História Tentar, tentar e tentar - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Automutilação, Romance, Sofrimento
Exibições 13
Palavras 410
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Chegueeeei 😍😍😍
Foi complicado achar uma forma de escrever esse :3
Mas tá aq <3

Capítulo 12 - Amor


Fanfic / Fanfiction Tentar, tentar e tentar - Capítulo 12 - Amor

Pov Luccas

Quando ela começou a me beijar, de alguma forma eu me senti convencido de que ela nunca deixaria de ser minha, ela estava gostando pra caralho do beijo, e eu estava amando isso obviamente, não era hora de parar pra voltar a brigar.

Pov Giih 

Ele começou a beijar meu pescoço e nós dois fomos até o quarto, de alguma forma quando chegamos lá estávamos apenas com roupa de baixo.

Pov Luccas

Enquanto eu beijava cada centímetro do corpo dela, tirei o resto da roupa que restava em nós dois, e o resto foi foda. Em todos os bons sentidos e.e 

Pov Giih

Eu acordei no dia seguinte usando apenas uma das blusas dele, e fui lavar o rosto. Lembrava de algumas coisas que havíamos feito, e que ele tinha perguntado várias vezes se eu queria que ele parasse, mas eu estava muito mais ocupada, claramente, em amar ele doq em me preocupar com auto- estima baixa.

Saí do banheiro e fui até o quarto, ele estava dormindo ainda e completamente sem roupa, mas como eu sou uma desgraça nada romântica ou fofa, eu peguei um copo de água e joguei na "parte de baixo" dele. 

Ele acordou com um pulo e eu comecei a rir 

- Desse jeito os ataques lá embaixo são proibidos né? 

- Nossa Giovana, vai se fuder velho, vai ter vingança

- E eu não duvido nada

Ele levantou e vestiu uma calça, me pegou no colo e deitou em cima de mim na cama outra vez. 

-Gostou de ontem? - Ele perguntou

- Pra caralho 

- Que tal repetir a dose? - Quando terminou a frase, ele mordeu meu peito, e doeu um pouco, então....

- Talvez- Eu disse apertando o saco dele

- FDP!! Você não prestaaaa

- Quem começou? - Eu virei, subindo em cima dele enquanto beijava do final da barriga dele até o nariz.

- Não presta mesmo heheheh 

Ficamos olhando um para o outro, sem falar nada, dava pra perceber que ele podia ver a minha dor só de olhar nos meus olhos mesmo quando eu não estava sentindo, ele sabia o quanto eu me odiava mas mesmo assim, me odiar e saber que ele me amava, fazia com que eu gostasse de mim nem que fosse o mínimo possível, ele via e sabia de tudo, mesmo que eu não contasse, ele se preocupava.

Pov Luccas 

Como alguém pode ser tão linda e não enxergar? Eu não entendo, como eu posso amar alguém tão idiota, irresponsável, chata, retardada, confusa e louca? 








Notas Finais


😍😍


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...