História Terras selvagens


Escrita por: ~


Sinopse:
Seth e Mist são obrigados a um casamento feitos pelos arranjos políticos do reino. Ela aceita o preço em troca da liberdade de seu pai e melhor amigo. Ele, pela ordem de sua família e por algo que ele guardava no mais profundo lugar do seu coração.
Mas tudo indicava que aquilo acabaria em fracasso, não pelas obvias diferenças culturais entre o país do norte, cujos senhores do fogo e do ar governava o reino, e as tribos do sul, formada pelos dominadores da terra e da água, clãs com séculos de tradição e honra. O que poderia por em risco aquela união, eram seus próprios corações.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 672
Favoritos 12
Comentários 91
Listas de Leitura 0
Palavras 36.440
Terminada Não
Categorias Originais
Tags Drama, Fantasia, Magia, Mundo Paralelo, Romance

Fanfic / Fanfiction Terras selvagens
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Hentai, Josei, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Ela
3
61
1.030
 
2.
Ele
2
35
865
 
3.
Ela
2
33
924
 
4.
Ele
1
29
1.036
 
5.
Ela
1
25
1.106
 
6.
Ele
2
32
1.396
 
7.
Ela
3
37
580
 
8.
Ele
4
32
1.439
 
9.
Ela
4
30
1.348
 
10.
Impulso e sensibilidade
5
33
2.158
 
11.
O Primeiro som de lamento, P1
5
31
1.289
 
12.
Parte 2
8
31
1.535
 
13.
Parte 3
5
28
1.530
 
14.
Parte 4
5
30
1.165
 
15.
Parte 5
4
24
1.606
 
16.
Parte 6
6
33
1.401
 
17.
O som do lamento
5
27
2.987
 
18.
O som do lamento, interlúdio
5
20
1.411
 
19.
O som do lamento
4
18
1.602
 
20.
O som do lamento
4
23
1.738
 
21.
O som do lamento
4
23
2.838
 
22.
O som do lamento
5
20
2.125
 
23.
O som do lamento
4
17
3.331

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

O autor dessa História ainda não destacou nenhum comentário.