História Tesouro - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Haikyuu!!, Kuroko no Basuke
Personagens Aomine Daiki, Asahi Azumane, Bokuto Koutarou, Daichi Sawamura, Hajime Iwaizumi, Issei Matsukawa, Kagami Taiga, Kei Tsukishima, Kenma Kozume, Kise Ryouta, Koushi Sugawara, Kuroko Tetsuya, Midorima Shintarou, Murasakibara Atsushi, Ryuunosuke Tanaka, Shouyou Hinata, Tadashi Yamaguchi, Tetsurou Kuroo, Tobio Kageyama, Tooru Oikawa, Yuu Nishinoya
Tags Adolescente, Comedia, Daichii, Esporte, Haikyuu, Hinata, Japoneses, Kageyama, Nishinoya, Shoyo, Tobio, Vôlei
Exibições 41
Palavras 449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bem, desculpe a demora.
Bem gente, comente , isso ajuda, e.. eu estou seriamente pensando em desistir sabe, acho que vocês não gostaram

Capítulo 3 - Capítulo três


Tanaka estava surpreso, nunca imaginaria tais palavras saindo dos lábios do albino, aquela pequena "história" o deixava inquieto, como alguém podia fazer aquilo? É absolutamente errado E deixava o mais velho irritado. Haru ao perceber veias nervosas ressaltando a testa de seu amigo, rapidamente levantou as mãos até o ombro dele, sorriu, para acalma-lo, Naka o fitou e relaxou os ombros antes tensos, era nostálgico o sorriso daquele menino, relaxante.. mesmo depois de tantos acontecimentos ele continua sorrindo, é realmente impressionante.

O sinal tocou, dando início às aulas; os dois jovens correram para a sala mais rápido possível, mas claro que, Tanaka teve cuidado com Haru e seu bebê.

•••••

Haru se encontrava sozinho no corredor das salas, Tanaka havia pedido para esperar enquanto ia chamar Nishinoya em sua classe para poderem ir todos juntos à sala. O Líbero novato escutava música em seus fones, enquanto mexia levemente a cintura no ritmo das batidas e sussurava a música nostálgica.

— Bultaoreune — remexeu-se lentamente 

Sussurrava baixinho balançando o quadril no ritmo. Deixou os olhos se fecharem e a música o levar.. sorria de canto sentindo as notas ritmadas envolverem seu corpo. De repente Haru Sentiu uma mão tampar seu olhos e um corpo encostar o seu na parede, pela frente, ele sentia uma leve respiração bater em seu rosto; A pessoa riu baixinho pela expressão assustada do menor e aproximou o rosto da orelha deste.

— Está tentando seduzir-me?—  Sussurrou rouco 

Haruka nada respondeu, sentia seu coração batendo forte, poderia jurar ter escutado aquela voz antes, mas não conseguia lembrar de onde, encolheu-se na parede, ao sentir a respiração quente bater em seu lóbulo e uma voz soar logo após:

— Não farei nada à você, porém, não abra os olhos até que eu mande. Ou tu já eras escutou?—  disse-vos

O menor acenou rodeando o braço na própria barriga em modo protetor, confirmando a pergunta que aquela voz o fizera, pôde sentir aquele ser - diria ele ser esbelto-, afastar-se até sentir-se totalmente sozinho.

—  Tanaka....— chamou baixinho, escorregando o corpo ao chão, sentindo seu nariz arder,  para logo as lágrimas mancharem seu lindo rosto. Lembranças invadiam sua mente, terríveis e tenebrosas, ele não queria lembrar daquilo, mas não podia evitar, essa cena de agora a pouco mexeu com ele.

Ouviu o passos vindo até si, não abriu os olhos e continuou a chorar, tinha medo do que poderia acontecer, tinha medo de que acontecesse algo com seu bebê.

— 'Ruka? O que aconteceu?— Nishinoya abaixou-se a altura dele e o cutucou 

Tanaka se aproximou e olhou Bem fundo nos olhos do pequeno Líbero, que entendeu tudo e depois olhou para o que chorava.

 — Haru....me conte o que aconteceu, por favor.— dizia Tanaka

Continua.....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...