História Teste de gravidez! - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Bakugo Katsuki, Midoriya Izuku
Tags Bakudeku, Boku No Hero, Deku, Izuku, Katsudeku
Visualizações 499
Palavras 776
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá minna, tudo bom com vocês, eu sinto muito a quem vai ler isso, mas eu tenho que desabafar...
Eu sinceramente entrei em uma pequena crise depressiva, (tão pequena que quase exclui a fic :v)
Eu estava tão pra baixo, que por um momento pensei em deletar minha conta, mas ai, eu voltei aqui e vi aqueles comentários e o quanto vocês tinham gostado, e sabia que não podia simplesmente acabar com tudo do nada.
É sério minna, muito obrigado a vocês todos, aos que favoritaram e aos que comentaram, vocês me motivaram muito...
Bjinhos de mel e boa leitura a todos vcs floquinhos de neve 😁😄

Capítulo 2 - Pai? Quem? Eu?


Fanfic / Fanfiction Teste de gravidez! - Capítulo 2 - Pai? Quem? Eu?

Antes mesmo que pudesse falar alguma coisa ouviu um murmúrio vindo da sua cabeça.

"Ei, psiu, você mesmo!"

"Eu?"

"Sim você, o que pensa que está FAZENDO?"

"Oras eu tenho que contar a ele a verdade, até porque esse filho eu não fiz com o dedo"

"Patético -bufou- e você acha que é simples assim?"

"E não é?"

"Olha a burra. Claro que não queridinho, quem te garante que logo depois que você contar ele não vai inventar uma desculpa, comprar uma passagem de avião e sair do país?"

"Be-em..."

"Exatamente, ninguém. Você não pode simplesmente entregar de bandeixa pra ele essa oportunidade, tu tem que acordar homem, tem que fisgar ele primeiro, aí quando ele morder a isca, certifique-se de que o anzol ficou bem preso, e cabum, quero ver ele escapar"

" Tem razão"

Terminou sua conversa lunática que estava tendo com sua própria consciência e colocou seu plano em prática, a "consciência" tinha razão, do jeito que o loiro era, não tinha garantia de que ele não  fugiria da responsabilidade. Pensou um pouco no que ia falar.

Enquanto isso no outro lado da linha um loiro esperava impaciente pela resposta. O que caralhos Midoriya estava fazendo que demorava tanto pra responder? Mal sabia ele que o verde tramava contra sua pessoa. Tic ouviu o som que afirmava que o modo de espera tinha sido interrompido. Até que enfim pensou o loiro já impaciente com a demora.

- "Desculpa, estava vestindo minha roupa" - o menor indagou com a voz manhosa fazendo o loiro arfar só de imaginar o esverdeado nu na sua cama.

- Sem problemas - falou com uma voz rouca.

- " Que bom" - ele está caindo, falta pouco, pensou o menor, sabia que provocava mas não fazia ideia do controle que tinha sobre o pênis do loiro, pensou na possiblidade dele estar batendo uma agora ouvindo sua voz, até fez um beicinho e mordeu a ponta do dedo indicador de forma sexy. 

- Mas então, aconteceu alguma coisa?

- "Sim, aconteceu que eu estou morrendo de saudades".

- Eu também. - um sorriso se formou no seu lábio, não era tão religioso mas depois de ver toda sua prece ser atendida assim, pensou até em ir na igreja no próximo domingo.

- " Que tal um jantar?"

- Que?

- "Jantar!"

O loiro ficou animado, um jantar, isso significava que o esverdeado queria o ver, e se o esverdeado queria o ver, isso significava que a orgia a noite iria rolar solta, pelo menos era o que ele pensava. 

Já era 20:00 em ponto, o horário que haviam combinado, por incrível que pareça, dessa vez, Bakugou havia chegado primeiro de tão ansioso. Mais quinze minutos e lá estava o esverdeado, deslumbrante em seu traje, até parecia um seme, mas só parecia.

- Vejo que chegou mais cedo que o esperado. Será que é por que tem compromisso mais tarde?- falou provocando.

- Talvez eu tenha... num motel reservado. - sussurrou para o esverdeado que já tinha se sentado.

Midoriya riu sacana, pobre Bakugou, mal sabia ele que seria sua última noite de bacana.

No jantar tinha dado tudo certo, estava indo tudo como o planejado, saíram de lá as pressas, Bakugou estava apurado. Chegaram no local, pediram a chave na recepção e subiram, por um momento, observando a pressa do loiro, Midoriya riu da bobagem que pensou "Ele está tao apressadinho, parece até que o pau dele é um sabre de luz, é só sacar pra fora que acende" riu desleixado, comediante, se não se desse bem na faculdade, já sabia que carreira seguir. Só que não né.

Foi uma noite maravilhosa, o loiro era bom no que fazia, ou pelo menos Midoriya pensava assim, sabe se lá, talvez ele fosse bom o suficiente pra Midoriya ou Midoriya tinha um péssimo gosto pra homens.

Acordou com a pouca luz que atravessava a cortina transparente, deu um leve suspiro, o dia estava nublado, então não demorou muito pra seus olhos se acostumarem, bocejou, ainda estava meio sonolento, foi uma noite longa. 

Já eram 9:30 da manhã quando viu as orbes verdes cintilantes se abrindo, uma visão tão linda daquela, estava tudo tão perfeito o esverdeado tinha que ter estragado...

- Bakugou eu estou grávido.

O desespero tomou conta, a angústia bateu bem forte no peito, até a ânsia subiu e foi parar na garganta, o que ele queria fazer agora, pular dali mesmo do segundo andar É sair correnndo, disseram que gato cai de pé, mas infelizmente pra Bakugou, ele não era gato, nem o de quatro patas e nem o de duas. Como aquilo foi acontecer? Pai? Quem? Eu?.


Notas Finais


É aí minna, chegaram até aqui? Acho que Sim né.
Gostaram do cap? Se sim, ótimo. Se não, não tem problema, talvez no próximo.
Desculpa pelo cap pequeno (de novo) mas logo pego o ritmo e deixo eles mais longos.
Espero que tenham gostado.
Bjos no kokoro de cada um de vocês 😚😙😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...