História Terra Kuraidesu - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Nem Tag -_-
Exibições 45
Palavras 1.128
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


~•Vocabulario•~


Terra Kuraidesu = Lugar onde a história é contada.

Saisha no difendã = Primeiro defensor, o rei que controla o país

Shadõ Heiki = Corporação secreta para defesa do país, significa arma da sombra.

Kemono = Besta, demônio que veio de longe, destruidor da vida.

Difendãs = Defensores, governam e protegem as cinco vilas capitais

Inu = Cão amigável, cachorro.

Fukurõ = Animal sábio, coruja.

Tôra = Animal selvagem, tigre.

Kokonattsu = Coco, fruta doce.

Kumo = Nuvens, céus.

Ishi = Pedra, material sólido.

Gaibu = Internos, considerados demônios Internos (Akuma Gaibu), tem os kemonos selados em sí.

Mizu = Água, oceano.

Capítulo 1 - 1. Terra Kuraidesu


Fanfic / Fanfiction Terra Kuraidesu - Capítulo 1 - 1. Terra Kuraidesu

     Em uma terra distante conhecida como Terra Kuraidesu, abre-se um buraco de minhoca, d'onde sai um monstro gigantesco, com força sobre humana. Ele possuía enormes garras, que cortariam até o próprio vento. Ele tinha majestosas asas, que lembravam a de uma coruja com uma característica um tanto peculiar, suas asas eram claras, ousaria em dizer que eram rosas, a única qualidade para aquele ser. Aquela besta possuía enormes orelhas parecidas com as de um cão, com os pelos marrons. A criatura também tinha presas de tigre, tanto que seu pelo e formato corporal lembrava a de um tigre branco.
     Vários homens e mulheres foram vítimas dessa tragédia, em uma situação de desespero, o Saisha no difendã, o qual protegia o mundo e à todos, denominado rei, criou uma força armada chamada Shadõ heiki, a qual protegeria a humanidade. Com a falha da Shadõ heiki, o Saisha no difendã, que possuía um enorme e concentrado poder de água, enfrentou a besta denominada Kemono, que foi selada em uma enorme fortaleza.
     Para que a enorme Kemono não causasse nenhum outro problema, o Saisha no difendã juntou todos os outros cinco difendãs e separou a enorme Kemono em três pequenas kemonos, ainda enormes comparadas aos humanos, uma era um cachorro que usava um cachecol laranja, bem específico, não? E que também controlava o elemento da terra, seu nome era Inu. Uma coruja de penas claras ou rosas, que controlava o vento, seu nome era Fukurõ. E também em um enorme tigre branco que controlava fogo, ele era o mais forte dos kemonos, seu nome era Tôra.
     Revoltados com o poder dos difendãs, os kemonos destruíram a enorme fortaleza e seguiram em direções opostas, Inu foi para a vila do kokonattsu, a qual era especialista em luta com marionetes e em culinária, Fukurõ foi para a vila de Kumo, que dominavam a arte da meteorologia, mudando a água e seus estados, e Tôra foi para vila de Ishi, onde as pessoas controlavam os metais, pedras e objetos sólidos.
     Os três foram derrotados pelos difendãs das próprias vilas. Para evitar mais dificuldades, como a destruição das fortalezas, os difendãs selaram os kemonos nos próprios netos, já que teriam-os sobre sua supervisão. Os habitantes das vilas chamaram os netos dos difendãs que tinham os kemonos dentro de sí de Gaibu. Eles eram vistos como a própria besta, os habitantes afastavam seus filhos e famíliares dos Gaibus, temiam e odiavam a eles, sendo que deveriam serem amados, pois eles protegiam as vilas das próprias bestas que habitam em sí.

~•Os três gaibus•~

E aí? Meu nome é Yudi, Yu para os mais próximos, mesmo não existindo nenhum. Sou um típico adolescente de 16 anos, que comeu muito açúcar. Quando mais velho, pretendo fazer parte da Shadõ Heiki, é uma corporação para defender nosso país e o rei. Digamos que não sou o mais popular daqui, mesmo minha personalidade dizendo o oposto, as pessoas me evitam, como se eu fosse uma besta ou só me olham feio, talvez por eu ser neto do difendã de Kokonattsu. Não soyum gênio, mas sempre me mantenho a média, ou quase sempre. Meu avô me ensinou vários tãn, no mínimo seis, o tãn que mais prático se chama "Goro", é uma enorme bola de terra esmagada e comprimida, quanto mais prático, mais forte esse tãn se torna. Talvez um 3 metros de circunferência, acredito que posso triplicar isso.

O difendã, vulgo "vovô", não me apoia quando o assunto é participar da Shadõ Heiki, ele ver isso como perda de tempo, o mesmo acha que tenho um futuro mais brilhante pela frente. Ele disse que eu poderia ser a 9° arma himitsu, não quero ser um objeto do governo, mas fico feliz por meu avô ver um grande potencial em mim. Logo, me mudarei para uma da outras quatro vilas, tentei descobrir qual, mas sempre sou ignorado, como se fosse uma criança que não sabe o que diz.

____

Saudações, chamo-me Kimi, conhecida como Kimi-hime, sou digna desse título por ser a mais jovem sábia da vila, talvez até do país inteiro, pretendo seguir os passos da difendã de Kumo, cujo é minha avó, porém escondo este desejo de todos, excluindo minha avó, confio somente na própria. Sou uma dos três gaibus responsáveis por controlar os kemonos. Como qualquer gaibu, estudo em escolas especializadas em receber alguém de alto nível, minhas notas são perfeitas, tanto que estudo na classe S, somente para alunos superdotados. Tentaram esconder o fato de eu possuir um kemono, entretanto com minha habilidade, de inteligência e dedução, consegui descobrir facilmente da besta que habita em mim, soube também que é a Fukurõ, uma coruja com penas claras e rosas, e explica o fato de ter cabelos claros, mesmo meus pais sendo morenos. Não me relaciono com ninguém, tirando minha avó, os habitantes daqui admiram minha sabedoria, mas não crêem que uma jovem de 15 anos possa controlar uma kemono.

A difendã apóia minha decisão de sucessão, afinal ela crê que eu já tenho o raciocinamento necessário. Seu apoio, como já citei antes, vem devido minha inteligência, ela quer acreditar que sou assim por mim mesmo, não por ter um ser místico e sábio habitando em mim, mesmo os fatos dizendo o contrário. Futuramente, irei para a vila de mizu, junto com mais dois gaibus, minha avó pediu-me que não comentasse sobre os kemonos, afinal seus dons não são a inteligência, provavelmente não sabem sobre os kemonos e gaibus. Espero simpatizar com alguém, invés de ficar a sombra da minha avó.

_____

Yo! Sou Yasuhiko, sou o tipo de pessoa que não simpatiza com tudo, a maioria das coisas são desnecessárias para mim, posso dizer que desgosto de quase tudo. Como já citei antes, não simpatizo com ninguém e isso não me incomoda, prefiro não fazer amizades, as pessoas são barulhentas e avoadas. Não pretendo participar de nenhuma corporação de tãn, porém como sou neto do difendã de Ishi e minha opinião é menosprezada, tenho treinamento constante com meu avô.     Não levo a sério os estudos tãn, e minhas notas não são perfeitas. Sou mal visto pelos habitantes da vila, mas como sempre ignoro tal ato. Prefiro ficar sentado sobre minha escrivaninha pensando o quanto minha vida é desnecessariamente desnecessária,  todos odeiam o fato d'eu existir, mesmo não sabendo do por que.

O difendã põe vários membros da Shadõ Heiki para viagirem-me, que desnecessário. Eles não fazem muito barulho, mas odeio ter muitas pessoas me observando silenciosamente, é quase tão ruim quanto estar no meio de uma multidão gritando. Assim, como sou odiado por muitos, odeio muitos, já que vários dominadores de tãn tentam me matar, por motivo não aparente. Domino vários tãn de fogo. Logo, irei para uma nova vila, sem saber o motivo de tal 'transferência".


Notas Finais


Obrigado pelo apoio. Valeu, falou!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...