História Texting. - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Baekhyun, Chanbaek, Chanyeol, Exo, Texting
Exibições 189
Palavras 580
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drabble, Escolar, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


She don't love me naegen artificial love. 🌚
Hello, my unicorns. Como estão?
Desculpa pelo atraso, sinto muito mesmo.
Queria pedir desculpas por não responder vocês nos comentários também, eu tenho costume de só postar o capítulo e acabo esquecendo disso. :')
Enfim, espero que gostem do capítulo. :3
Kisses, Kisses.

Capítulo 22 - 2 Temporada - Traição?



Tempos depois. 

Vou adiantar a história para vocês, porque sabe, a vida de um grávido não é tão interessante, não quando ele está uma bola de tão gordo e só fica na cama. 

Passou-se certo tempo e, bem, meus filhotinhos nasceram. E, por Deus, eles eram tão lindos, não me cansaria de olhar para eles. 

Nossa menininha era muito parecida comigo, tinha traços extremamente femininos - até mesmo para uma garota -, já nosso menininho - cujo o nome decidimos que seria Taehyun - era a cópia do Channie, inclusive as orelhas de elfo. (N/A Gente, é brincadeira, Okay? Channie utt maravilhoso <3)

Agora que tudo - ou quase tudo - estava estabilizado estávamos mais tranquilos. Chanyeol pegou férias e ficava cuidando da Taeyeon e do Taehyun junto comigo. 

Confesso que eu era um completo inútil, pois nem trocar fralda eu sabia, mas com o tempo eu aprendi, pelo menos tentei. 

Ah, era tão fofo ver o Channy com nossos filhotes, ele brincando enquanto a Taeyeon e o Taehyun davam gargalhadas, era realmente muito fofo. 

E então o tempo foi passando e passando, e eu tive que resolver algumas coisas da faculdade, por esse motivo um dia eu saí e deixei meus filhos minha mãe, já que ela queria passar um tempo com eles e Chanyeol havia saído. 

Fui na faculdade explicar o motivo de eu ter faltado às aulas por tanto tempo e eles - diretor e professor - entenderam meu motivo. 

Tive que assinar alguns papéis a pedido do diretor - cujo nome é Kim Namjoon - e depois fui pegar um pouco da matéria a qual tinha perdido.

Fui a biblioteca e comecei a estudar um pouco e quando percebi já estava muito tarde, eram por volta das 10hrs da noite. 

Saí as pressas da faculdade, peguei meu carro e liguei para minha mãe para saber do Taehyun e da Taeyeon. 

- Alô? Filho?

- Mãe, o Taehyun e a Taeyeon? Como eles estão? 

- Devem estar bem, filho. Chanyeol veio aqui pegar eles e os levou para casa. 

Suspirei de alívio.

- Ah, entendo. Tenho que desligar, eu te amo mãe, até mais. 

Desliguei o celular e voltei a dirigir até chegar em casa, onde encontrei Chanyeol sentado de braços cruzados. 

- Parece que você finalmente chegou. - Disse arqueando uma de suas sobrancelhas. 

- Me desculpa, eu tive que - Fui cortado por Chanyeol. 

- Eu não quero explicações. - Se levantou do sofá. - Como você pode sair e deixar nossos filhos? 

- Chanyeol, eu tive que resolver algumas coisas da faculdade. - Falei na defensiva. 

- E demorou por que? Você realmente foi na faculdade? 

- O que está insinuando, Park Chanyeol? Que eu estou traindo você? - Perguntei magoado. 

- Não sei, me diga você. - Cruzou os braços novamente e ficou me olhando seriamente. 

- Eu não acredito nisso, Chanyeol. Está mesmo pensando que eu estou traindo você? - Perguntei já com lágrimas nos olhos - Depois de anos, depois de tudo que passamos, você duvida do meu amor por você?! 

- N-não, Baek, não foi isso que eu quis dizer. - Pareceu se dar conta do que havia dito. 

- MAS FOI O QUE DISSE! - Falei em um tom alto e alterado. 

Chanyeol estava estático - parado - á minha frente enquanto eu apenas chorava, sentei no sofá passando as mãos por meus cabelos afim de me acalmar, minha visão começou a ficar turva e escura e quando percebi já havia desmaiado. 






Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...