História Tentando disfarçar - Paulicia - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Alícia Gusman
Tags Marilina, Paulicia
Exibições 620
Palavras 1.360
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi Povinho lindo !!! Aqui está como prometido mais um capítulo ! Meu recorde 4 capítulos em um só dia 😂😂❤️❤️! Mas tudo por vcs certo ? Espero que gostem !

Capítulo 25 - Tarde com a família Guerra


Pov's Vanessa 
Intervalo *
- Então eu estava pensando em fazer isso apenas daqui duas semanas - digo . 
- Pq ?? 
- Para o povo não desconfiar e também para sair tudo perfeito dessa vez ... E também para nos aproximarmos mais do Paulo e da Alicia . 
- Entendi ....
O pessoal já estava se aproximando, e acho que para eles não nos perguntarem nada o Alex me beijou . Não foi um beijo normal , tinha algo especial . Deve ser coisa da minha cabeça né? ... 
O beijo acabou e o povo ficou encarando a gente mas eu por uns instantes havia esquecido tudo , a vingança , o Paulo , só tinha eu e o Alex ... É estranho isso que estou sentindo agora , mas eu gosto de Paulo certo ?? ... É eu estou confusa, mas de jeito nenhum vou desistir da minha vingança contra aquela Maria - macho .
Pov's Alicia 
Quando acordei estava na maca da enfermaria , olhei para o meu lado e Paulo estava ali segurando minha mão ... Ele estava tão lindo , devo tê-lo deixado preocupado ... Tentei me levantar mas logo volto a me deitar por causa da dor de cabeça , com certeza deve ter sido aquela pancada que eu levei quando as meninas me prenderam na parede ...
- Olá Lilica - disse Paulo despertando.
- Oi Lito ! Quantas horas são ? 
- 13:30 
- E não era para o senhor está em casa ? 
- E deixar vc aqui ? Nunca ! Precisava ter certeza de que estava bem ...
- Nossa como meu marrento é fofo - digo apertando suas bochechas .
- Tá machucando Lilicia - diz ele tirando as minhas mãos de suas bochechas e as entrelaçando com as suas mãos . - Vc me deixou preocupado , sabia ?
- Sim , mas o povo não desconfiou... Sabe vc ficou aqui e tals ..
- Desconfiar eles desconfiaram ... Mas isso não me importava mt naquele momento , eu só queria ficar aqui com vc Lilicia .. 
- Ownnt , merece até um beijo - digo e o beijo , ele sorri no meio do beijo e eu também .
- Lilicia agora mudando de assunto, pq elas bateram em vc ?
- Por sua causa , queriam que eu me afastasse de vc - digo chorando um pouco - e eu recusei até o fim e elas ficaram me batendo - dessa vez o abraço .
- Desculpa meu amor , a culpa é minha eu devia estar com vc todo tempo né ? - ele diz e eu sorrio .
- Repete ..
- A culpa é...
- Não essa parte , a parte que vc me chama de amor 
- E não é o que vc é ? - ele diz fazendo carinho em minha bochecha.
- Sim , amor - digo e ele me beija .
- Então .. Vc quer almoçar lá em casa?
- Vou perguntar para minha mãe 
Disquei xxxxxx e minha mãe atendeu.
*ligação on*
Mãe : Alô
Eu : Oi mãe 
Mãe : Oi filha como vc esta ? A escola me disse que vc havia se machucado !
Eu : estou bem mãe ... Mas mãe eu posso almoçar na casa do Paulo ? 
Mãe : Pode sim filha , e depois traz ele aqui em casa para termos uma conversa , seu pai que pediu viu ?
Eu : Vish .... Ok mãe tchau ..
Mãe : tchau filha 
*ligação off*
- Ela deixou , mas disse que é para eu te levar lá em casa depois para "termos aquela conversa "
- Com seu pai ??!!! - disse ele desesperado e eu ri .
- Sim ! Está com medo Paulo Guerra?
- Claro que sim ! Seu pai não tem nenhuma arma em casa não né?! - dessa vez eu ri mais alto .
- Claro que não seu besta ! E mesmo se ele tivesse pq ele usaria ? 
- Ham .. Talvez se eu não passar nessa tal conversa conhecida mais como interrogatório .
- Calma marrento ! Só seja vc mesmo e está tudo ótimo 
- E se ele não gostar ? 
- Ele vai te adorar do mesmo jeito que eu te adoro - digo e dou um selinho nele .
Saímos da enfermaria de mãos dadas e seguimos o caminho deslizando a rua com nossos skates até chegarmos em sua casa . Ele bateu na porta e a Marce abriu a porta .
- Oi amiga !! Vc tá melhor ? 
- Sim , só estou com alguns arranhões e machucados ..
- Que eu irei cuidar um por um - Paulo diz e me abraça ( ele está sendo tão fofo comigo ! )
- Obg , Marrento - digo e dou um selinho .
- Então é vdd mesmo vcs estão namorando ? Quem diria em ?! - diz Lilian se aproximando da porta .
- Sim é vdd - digo e me encolho no peito de Paulo por estar mais vermelha que um tomate .
- Ownnt! Ela ficou com vergonha ! - disse Marce fazendo eu encolher mais um pouco . 
- Que fofa - diz Lilian .
- Gente dá pra parar coitadinha da minha marrentinha - diz Paulo e me abraça mais um pouco . - Por mais que eu esteja ela esteja mt fofa mesmo com essa vergonha , coitadinha ... 
- Tá ok ! Paramos , agora entrem que eu vou esquentar a comida de vcs 
Entramos e nos sentamos na mesa . Logo a Lilian nos deu dois pratos para nós servirmos á vontade .
- Quer que eu faça o su prato Lilicia ?
- Sim ..
- O que vc vai querer ? 
- Você sabe do que eu gosto ! Pelo menos eu acho que sabe 
Ele então foi para o fogão e tanto a Marce quanto a mãe dela me olharam surpresas .
- Que foi gente ? 
- Vc ainda pergunta ? 
- Sim 
- O Paulo está sendo tão atencioso com vc , tão preocupado com seu bem estar , tão fofo... O que vc fez com meu irmão chato , insuportável e ignorante ? 
- Talvez ele tenha dado umas férias ..
- É sério 
- Ok ... Talvez seja pelo fato de eu gostar dele e ele gostar de mim 
Elas ainda estão me olhando quando o Paulo chega com dois pratos , ele coloca na minha frente e tinha exatamente o que eu gostava . 
- Isso foi um chute ? 
- Não ... Eu me lembrei de algumas conversas que tivemos e vc havia me dado algumas informações ..
- Obrigado amor !!! - digo e lhe dou um selinho - tem exatamente o que eu gosto .
- Nossa cara vcs não se cansam de me deixar de vela não ? 
- Nunca - respondeu Paulo e eu e ele rimos .
Terminamos de almoçar , conversamos um pouco , depois eu e Paulo decidimos assistir um filme . 
- Que filme ? 
- Jogos Vorazes , eu amo 
- Sério amor ? 
- Sim , se vc não gostar pode deixar comigo que eu faço vc gostar !
- Ok 
Assistimos até o fim da tarde e eu tive que ir para casa .
- Não quero que vc vá - ele disse .
- Mas eu preciso ir - eu dou um selinho nele 
- So isso serio ? - ele diz , me puxa e me beija , como eu adorava isso . Como eu amo ele .. Eu falei isso mesmo ??!!!...
Cheguei com um sorriso bobo no rosto novamente .
- Parece que a tarde foi boa !
- Vc nem imagina mãe ! Foi perfeita 
Subi as escadas me arrumei e dormi pensando no dia de hoje , tão bom , lá tinha que acabar ... É realmente é como dizem "o que é bom dura pouco mas vira inesquecível " e hoje sinceramente foi um dos melhores dias da minha vida .

Continua...
 


Notas Finais


E ai gostaram ??? E esse plano do Alex e da Vanessa também deixou vcs curiosos ?? E o Paulo com a Alicia um amor de pessoa 😍❤️... Não se esqueçam de comentar !😘😘 Bjs até o próximo !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...