não é de se esperar, sua mãe seria idiota de ficar ao lado de um homem como aquele. - disse encolhida, as lembranças de ontem me fizeram tremer.

 

- eu vou ficar do lado de minha mãe, hoje ela queria que eu a levasse lá, para conversarem. - disse Jasper, suspirei.

 

- não vou sair de casa Jasper, estou com o corpo todo dolorido, além de estar com vários roxos pelo corpo e rosto. - disse desviando o olhar.

 

- por que não me conta quem fez isso, eu vou atrás do desgraçado e dou uma surra que ele nunca mais vai querer encostar em mulher nenhuma. - disse Jasper apertando as mãos, suspirei.

 

- Yuto já deu uma surra em quem fez isso, não se preocupe. - disse colocando os pés no chão, tentei levantar mais não deu certo.

 

- eu te ajudo. - disse me ajudando a ir ao banheiro.

 

- eu só quero um banho, só isso. - falei baixo, ele assentiu e me colocou sentada na privada, em seguida ligou a agua para a banheira entrar e veio ate mim retirando minha camisola e minha calcinha, olhou meu corpo e fixou seu olhar em minha barriga, onde os hematomas eram maiores já que aquele maldito me bateu muito ali.

 

- me conta quem fez isso, por favor, por acaso te estupraram? - perguntou ajoelhado em minha frente, seu olhar era desesperado.

 

- não, Yuto impediu que isso ocorresse, não sei o que ele foi fazer lá mais agradeço muito a ele por ter chegado. - disse com os olhos marejados.

 

- eu vou agradecer ao Yuto pessoalmente, mas por que não quer me contar, eu conheço não é? - perguntou, assenti e desviem o olhar, Jasper suspirou e me fez encara-lo. - foi meu pai não é, aquele maldito fez isso com você. - disse furioso, assenti novamente. - a Angelike me perdoa, eu não deveria ter te deixado sozinha ontem, a culpa é minha. - disse desviando o olhar e abaixando a cabeça, levantei seu rosto com a mão e seus olhos demonstravam confusão, ódio e medo.

 

- não se preocupe com isso, eu só não vou mais trabalhar lá, por enquanto pretendo melhorar e depois procurarei um novo emprego, algo que renda o que preciso para construir minha própria loja de veterinária. - disse sorrindo.

 

- como uma mulher como você pode ser tão linda e carinhosa, mesmo depois que a machucam? - perguntou tocando meu rosto.

 

- por que sou uma mulher insistente, só evita contato com quem a machuca mais no resto não muda. - disse dando um selinho nele, a banheira estava cheia e ele desligou me pegando no colo e me colocando na agua morna. - toma banho comigo. - pedi.

 

- tudo o que quiser, hoje passarei o dia com você, a minha namorada. - disse Jasper, ele me deu mais um selinho e passou a se despir em minha frente, ver ele assim nu novamente me trazia um conforto, ele entrou na banheira e ficou atrás de mim, podia me escorar nele e ficar relaxada, sabia que Jasper jamais me machucaria, ele passou a me dar banho, não reclamei suas carícias eram deliciosas, podia sentir seu membro duro em minhas costas, eu queria tanto ele mais próximo de mim.

 

- Jasper me ajuda a levantar um pouquinho. - pedi, ele me segurou para o fazer e em seguida me sentei em seu colo, seu membro pressionando minha intimidade em busca de refugio.

 

- Angelike o que pretende fazer? - perguntou Jasper se controlando, segurei seu membro. - você esta machucada e passou por coisas horríveis ontem. - disse Jasper e em seguida tremeu.

 

- eu estou um pouco dolorida, mais fazer amor com você sempre é bom Jasper, me deixe desfrutar desse momento. - pedi me erguendo de novo, ele me ajudou e encaixem seu membro em minha entrada, aos poucos fui descendo e ele entrando em mim, assim que estava por completo gemi de prazer, meu corpo poderia estar ruim mais minha intimidade estava sedenta por ele.

 

- por que você tinha que ser tão gostosa, Angelike, eu não consigo parar de pensar em você, de querer meter em você, de querer viver para sempre a seu lado. - disse em meu ouvido enquanto se movimentava devagar para não me machucar, ele era tão fofo.

 

- hm, você também é, me sinto tão bem a seu lado e com vontade de matar tantas garotas, eu quero você só para mim. - disse gemendo, Jasper mordiscou meu pescoço.

 

- então seremos dois assassinos e meu primeiro alvo será meu pai. - disse Jasper estocando mais forte, admito gostei disso.

 

- não, seu pai agiu errado, mas não irá acontecer desde que estejamos juntos, agora esquece isso e faz amor gostoso comigo. - gemi.

 

- como desejar. - disse investindo com mais força e rapidez, segurava meu corpo para não sair balançando de mais, cada estocada era mais prazerosa que a outra, me sentia no paraíso com ele, mas tudo que é bom dura pouco, gozamos um atrás do outro, relaxando nossos corpo, Jasper se retirou e terminamos o banho, Jasper me ajudou a ir para a cama, hoje eu não faria nada, ele se deitou a meu lado.

 

- vou pedir algo para comermos, o que você quer? - perguntou, o olhei e sorri.

 

- Pizza, estou morrendo de fome. - disse sorrindo.

 

- eu também, vou lá ligar e já volto. - disse saindo do quarto, espero que hoje seja um dia perfeito para nos dois, sem ninguém para atrapalhar e esquecer essas coisas ruins que aconteceram.


Notas Finais


Espero que tenham gostado...
Gente se puderem deem uma olhadinha em minhas outras fanfics...
Beijos e até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...