História Terminal illness - Capítulo 8


Escrita por: ~ e ~hannieluff

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Imagine, Jungkook
Visualizações 73
Palavras 1.227
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello Hello!

Não demorou? Ou sim?

Pois bem aqui está um capítulo cheio de amores e... Risos...

Boa leitura!

~Hannie -Y

Capítulo 8 - Nosso Segredo?


Depois do acontecimento no quarto, ______ e Jungkook voltaram a dormir, pois ainda estava muito cedo para continuar em pé e isso poderia resultar em um dia mais longo e cansativo.

Algumas horas depois o Sol já se fazia presente, a garota despertara com os raios que passavam pela pequena fresta da cortina, era deveras irritante para ela acordar com uma ardência incômoda nos olhos por ter de se acostumar com a claridade. Sem vontade alguma ela levantou-se rumo ao banheiro para realizar sua higiene matinal. Enquanto praticamente se arrastava cômodo à dentro, ía esfregando os olhos com as costas das mãos. Ao adentrar o banheiro, ela avista a pia e o chão ensanguentado, o que a fez lembrar do ocorrido na noite passada.

— Merda... — murmurou baixo, logo saindo do local a procura da empregada.

Foi descendo os lances de escada na esperança de encontrar SunHee ou Rosé – que já estariam ali por terem a cópia da chave – no andar de baixo, porém nenhuma das duas haviam chegado ainda. Estava longe de seus pensamentos que a pessoa presente ali seria um dos amigos de Jungkook. Yoongi, se não lhe falhava a memória.

— Oh... Desculpe, não achei que ainda estariam dormindo. — o garoto falou, se levantando do sofá onde estava sentado.

— Aconteceu um imprevisto a noite... Falando nisso e aproveitando que você está aqui, pode me ajudar em uma coisa?

— Do que você precisa?

— De ajuda para limpar o banheiro. – ele a encara erguendo uma das sombrancelhas.

— Tudo bem! — O loiro diz caminhando em direção as escadas junto a garota.

Yoongi arregalou os olhos ao chegar no banheiro, o chão da cerâmica branca estava manchado de vermelho assim como o mármore do balcão.

— Que tipo de imprevisto aconteceu aqui? — ele perguntou estático na porta.

— M-Meu nariz estava sangrando por causa do... do... Calor! — mentiu, Yoongi parecia não saber da doença de Jungkook pela sua reação.

— Mas estava frio ontem. — falou adotando uma expressão confusa no rosto pálido.

— Deixa pra lá e me ajude a limpar antes que o Jeon acorde. — ______ sai do quarto para pegar os matérias necessários para limpar a bagunça.

Após cinco minutos, ela volta com um balde, vassoura, rodo e alguns produtos em mão. Yoongi suspirou e então dobrou a barra das calças para que as mesmas não molhassem.

— Isso mesmo, escravo! — brincou, o outro lhe deu a língua.

— Ei,______, você deveria achar um médico, teve praticamente um parto pelo nariz! — o baixinho falou enquanto passava a esponja no chão com certa brutalidade.

— Eu sei... Mas não vai ser preciso. — suspirou — Eu espero...

— Hum, espero que não seja nada grave, Jungkook já sofre muito para ter que cuidar de alguém que pode ser sua esperança. — seu tom não era rude, porém a machucou por dentro. Ela? A esperança de Jungkook?

— Não se preocupe. Sei o que faço! — sorriu.

— Jimin sempre fala que a esperança é a última que morre, — os lábios do mais velho se curvaram em um pequeno sorriso ao citar o nome alheio — então se mantenha viva, baixinha!

— Olha quem fala! — bufou e logo recebeu um jato d'água no rosto — EI!

— Foi mal! — riu cínico e deu de ombros.

Horas se passaram e os dois se encontravam ofegantes e completamente molhados.

— Nunca... Mais... Jogue a porra da água suja em mim! — ______ falou com dificuldade enquanto apontava para o loiro.

— Aish! Nunca mais fale que eu gosto de um amigo meu! Credo isso seria estranho! Tipo, ele é um garoto!— Yoongi a fuzilou com os olhos, levemente corado.

— Você parecia um bobo apaixonado falando do- — a voz de Jungkook se fez presente, cortando a discussão.

— Bom dia... — disse com a voz rouca do sono recente.

— Bom dia Kookie... — a, antes, ruiva o respondeu, sorrindo.

— Olha! Você apareceu, eu já ia esganar sua namorada. — Yoongi sorriu, recebendo um olhar furioso da mais nova — Ah, você deveria levar essa garota no médico, vi que ela pariu pelo nariz ontem a noite.

— Como assi... Ah! Pode deixar! — sorriu nervoso.

— Liga pro namorado do BaekHyun, ele é médico. — Yoongi pegou a toalha e secou os braços — Não esqueça que sexta vamos sair.

— Sair? Pra onde? — perguntou curiosa, como sempre.

— Os meninos e nós vamos no monte para ver constelações. — Jungkook respondeu, coçando os olhos.

— Sim, lá tem um penhasco fodastico. — o menor comentou com um brilho nos olhinhos pequenos.

— Um penhasco tão grande quanto o seu amor pelo- AI! — a garota resmungou ao ser atingida pelo braço de Yoongi.

— Sim e vai ser lá que eu vou te jogar se não calar a maldita boca!

— Mal chegou e já estão se amando. — Kook falou rindo.

•:∞:•

______ POV


Apesar das briguinhas infantis, eu e Yoongi nos demos super bem. Além de descobrir que ele tem uma queda barra penhasco pelo menino baixinho, cujo nome eu esqueci, descobri várias coisas das quais vão me ajudar a alegrar Jungkook.

Realmente não entendo o motivo dele esconder a doença dos amigos, vai ser muito pior todos ficarem sabendo quando tudo piorar! Não irão aproveitar ao máximo o Jeon e isso vai afetar os garotos de todas as formas. Qualquer um que os vê sabem o quão forte é essa amizade e destruí-la por um segredo não é e nunca vai ser de bom agrado.

Porém essa seria a realidade, Jungkook irá partir e os amigos vão sofrer. Qualquer um sofreria, perder um amigo de anos é a pior coisa. Assim como perder um filho...

Fui pega de surpresa ao sentir uma lágrima solitária passear pelo meu rosto e a limpei rapidamente. Estávamos na sala assistindo um filme qualquer de terror, e por algum motivo, eu estava entre as pernas de Jungkook enquanto este apoiava o queixo em minha cabeça, seus braços me rodeavam e eu me sentia protegida de tudo e de todos com ele.

Sentei-me corretamente e o olhei. Tão concentrado no filme que se assemelhava a uma criança assistindo desenho. Seus olhos focados na tela e sua boca avermelhada permanecia entreaberta. Fofo.

Inclinei minha cabeça para mais perto de si, fazendo minha testa entrar em contato com sua bochecha quente.

O maior me olhou e sorriu. Aquele santo sorriso de coelho!

— ______... — me chamou baixo.

— Hm?

— Eu posso... — Jungkook fitou meus lábios e passou a lingua entre os seus semelhantes.

— P-Pode... — sim! Eu permiti! Deus o que está acontecendo?

Ele se aproximou e logo havia apenas um pequeno espaço entre nossos labios, este que eu fiz questão de quebrar ao juntar nossas bocas, que agora faziam movimentos lentos e calmos. Pude sentir quando sua língua pediu passagem e eu rapidamente cedi, minhas mãos subiram em direção aos seus cabelos macios, os puxando discretamente. Nossas línguas se entrelaçavam e aquela sensação estranha percorreu meu corpo quando o moreno mordiscou meu lábio inferior, encerrando o ósculo.

— Você 'tá vermelha. — ele riu passando o indicador em minha bochecha.

— C-Cala a boca!



E foi nessa tarde que eu, definitivamente, beijei Jeon Jeongguk. E foi naquela sala que eu dei meu primeiro beijo... 


Notas Finais


DJDJDJ Man é estranho pra mim escrever fic hetera. #fujoshi

Espero que tenham gostado! A HuniHuni não pode postar hoje então a louca, vulgo eu, Hannie, tive que atualizar pra ela. Então desculpem qualquer coisa {♡}-{♡}

.yehet


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...