História That Girl - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Alzack, Angel, Aquarius, Aries, Bacchus Groh, Bickslow, Bisca Connell, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Carla (Charle), Charlie, Chelia Blendy, Doranbolt, Elfman Strauss, Erza Scarlet, Evergreen, Flare Corona, Freed Justine, Gajeel Redfox, Gemini, Gildartz, Grandeeney, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Ivan Dreyar, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Kagura Mikazuchi, Karen Lilica, Kinana, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Libra, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Metallicana, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Personagens Originais, Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Rufus Lore, Silver Fullbuster, Skiadrum, Sting Eucliffe, Tauros, Taurus, Virgo, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Tags Acnolu, Erlu, Galu, Graylu, Jellu, Lalu, Lilu, Luvia, Lylu, Micy, Nalu, Rolu, Stincy, Zerlu
Exibições 437
Palavras 1.560
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Josei, Kodomo, Lemon, Lírica, Luta, Magia, Mecha, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Super Power, Super Sentai, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie pessoal!

Estou refazendo a história!^-^

Ai vcs me perguntam:

- Por quê?

Eu vi o quão estava uma merda é resolvi refazer!

Espero que gostem!

~Boa leitura

Capítulo 1 - Pior jeito de chegada


Fanfic / Fanfiction That Girl - Capítulo 1 - Pior jeito de chegada

*Lucy*

Acordei sentindo duas coisas felpudas pularem em cima de mim. Acabei rindo um tanto alto, pois estava a fazer cócegas.

- Mamã! Vamos acorde! - Falou uma voz que eu conhecia muito bem, Miko me chamava desesperadamente desesperado. Não entendi o motivo mais rapidamente abri os olhos é olhei para o meu filhote.

- Mika está com fome! - Falou Mika em terceira pessoa, ela especificamente falava sempre em terceira pessoa o que eu acho uma fofura.

- Ok gente, já estou acordada! - Falei por fim desistindo, me levantei da cama e espreguiçei. Olhei para Miko e Mika, meus dois exceed's. Miko possuiu pelagem cinza é olhos verdes como esmeralda. Já Mika possuía uma pelagem de tigresa, e olhos verdes com tipo pincerg na orelha direita. - Então, vamos tomar banho? - Perguntei enquanto me levantava da cama. Miko e Mika apenas assentiram. Enquanto iam correndo diretamente ao banheiro.

Pois bem, meu nome é Lucy. Apenas Lucy. Tenho 17 anos é fui treinada por Acnologia, Zeref é Celestia. Sou uma dragon slayer celestial é uma god slayer do apocalipse. Também possuo a maldição de Zeref, especificamente sou o Zeref!

Ganhei dois exceed lindo gêmeos, Mika é Miko. Bom, normalmente estou morando com Hitsu. Ele é um dragon slayer da água, apesar de parecer ser das trevas pelo seu jeito.

Tenho cabelos loiros que batem na cintura é olhos castanhos, apesar de ficarem vermelhos quando estou com uma raiva. É azuis quando estou feliz abessa. Tenho seios fartos é uma cintura fina e bumbum e coxas torneadas.

Acabei tirando minha camisola transparente, e como estava sem as roupas íntimas fui ao banheiro é vi que a banheira estava cheia, Mika brincava de fazer bolinhas de sabão é Miko tentava come-las. Ri com isso.

Entrei na banheira e logo comecei a tomar meu devido banho. Eu especificamente não tenho vergonha dos meus exceed's me virem pelada. Realmente não ligo.

********

Acabei terminando de tomar meu banho. Coloquei minha roupa, (N/A: Foto da capa acima!) pensei em por uma armadura mas não acabei pondo. Sim, sou maga de reequipar também. Sou considerada em um nivel muito alto! Vesti Miko com uma blusa preta é uma calça também preta com o cinto quase caindo, já Mika vesti um top roxo com uma saia também roxa.

Descemos as escadas é deparamos com Hitsu fazendo o café da manhã na maior tranquilidade. Mas na verdade o besta estava deixando o bacon com os ovos quase queimar. Se não fosse eu para avisar!

- Ainda bem que eu avisei, senão teria queimado! - Falei rindo enquanto se aproximava de Hitsu que estava com uma cara fechada. - Mas então, porque está com essa cara feia? - Perguntei rindo.

- Você vai embora... - Ele sussurrou tão baixo que se eu não fosse dragon slayer eu não teria ouvido. Percebi a tristeza em seus olhos azuis como o mar.

- Cara, não se preocupe! - Falei enquanto o observava parar de pôr a mesa para comermos. - Eu não vou ficar o resto da minha vida longe de você! - Argumentei vendo Miko comer uma barra de chocolate é Mika comer sorvete.

- Mas irá ficar fora o bastante para eu sentir sua falta! - Ele falou enquanto dava uma garfada no seu bacon que estava precisamente todo queimado.

- Olha, por que não vai comigo para lá? - Perguntei tentando me referir a qualquer guilda. Sim, eu teria que ir para o Mundo dos Humanos arranjar uma guilda.

- Ainda não estou preparado para sair daqui! - Falou o mesmo olhando sério para seu prato. - É você devia pensar o mesmo! - Precisamente estava me 'acusando' sobre não ter o mesmo pensamento é opinião dele.
- Mas Hitsu, a qualquer hora temos que ir para o Mundo dos Humanos, iremos ter que viver novas aventuras. Você sabe disto, mais como é cabeça dura finge que não sabe! - Falei dando um sorriso.

- Hunpf! - Exclamou enquanto tomava o resto do seu suco. - Pois bem, você vai lavar a louça ok? - Perguntou levando seu prato até a pia.

- HAI! (N/A: Significa 'sim' em japonês) - Gritei alto para ele ouvir, mas a única coisa que pude ouvir foi um resmungo por eu ter gritado é uma risada.

*******

- Você precisa ir? - Perguntou Celestia chorando, a mesma possuiu cabelos loiros numa tonalidade mais clara que a minha. Olhos também azuis é um corpo bem estruturado. Ela mesmo era amiga da minha mãe, chamada Layla. Mas a mesma morreu no meu parto.

- Sinceramente, preciso ir! - Falei sorrindo, quando vejo todos os dragãos se aproximarem. Desde de Grandine que também já chorava é Igneel é Metalicana. - Mas quem sabe um dia, iremos nos ver! - Falei dando outro sorriso mostrando meus caninos.

- Iremos sentir sua falta Luce! - Exclamou Igneel enquanto chorava, é segurava minha perna esquerda. Mika estava em meu ombro riu junto com Miko que estava na minha cabeça.

- Também irei sentir sua falta Igneel, irei sentir sua falta como de todos aqui! - Falei novamente sorrindo é dando um abraço em cada um.

Acnologia logo apareceu, estava com uma carranca. Ele parecia ter chorado bastante, pois contia olheiras. Fiquei um tanto surpresa, pois sempre pareceu que ele nunca se importou comigo.

- Acno-san... - Exclamei enquanto Acnologia me abraçava fortemente. Eu apenas fiquei paralisada enquanto Grandine é Celestia me olhavam surpresas, Igneel não estava nem ai pois chorava demais sendo consolado por Metalicana.

- Irei sentir muita falta de você, pirralha! - Ele falou enquanto olhava no fundo dos meus olhos, ele sem pressa alguma deu um breve selinho em mim. Me fazendo ficar rubra, quando iria protestar vi meu corpo ser jogado contra o portal que já estava aberto.

********

- Mika está preocupada com mamã! - Senti um cheiro de cereja misturado com lágrimas pulsantes. Acordei num pulo é vi Miko é Mika chorando desesperados indo ao meu encontro num abraço.

- Mamã, a senhora está bem? - Perguntou Miko, acabei dando um abraço aconchegante nos meus dois filhotes. Não entendi de começo o motivo para tudo isso. Mas logo me lembrei, e admito que fiquei um pouco rubra enquanto lembrei do 'selinho' do Acnologia.

- Estou bem, mas... - Parei de falar enquanto observava o lugar. - Aonde estamos? - Era simplesmente uma floresta, com imensas árvores. Era frio é sombrio.

- Mika não sabe! - Falou Mika enquanto acariciava meu rosto com sua patinha. Então eu apenas me levantei da grama/chão é olhei novamente ao redor.

- Pois bem. Vamos andando! Mesmo não sabendo aonde diabos estamos! - Falei dando um sorriso, Miko veio até mim com uma mochila. Agradeci mentalmente, Celestia não era tão má comigo assim.

Começamos a caminhar diretamente para frente, tinha uma forte neblina em volta da gente. O que dificultava eu ver um pouco para onde iríamos. Peguei Miko é Mika no colo é abracei ambos para se esquentarem já que estavam tremendo de frio.

Andamos por mais alguns segundos é logo ouvimos barulhos fortes é pesados. Como estava uma neblina forte não consegui ver nada. É digo: se não fosse dragon slayer, não teria ouvido os passos.

Pequenas gotículas da chuva vieram a tona. Ótimo, meu dia está tão perfeito! Tentei ao menos cobrir meus filhotes, mas logo senti a presença de alguém atrás de mim.

Virei-me automaticamente e vi um bicho estranho, precisamente um ogro. Era enorme, possuía a pelagem verde é um olho só. Tinha um machado atrás das costas é estava com uma saia cobrindo sua parte. Ele me olhou feio, e logo sacou seu machado é falou algo que eu não conhecia bem.

Deixei Miko é Mika no chão é embrulhei eles com a minha capa que estava na mochila guardado. Coloquei eles dentro da mochila é disse que iria resolver alguns problemas básicos.

Logo em seguida o ogro correu em minha direção. Com seu machado que era enorme. Quando ele iria aceitar um golpe em mim, peguei na ponta de seu machado com um dedo o fazendo parar. (N/A: Peguei essa parte do anime Bleach, quando o Ichigo tenta matar o Aizen pela primeira vez mas não conhece. É acaba acontecendo isso) Ele me olhou perplexo é eu apenas aproveitei seu momento de distração é, dei um soco não muito forte no seu estômago.

Sangue saía para tudo o que é lado, logo o mesmo vem até mim tentando me acertar novamente, mas acabei pulando por cima do mesmo é por fim, deu um chute tão forte em sua costela quê o osso devia ter se partido ao meio com o barulho.

- Armadura de Poseidon! - Falei baixo, é logo estava vestida com a armadura. (N/A: Foto da capa abaixo!) Peguei minha katana é corri até o mesmo, dando por fim um último golpe o fazendo cair empalidecido no chão.

Voltei ao normal é minha armadura é katana sumiram, olhei para minha mochila onde estava meus filhotes é logo corri é vi que estava tudo bem. Agradeci com isso, lógico!

Peguei a mochila e Miko é Mika no colo, vesti a capa que iria nos proteger da chuva é os embrulhei num lençol de algodão. É logo corri diretamente para uma caverna que ali tinha perto.

Francamente, esse foi o pior jeito de chegada no Mundo dos Humanos!


Notas Finais


Xauu! Espero que tenham gostado!

#Beijokas


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...