História Tenten Mitsashi - Uma Detetive De Arrasar (NejiTen) - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Neji Hyuuga, TenTen Mitsashi
Tags Neji, Nejiten, Tenten
Exibições 100
Palavras 2.310
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Mistério, Policial, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá leitores, como vão? Espero que muito bem!

Mil desculpas pela demora em postar. A inspiração demorou a vir e quando veio a minha doce irmã me emprestou o computador dela para escrever o capítulo e esqueceu de me avisar que estava lotado de vírus, então tudo que tinha no meu pen-drive sobre a história, o script, coisas interessantes que eu escrevi e guardei na pasta foi para um local desconhecido. Fora que hoje eu tentei publicar o capítulo quatro vezes pelo site e carregava até a morte e nada. Tive que instalar o Firefox só pra publicar o capítulo de hoje. Mas enfim, fiz tudo de novo. Não ia largar a história por causa disso.

Agradecimentos à todos que acompanham a história e especialmente aos que comentaram o último capítulo:
berredo, bia2705, tayssa_santos, LorenaSousa190, emmatargaryen, lawlietsstalker, KayllaL0L, MercenaryGeek, Almeida_Scarlet, TiaRafinha, Sara035, juju-mitsashi, Math-Uzumaki, Elo-Anime, berredo, nalukawaii, carollynneanne, _Mhei,

Tenham todos uma excelente leitura ^^

Capítulo 15 - Uma Grande Surpresa


-Lee! Sakura! Ino! -gritou Tenten enquanto corria com dificuldade pela areia.- Ajudem! -exclamou quase sem voz ao ver que Neji estava quase a alcançando.- Socorro! -falou parando de repente ao ver o que a esperava na frente.

Lee, Sakura e Ino estavam parados adiantes sorridentes cada um com uma placa, segurando o mais alto possível. Tenten os olhou um a um, lendo primeiro a placa de Lee que dizia "Quer", passando para a placa de Sakura que estava escrito "Namorar", a de Ino, que dizia "Comigo" e olhando mais para baixo, viu seu cachorrinho Panda segurando um cartaz com um ponto de interrogação na boca.

-Só pode estar de brincadeira -disse Tenten de boca aberta a Neji que a alcançara ofegante.

-Achei que você fosse gostar -Neji falou sorridente.

-Achou mesmo?

-Você é uma garota diferente, merecia um pedido de namoro diferente.

-Esse foi oficialmente o pior pedido de namoro que alguém já me fez! -disse Tenten brava.

-Contando que você nunca recebeu um antes, acho que é melhor se contentar -gritou Ino de longe.

-Você poderia ter só me dado chocolates e me pedido -disse Tenten encarando Neji.

-Ainda tenho chocolates -ele disse tirando da mochila e entregando uma caixa com vários finos bombons de chocolate.- E flores -falou entregando um lindo buquê com flores de cor lilás.

-Obrigada -disse Tenten corando as bochechas.

-Não é querendo atrapalhar o momento romântico dos dois -começou Ino-, mas meu braço está cansado de levantar esse cartaz. Responde logo que sim, todos sabemos que você gosta dele.

-Ino! -exclamou Tenten envergonhada.

-E então? -perguntou Neji.

-Claro que eu aceito namorar com você -disse Tenten sorrindo e beijando o garoto nos lábios.

-Finalmente, já nem sentia mais meus braços -reclamou Ino enquanto baixava a placa e se aproximava do casal.

-Panda! -exclamou Tenten ao ver que o cachorro corria para seu colo.- Como ele veio parar aqui? Nós não o trouxemos.

-Enquanto o Neji levou você para a busca do tesouro eu fui buscá-lo na sua casa -explicou Sakura sorridente.

-Desculpe ter assustado você, não era a intenção -disse Neji enquanto Panda lambia o rosto de Tenten.- Na verdade era, mas a Ino me convenceu de que seria legal e você gostaria.

-Ino! -reclamou Tenten.

-O quê? -perguntou a loira.- Você disse que adora assistir filmes e ler livros que surpreendam no final. Achei que gostaria de sair da ficção e vivenciar o momento.

-Eu quase morri do coração!

-Foi minha culpa -interrompeu Neji.- Achei que gostaria já que você adora resolver mistérios. Deveria ter pensado em algo melhor.

-Não, foi a melhor ideia que alguém já teve -disse Tenten.

-Sério?

-Mas é claro! Pode parecer estranho para algumas pessoas, mas para mim que sou detetive e amo meu trabalho, isso foi sensacional! A procura, o mistério, a revelação e depois descobrir que tudo não passou de um pedido de namoro. Foi super original e me surpreendeu e eu adoro ser surpreendida -a garota disse sorrindo.

-Mesmo?

-Claro! E no final das contas, você foi um fofo e esses chocolates estão deliciosos -disse enquanto mastigava e colocava um bombom na boca de Panda.- E fiquei mais feliz ainda por não ter que atirar em você.

-O quê? -indagou Neji surpreso.

-Querido, eu não estava fugindo de você.

-Não?

-Claro que não. Eu estava correndo até a minha bolsa para pegar isso -falou tirando a arma da mochila.

-Calma, abaixa isso daí -disse Lee.

-Relaxa, só estou mostrando.

-Trouxe uma arma para a praia? -indagou Sakura.

-Nunca se sabe quando vai precisar de uma.

-Teria coragem de atirar em mim? -indagou Neji.

-Se você realmente estivesse tentando me matar, com certeza.

-Imagina só se ela estivesse com a arma nas calças -disse Lee.

-É, não foi uma boa ideia esse pedido de namoro ser desse jeito -concordou Neji.

-Sorte sua que eu não estava com ela comigo porque eu teria atirado em você.

-A culpa é da Ino! -disse Neji.

-Minha?

-Sim, sua. Foi você quem deu a ideia. Imagina se ela tivesse atirado em mim?

-Desculpe, eu não sabia que ela tinha trazido a arma. Mas deixa de reclamação, terminou tudo bem.

-Fico feliz em você não ser o assassino -falou Tenten sorrindo para Neji.

-Claro que não sou. Não tenho coragem nem capacidade de matar sequer um mosquito, quem dirá uma pessoa. Ando até devagar para não pisar nas formiguinhas.

-Quanto a isso você não precisa se preocupar -começou Sakura.- As formigas, apesar de parecerem frágeis, conseguem aguentar o peso de alguém passando por cima delas.

-Sem "nerdisse", Sakura -pediu Tenten.

-Vamos aproveitar o resto do dia? -disse Lee.- Estou com fome. Vamos preparar um piquenique na areia!

-Ótima ideia -disse Tenten sorrindo e caminhando de volta com os outros para seus lugares na areia.

-Que bom então que acertei nesse pedido de namoro -disse Neji tentando beijar Tenten, mas parou por causa do rosnado de

Panda, que estava no colo da garota.

-Panda! -repreendeu Tenten, fazendo o cachorro se envergonhar.

-Se a Tenten é sua mãe -continuou Neji olhando para o cachorro que lutava contra o instinto de morder seu rosto-, agora que estou namorando ela, sou seu pai, mocinho, então trate-se de se comportar!

-Para de implicar com ele -disse Tenten rindo.

...........................................

Passou um mês desde que Neji e Tenten começaram a namorar e tudo estava indo às mil maravilhas. Tenten e sua equipe voltaram das férias e começaram a resolver outros casos, enquanto Neji trabalhava na mesma delegacia na parte de casos não resolvidos.

-Te amo -disse Tenten olhando para Neji no sofá do apartamento que os dois dividiam junto com Ino.

-Te amo mais -disse Neji sorrindo.

-Acho que não é possível. É minha vez de te beijar -disse a garota beijando o namorado nos lábios.

-Agora é a minha vez de te beijar -falou Neji dando outro beijo na garota.

-Agora é a minha vez de vomitar -disse Ino saindo do quarto.- Olha, no começo foi bonitinho, mas agora está enchendo o saco.

-Invejosa -disse Neji.

-Cala a boca, garoto.

-Vamos dormir? -disse Tenten a Neji.

-Você pode até fazer isso, mas eu gosto de observar você dormindo.

-Ah, você é tão fofo.

-Você que é -disse Neji beijando a garota.

-Pode parando com a meloseira. Não aguento mais! -bufou Ino.

-Estressada, hein? -disse Tenten.- Neji, próxima semana é seu aniversário, o que quer fazer?

-Eu gosto de só ficar em casa mesmo.

-Mas são seus 18 anos, é uma data muito importante! Você está saindo da adolescência para virar um adulto!

-Eu sei, mas ainda assim prefiro ficar vendo Tv.

-Nem um bolinho?

-Você já preparou uma festa, não é mesmo?

-Talvez..... -disse recebendo um olhar desconfiado de Neji.- Muito provavelmente.

-Sério?

-Já mandei até os convites.

-Convites?

-Não se preocupe, só vamos ser nós três aqui de casa, chamei também a Sakura, o Lee, o diretor Guy, eu sei que vocês se tornaram bons amigos, e a sua prima Hinata.

-Eu não quero ninguém daquela família aqui.

-Neji, não seja injusto de jugá-la pelo que o pai dela fez. Além do mais, ela adora você. Liga todos os dias só para saber se está tudo bem com você.

-Acho que está certa, mas não quero o meu tio por aqui.

-Claro, eu falei para ela não comentar nada com ele sobre a festa.

-Tá bom então -disse Neji sorrindo e dando um beijo na namorada.- Mas que algo bem simples.

-Sem problemas -disse Tenten sorrindo.

.................................................

A semana se passou e finalmente chegou o dia do 18º aniversário de Neji.

-Por que eu suspeitei que não seria algo simples? -disse Neji saindo do quarto e observando a mesa posta na sala com um enorme bolo, vários salgadinhos e docinhos, torta de chocolate, sorvete, torta de frango, pizzas e várias bebidas.

-Não reclame -disse Tenten terminando de arrumar a mesa.- São seus 18 anos, não poderia fazer apenas um bolo.

Ao longo da noite, os poucos convidados foram chegando, conversando e se deliciando com as comidas na agradável noite.

-Neji, vem aqui -chamou Tenten discretamente apontando para o quarto.

-O que houve?

-Quero te dar seu presente -disse a garota seguindo para o quarto, sendo logo acompanhada do namorado.

-Cadê? -perguntou Neji encontrando a garota sentada na cama.

-Não é tão simples assim. Deixei pistas no quarto para você achá-lo.

-Impressão minha ou é vingança pelo modo como pedi você em namoro.

-Não é só impressão sua não, lindinho. Mas não se preocupe, não vou me revelar uma assassina nem nada do tipo.

-Tudo bem então. O que devo procurar?

-Eu espalhei quatro papéis no quarto com palavras que juntas quase completarão uma frase.

-Quase?

-A frase não está completa, você vai ter que adivinhar pelas pistas.

-Irá formar uma frase? Mas e se eu achar uma palavra fora de ordem.

-Eu darei pistas para que você as encontre na ordem correta. O primeiro papel está entre a cama e o banheiro.

-Ok. Vou começar então -disse Neji procurando pela cama.

-Então, está gostando da festa?

-Foi a melhor que eu já tive. Não que eu tenha muitas para comparar. Meu pai sempre fazia uma pra mim no meu aniversário, mas quando eu tinha quatro anos, ele morreu e nunca mais tive uma..... até hoje.

-Coitadinho de você. Ninguém nunca se lembrou?

-A Hinata sempre lembrava. Ela fazia um bolo e me dava um presente, mas éramos só eu e ela.

-Desculpe a expressão, mas tirando a sua prima, a sua família é uma bosta.

-Tenho que concordar com você -disse Neji rindo.- Achei o primeiro papel! "Nós" -disse lendo.

-Isso mesmo! O segundo papel está entre o guarda-roupas e a estante de livros.

-Tudo bem. Sabe.... quando nós ficamos pela primeira vez.... -disse Neji enquanto procurava entre os livros-, eu disse que não era mais virgem.

-Foi.

-Bom, era uma mentira.

-Jura?

-É.... fiquei envergonhado porque pensei que você talvez não fosse mais.

-Mas eu era. E nem que não fosse, isso não é vergonha para ninguém.

-"Sherlock Holmes"? -disse Neji pegando o livro da estante.- É o seu favorito, não é?

-Me conhece direitinho -disse Tenten abrindo um sorriso.

-Achei o segundo papel -falou ao abrir o livro.- "Teremos" a segunda pista. Teremos o quê?

-Não posso estragar a surpresa. Continue. A terceira pista está entre a mesinha e a cômoda.

-Tá bom. A comida estava deliciosa -disse enquanto procurava.

-Guarde espaço que ainda servirei o jantar.

-Mas tem tanta comida na mesa.

-São os aperitivos. Ainda terá o jantar e a sobremesa. Fiz aquela lasanha que você adora e para a sobremesa teremos brigadeirão.

-Você vai me engordar assim -disse Neji rindo e encontrando a terceira pista dentro da gaveta da cômoda.- "Um". "Nós teremos um...." Falta agora apenas uma pista.

-E a pista final está entre a parede e a poltrona.

-Não vejo como isso possa ser um presente.

-Não tire conclusões precipitadas -disse Tenten sorrindo.

-Pregado na parede? -disse Neji ao ver que o papel estava colado.- Não tinha notado antes. Não é uma palavra, é só uma seta e ela está apontando para você.

-Agora você vai ter que descobrir por que -disse Tenten em um tom misterioso.

-"Nós teremos um.... beijo?" -disse Neji tocando nos lábios da namorada.

-Não é essa a palavra. Tente com as mão mais para baixo.

-Tudo bem. "Nós teremos um.... -disse tocando quase perto dos seios de Tenten.

-Não pega aí não, seu enxerido. Continue para baixo.

-Ok. "Nós teremos um..... -continuou Neji colocando as mãos mais para baixo, na barriga de Tenten.

-E então? -disse Tenten.

-Está brincando comigo? -indagou Neji surpreso.

-Não sei. O que descobriu?

-"Nós teremos um bebê"?-perguntou ainda com as mãos tocando na barriga de Tenten.

-Você é um bom investigador -disse a garota abrindo um largo sorriso.- Gostou do presente?

-Se eu gostei? Vou até sentar porque minhas pernas estão tremendo -falou sentando na cama ao lado da namorada.- Há quanto tempo sabe disso?

-Duas semanas.

-"Duas semanas"!? E não me disse nada?

-Sabia que seria mais legal se eu te contasse no dia do seu aniversário. Mas ainda bem que esse dia chegou, não aguentava mais de ansiedade.

-Contou para mais alguém?

-Claro que não. Quer dizer, só o meu médico, mas fora ele, você é o primeiro a saber.

-Nós temos que comprar um berço! E roupinhas de neném! E brinquedos! E fraldas! Meu Deus, é muita coisa. Ainda bem que eu arranjei esse emprego na delegacia, senão eu não teria como sustentar esse bebê. É menino ou menina? Não importa! Eu vou amar de qualquer jeito. Será que é só um? E se forem gêmeos?

-Neji, calma, para e respira um pouco -disse Tenten rindo da reação do garoto.- Ainda não sei o sexo. É muito cedo. Mas no dia, você irá me acompanhar e saberá.

-Como quer que eu tenha calma? Você me deu a notícia de que eu serei pai!

-Então gostou do presente?

-Nem em um milhão de anos alguém poderia me dar um presente maior do que esse! Só no dia que você me disser que engravidou de novo.

-Calma apressadinho, vamos ter esse daqui primeiro e depois pensamos em ter mais.

-Tudo bem. Eu te amo -Neji falou beijando Tenten intensamente enquanto acariciava sua barriga.

.............................................

Do lado de fora do quarto, Ino, Lee e Hinata tentavam escutar por detrás da porta.

-Não tá dando para ouvir nada -reclamou Ino.

-Vocês não deveriam fazer isso -repreendeu Guy do sofá.

-Silêncio! -exigiu Ino.

-Que vergonha todos vocês -disse Sakura olhando para os três.- Não lhes ensinei nada? -falou colocando um copo de vidro na porta e colocando a orelha na ponta do copo.- Assim o som sai melhor.

-O que eles estão falando? -indagou Ino.

-Não estou entendendo muito bem. Peguei a conversa no meio, mas tem algo haver com bebês.

-"Bebês"? -disseram Ino, Hinata e Lee ao mesmo tempo.

 


Notas Finais


Muito obrigada por ler!
Adoraria ver a sua opinião sobre o capítulo de hoje!
Abraços ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...