História Terra dos Sonhos - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 15
Palavras 371
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble, Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais ou menos 2/3 disso eu fiz ano passado. Suei pra encontrar o caderno em que estavam anotados os contos, no meio do pandemônio que eu chamo de quarto.

Capítulo 6 - Microcontos


 De coração aberto

Ela pediu que ele abrisse o coração para ela. Só não sabia que ele era cirurgião.


Assassino

 Entrei na casa, e vi uma cena chocante. Um homem devorava a carne, numa cena horrorífica. Sai correndo. Eu era vegetariano.


Canibal

 Ele comeu a vadia. Deixou o dinheiro em seus restos.


Evolução

 E o ser humano evoluiu para o macaco.


Porcos

 Comia como um porco. De fato, já pensava em se colocar no forno.


Sono

 Dormiu como um anjo, acordou no inferno.


Amizade

 O amigo dele bateu na porta. O problema é que ele não tinha nenhum amigo.


Prisão

 Foi preso por homicídio. Homicídio por se matar.


Fuga

 Fugiu tanto tempo da vida que a morte o pegou antes.


Ceifeiro

 Tirava vidas por não ter a própria.


Caminho

 Tinha que escolher entre a estrada de espinhos e a de lava. Nenhuma delas era o paraíso que esperava achar depois de milênios.


Egoísta

 Pediu o reembolso do presente dado ao aniversariante.


Assalto

 Ele não tinha nada, então lhe roubaram a vida.


Rubi

 Ficou tanto tempo admirando os rubis que se tornou um.


Roleta Russa

 Risadas altas, comida e bebida. Tudo acabou com o som estridente do tiro.


Senhor do Trovão

 Se achava um deus até acertar um raio em si mesmo.


Contradição

 Frequentava a igreja no domingo. Na segunda, ia bater um papo com o diabo.


Crime

 Seu crime era esfaquear a alma do pobre rapaz.


Máquina

 Ficou tanto tempo repetindo a rotina que virou autômato.


Quimera

 Tinha uma cabeça para cada pessoa que falava com ele.


Anjo caído

 Brincou de amarelinha, mas tinha desenhado ao contrário.


Leão

 Tinha corpo de leão, mas alma de rato.


Fobia

 Não tinha medo de estupradores. Apenas de aranhas.


Persistência

 Sempre usava o mesmo taco confiante, mas nunca acertava o buraco. Isso pois não mudava em nada a cada tentativa falha.


Pandora

 De todos os males da terra, o mais safado era a esperança, que teimou e ficou na caixa.


Cera

 Esfregava um pano na estátua. A estátua tentou gritar, coberta de cera.


Aquarela

 De todas as cores na paleta, o pintor gostava mais do vermelho. Podia feder a ferro, mas ainda era a mais fácil de achar.


Debaixo da cama

 O que os pais não sabiam é que o monstro estava visitando o filho todo dia para tocá-lo.


Comediante

 A piada mais engraçada foi ele ser atropelado quando ia ter o primeiro salário.






 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...