História That Girl... - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Slender
Tags apelidos, Coca- Cola, Jeff, Slenderman, Strogonoff
Exibições 9
Palavras 989
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção Científica, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Terror e Horror, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ola!!

Capítulo 2 - Chapter II


- Chapter II -

- P.o.v Kin -

????: Eu sou a pessoa que ligou para a ambulância.

Eu: Ah, eu levei um susto. -Digo eu abrindo a porta. Logo me deparo com pernas longas, vejo um homem sem face é começo a gaguejar- Q-Quem, é-é v-você?! 

????: Não se assuste, por favor. Kin.

Eu: Como sabe meu nome?! Quem é você pra me dizer o que fazer?! -Sinto uma dor na minha barriga. Fecho meu Olho direito.. Com dor, Gemo baixo de dor-

????: Acho melhor você sentar. Ou será capaz de remover os pontos, Será pior para você.

Eu: N-Não! -Ele poe algo nas minhas costas, Grudento.... O que vem a ser?!................... Não deveria ter perguntado-

?????: Fique quieta... Eu estou lhe ajudando desta vez. -Diz o Homem sem face-

Ele me pega em seus Braços longos... Pare! Eu não! Me senta na cama levanta minha blusa, Vê meu ferimento coberto pela minha faixa. 

- P.o.v Slenderman -

Garota burra.

Eu: Fique quieta! -Pego a mesma em meus braços, a sento na cama, elevo sua blusa.- Está feio. 

Kin Fica quieta.. Garota iludida. Olho para a faixa, Ensanguentada, como suspeitava.. Se ela deixasse de correr. Faço um curativo no lugar.. 

Eu: Adeus. -Desapareço-

Agora, vem a pior parte. A Mansão... 

- NA MANSÃO -

Jeff: O Slender!

Eu: Quanto mais eu rezo mais assombração me aparece, Fala!

Jeff: Nossa, Grosso dos Infernos!

Eu: Vou junto com você. Quer falar o idiota?!

Jeff: Tá.. a Sally tá te procurando.

Eu: Você?! Me dando um recado da Sally?! Quanto ela te pagou?!

Jeff: Nossa... Me senti mal agora. Pra ser sincero. 100 Conto.

Eu: Sabia. Aonde ela achou 100 Dolares?! 

Jeff: O Papai tá sabendo de pouquinhooo.. -Diz o Idiota. Falando com uma voz debochada-

Eu: Roubou da Velha?!

Jeff: Acertou Mizerávi. Agora vou fazer meus corre. 

Eu: Vá. Ninguém está lhe impedindo. 

Jeff: Tem razão. -Diz ele indo pra fora-

Eu: Onde está Sally, Jane?

Jane: Hm? Ah, Ela está lá fora brincando sozinha. Ela disse que queria que ela fosse procurada por você Slendy.

Eu: Já disse para me chamar de Slender. Só! Sem Slendy!

Jane: Ok, Sem face.

Eu: GRRR!

Jane: Tá parei, Ali ó! *Ela aponta para perto do lago* 

Eu: Ok. Até. 

Jane: Até Slendy.. Não pera, Slender. Obrigada de nada 

Eu: Sally?

Sally: Papai! 

Ela vem correndo pena que ela chega somente na minha perna. é baixinha de mais comparado a........ PARE! NEM PENSE SLENDERMAN! NEM PENSAR! É IRRITANTE DEMAIS!

Eu: O Que esta fazendo Sally?

Sally: Nada. Só brincando. Sozinha.

Eu: Desculpe, Não posso brincar agora Sally. Preciso ver uma coisa.

Sally: Ah, Ok.

Eu me abaixo na altura dela. O Garota baixinha. 

Eu: Dá próxima eu brinco ok?

Sally: Ok... Não tem problema não.

Eu: Acho que isso é seu. -Eu entrego o Ursinho dela que estava comigo-

Sally: É!!! OBRIGADA PAPAI!!

Eu: Não há de que. -Logo entro é fico vigiando ela de 20 em 20 minutos. Já que se ela cair na água, ela não sabe nadar. Até sentir o sono.- Não.. Durma.... -Logo Sally Desaparece- Sally!!

Alguém bate na porta. 

Eu: Sim? 

Sally: Posso entrar?

Eu: Claro que pode. 

Sally: Eba! -Logo ela entra, é senta no meu colo- Estou com sono.

Eu: Eu também. Que Horas são?

Sally: 02:20exatas

Eu: Está explicado..

Depois de alguns minutos Sally apaga.. 

Eu: Sally?

Ela não me responde.

Eu: Dormiu. -Pego ela é levo para a Cama dela, Vou indo para a porta-

Ela: Papai...

Eu: Sim?

Ela: Fica comigo até o Sono vir?

Eu: Posso. -Sento ao lado dela- Sabe o que pode fazer para dormir?

Ela: Não...

Eu: Isso pode soar rídiculo vindo de mim. Conte carneirinhos. Somente os Brancos. os pretos retiram o sono. 

Ela: Como assim papai?

Eu: Você não vai querer dizer que eu vou ter que lhe ajudar a contar. 

Ela: Estou dizendo sim

Eu: Assim. 1 Carneirinho Branco. isso é rídiculo pra mim. 

Ela:- Começa a me acompanhar-

Eu durmo, espertinha... 

Eu: 109 carneirinhos brancos.................... 

-Sonho On-

Onde é que eu estou?! (na lagoinha!).. Tem alguém ali na frente, Eu corro pra chegar até a pessoa, Está de cabeça baixa... 

Eu: Quem é você? 

???: Eu deveria fazer a pergunta.

Eu: Kin?!

Kin: Primeira vez que eu tenho ódio de você.

Eu: O Que deixei de fazer?!

Kin: Está pergunta está certa. O que você deixou de fazer... O que fez de errado também.. Logo saberá..

-Sonho Off- 

Eu acordo Sally sumiu... Escuto Risadas. Vou ver aonde vem o barulho. Do quarto de Toby...

Sally: Você é engraçado!

Toby: Sou a pessoa mais engraçada da terra.

Sally senta no colo de Toby. 

Jane: Não.. Faça isso.. -Diz ela me segurando-

Eu: Você não está me entendendo. -Digo eu quase me alterando-

Toby rouba um beijo dela..

Eu: FILHO DE UMA MALDITA! 

Logo o olhar de todos se voltam a mim.. Meus Tentáculos saem Logo eu fico cheio de raíva..

Eu: SUAS ÚLTIMAS PALAVRAS.

Logo Jeff, é o resto me seguram.

Jeff: NÃO VALE A PENAA SEU TROXA!

Fico com mais raíva ainda... Jogo todos para as paredes..

Eu: ACHO QUE TEMOS UM ACERTO DE CONTAS A FAZER! NÃO É TOBY É SALLY?!

Jane: Slender! Se acalme!

Eu: É VOCÊ JANE?! AH! DEIXA! -Desapareço de lá, nem penso aonde vou, só sei que apareci na casa de Kin-

Kin: Slender?

Eu: Kin! 

Kin: O que foi?

- P.o.v Kin-

Ele estava chorando de raíva, Se abrigou em meus braços. 

Eu: Slender.. O que houve?! Eu sei que começamos com o pé esquerdo.. Mas, Quero ver você... Mais ou menos. Já que eu não vejo seu rosto. Só uma parte Branca..

Slender: Bando..... De.....Trairas....-Diz ele dormindo em meus braços-

Eu: Dormiu.. 

Eu o levo para minha cama. Assim ele dorme bem, Eu sinto algo mais por ele. Não amizade... Eu o cubro assim ele fica confortavel. Eu deito ao lado dele. Ele me abraça.. Tão quentinho... 


Notas Finais


:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...