História Tentando disfarçar - Paulicia - Capítulo 71


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Alícia Gusman
Tags Marilina, Paulicia
Visualizações 243
Palavras 1.088
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey gente ... Vcs não vão acreditar o que aconteceu , eu jurava ter mandado o capitulo para vocês , mas quando fui olhar abrir o spirit hoje vi que não tinha mandado, a minha revolta foi imensa e para compensar vocês vou mandar esse capitulo hoje e outro se Deus quiser sai no domingo e esse eu vou verificar depois se mandou mesmo kkkkk.
Boa leitura !!!

Capítulo 71 - Como Assim ???



 visitem também a minha outra fic no wattpad:
https://www.wattpad.com/story/112597895-contrato-%C3%A1-dois !!!

Pov’s MJ

- Para onde quer ir moça ? – Pergunta um senhor gentilmente.

- Você pode me levar para o hotel *******

- Claro – nós fomos conversando e ele foi me mostrando alguns lugares que eu poderia visitar até que.. – É esse aqui ? – ele aponta.

- Sim é – respondo após olhar a foto que Jaime me mandará mais cedo. Falei com o porteiro , dei todos os meus dados e ele liberou. Entrei no elevador ,  5 andar e ali estará eu de frente para sua porta , quando tomei coragem e bati três vezes para que ele viesse logo mas para a minha surpresa não foi o Cirilo que abriu e sim ..

- JENNIFER?? – Pensei em voz alta.

- Meu nome.. E quem é você ?? Alguma amiga do Cirilo ? – Ela me olhou de baixo para cima .

- Olha eu sei que eu fiquei muito mais bonita mas como não pode reconhecer a sua rival ? – Digo sendo super sarcástica.

- Mar-ria Jo-oaqui-ina – gaguejou.

- Parabéns agente da FBI , agora será que você pode deixar eu passar ou tá difícil ?

- Não – ela sorriu irônica.

- Oh pai ! – levantei minha cabeça pra o teto – O senhor viu que eu tentei ser educada- disse para “Deus” – Não foi por bem vai por mal – a empurrei e a joguei com tudo no chão – Cadê o Cirilo ó capeta ?

- Ele não está – deu de ombros.

- Mas e ai ta esperando que para dizer aonde ele tá? Eu lê sua mente ?

- Ele foi no supermercado aqui na esquina e ele me pediu para não abrir a porta para ninguém , então você vai ter que sair – ela faz menção em pegar no meu ombro , mas eu desvio.

- Eu?? Quem tem que sair é você , aqui é o hotel do meu namorado ! Então vaza sua lacraia

- Não , eu estou “morando” aqui agora , o Cirilo me acolheu . Não mudou em nada, continua carinhoso , educado e possivelmente apaixonado por mim , tanto que levou café na nossa cama e .. – ela vai citando mas de a interrompo de imediato na hora que ela diz “nossa cama”.

- Que ?? Vocês estão dormindo juntos ?

- Ops... Escapou – ela diz e antes que eu pudesse mandar bomba naquela puta , a porta se abre.

- Jennifer, cheguei e trouxe o seu.. – ele se vira e se espanta ao notar a minha presença ali – Marjo???

- Não o fantasminha camarada ! Como você pode Cirilo ?? Me trair dessa forma – digo sentindo meu olhos encherem de lagrimas que logo logo se espalhariam pelo meu rosto.

- Marjo eu n..

- Não fala mais uma palavra ! Eu venho aqui pensando no quanto eu queria te dar um abraço , pedir desculpas e dizer o quanto você fez falta esses dias , ai quando chego aqui vejo que você não pensa o mesmo e que trocou por esse resto de aborto – Grito quase surto ali na sua frente – Eu.. – tento terminar a minha frase mas não consigo encará-lo , apenas me direciono para Jennifer , dou um tapa na cara dela e saio dali.

Cirilo tenta ir atrás de mim , mas aquela vadia o impede e eu aproveito para correr dali , desaparecer... Se ele conseguiu ficar com alguém eu também consigo , afinal gtenho todos aos meus pés.

 

Pov’s Mário

 

Quando Marcelina aceitou o meu pedido , eu não acreditei , eu a abracei disse em seu ouvido centenas de vezes o quanto eu  amava e a beijei. Depois disso nos conversamos,  ela como sempre sorria com um brilho nos olhos e falava animadamente tudo o que ocorrer no nosso casamento , quem seriam as damas de honra , as madrinhas , os padrinhos , ate mesmo o vestido dela e eu sinceramente não conseguia prestar tanta atenção no que ela dizia , só na forma que  ela mordia o lábio, quando ficava sem saber onde seria a festa ou qualquer coisa , e como ela ficava fofa dizendo tudo aquilo . Eu não sei como , tudo foi passou assim em um estralo de dedos mas não arrependo de nada até porque teria ela do meu lado e poderia acordar ela e chama-la de minha esposa , minha mulher e isso para mim é uma das sensações que eu mais espero sentir , a sensação de estar casado com a pessoa que mais amo.

 

Pov’s Paulo

 

Depois daquele jantar , Alicia começou a se fechar e andava muito triste , eu não sabia como animá-la , isso estava me matando por dentro.

- Amor ? – a chamei calmamente.

- Oi – ela parou na minha frente – Olha se for para falar daquele assunto , eu não quero falar Paulo , eu estou acabada e eu sei disso e sei que você logo vai me abandonar e tudo o que e.. – eu revirei os olhos , me levantei e a beijei.

- Já disseram que você fala demais ? – digo fazendo com que tanto eu como ela lembre daquele momento..

 

Flashback On

 

- Alicia mas eu não – ela por impulso me beija e eu retribuo.

- Já disseram que você fala demais ??

- É o que ...

 

Flashback off

 

- .. o que mais falam – ela abre um sorriso me contagiando também.

- Eu não vou te abandonar – eu digo acariciando sua bochecha e ela se apoia na mesma – Porque eu te amo e você é a pessoa que mais me faz crescer como homem e me faz  feliz , então por que raios você acha que eu vou te deixar ? – pergunto e ela dá de ombros – Então para com isso – eu a abraço e ela apoia a sua cabeça em meu peito – Não gosto de te ver desnorteada , me sinto culpado.

- Mas você não tem culpa – ela interrompe.

- Mas eu me sinto , ate porque sou a única pessoa que vive aqui do seu lado e que sabe dos seus problemas e que.... Eu só quero a minha Alicia de volta, aquela que me despertava jogando agua em cima de mim e ria feito uma louca , aquela que fazia palhaçadas no meio de um restaurante – ela abaixa a cabeça – Ei! Por favor – toco nossas testas e nossos narizes.

 

- Não é só por esse motivo que estou assim

- Como assim ?

- Bem.. É que ...

Continua...


Notas Finais


Oii Amores para quem não leu as notas iniciais deem uma olhada lá explico o motivo , ou melhor o que ocorreu aqui no spirit e que passou despercebido por mim e alem disso tem o link da minha nova fic , que é :
https://www.wattpad.com/story/112597895-contrato-%C3%A1-dois
Deem uma olhada , comentem e favoritem !!!
Mas e ai gostaram do capitulo ?? Comentem e favoritem a historia e vamos chegar nos finalmente ... #1000coments e nos #400Favoritos
Boa noite átodos e até domingo !!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...